O Dunga me enganou



A coluna que escrevi no diário LANCE! desta segunda-feira, 21/06 (leia aqui) tem um erro crasso. Eu escrevi que pela primeira vez Dunga não havia atacado a imprensa. Pois o técnico da Seleção Brasileira me enganou.

Mesmo após a incontestável vitória contra a Costa do Marfim ele seguiu com suas ironias e falta de educação. A vítima desta vez foi o jornalista Alex Escobar, da TV Globo. Dunga interpelou o jornalista que fez um sinal de negativo com a cabeça durante uma resposta do técnico na coletiva.

Detalhe: Escobar no momento falava pelo telefone com outro jornalista da emissora, Tadeu Schmidt, e o gesto não foi endereçado para o treinador.

Dunga, então, balbuciou palavrões contra Escobar, que foram captados pelo microfone da sala.

Lamentável, para dizer o mínimo. Até quando o time vence Dunga faz da relação com a imprensa um guerra.

A minha proposta é a seguinte: vamos todos esquecer Dunga. A Seleção Brasileira não tem nada a ver com isso e é muito maior e mais importante do que o Dunga e do que a imprensa.

Deixemos que ele pregue ao vento sua verborragia. E a imprensa, que siga tentando levar informação ao torcedor. Esta é a função dela. Bola pra frente e fim de papo.



MaisRecentes

A “injustiça” com Buffon



Continue Lendo

Chega de falar de arbitragem!



Continue Lendo

O juiz errou. E os outros?



Continue Lendo