Times mistos atrapalham o campeonato



Seis jogos da segunda rodada do Campeonato Brasileiro foram comprometidos por conta do calendário. Foram os jogos em que times pouparam jogadores por conta de outras competições (Copa do Brasil e Libertadores).

Seis jogos com pelo menos um das equipes mistas significa que em 60% das partidas da rodada não foi possível  avaliar a verdadeira capacidade dos times. Somados, os times que pouparam jogadores conseguiram uma vitória, dois empates e duas derrotas. Fizeram 27% dos pontos, ou cinco em 18 possíveis.

A Copa do Brasil e principalmente a Libertadores se impõem sobre o Brasileirão neste começo de campeonato.

A minha opinião é que já passou da hora de o calendário ser modificado. Os estaduais, da maneira que são, não têm mais sentido. Devem ser diminuídos e transformados no máximo em um torneio de verão preparatório para o restante da temporada. E acho que devemos adotar o calendário mundial.

E você, leitor, concorda que a rodada com times mistos prejudica a avaliação sobre o poderio dos times? É a favor da mudança no calendário? Qual a sua opinião?



  • luis claudio b

    Prioriza quem quer e quem pode certo ! Vejam o Sport Recife o que aconteceu, agora ficar nesse chove não molha se é bom ou ruim, cada um sabe onde aperta o calo, pq na segunda rodada fica com essa frescura, aliás a tabela do Brasileiro é uma vergonha, tem gente que pega de cara 4 nortos e outros como por exemplo o Sâo Paulo joga 4 classicos, o Santos só pega baba tem algo estranho

  • Claudio

    Que discurção mais sem nexo tavendo que adequar nosso calendario com o da Europa nao tem nada ver temos que nos organizar somente enxugar a Serie A e B colocar a copa do Brasil no segundo semestre sem convidados primeiro e segundo colocado de cada estado e só na verdade temos que tirar o controle do nosso calendario das maos da Rede Globo e mais enquanto tiver o famigerado apito amigo protegendo as equipes do su e sudeste com a conivencia da CBF e da impresa (veja caso do Santos contra Sto Andre uma vergonha e nesse fim de semana com o Ceara um absurdo ou mesmo os penatys nao marcado contra o Flamnego a favor o Vitoria) nao tem empresario nem empresa que queira participar de uma bandalheira dessa.
    O melhor futebol do mundo nas maos dos piores do mundo

  • Guilherme

    Esse negocio de priorazar tambem é coisa de time pequeno, a inter de milão jogou 2 competições paralelas ao campeonato nacional e pode vencer as 3. Time grande tem de pensar em ganhar tudo.

  • Gustavo Machado

    Tironi, algumas mudanças no calendário ajudariam. Eis algumas: remanejar a Sul-Americana para o 1o. semestre, para ser disputada junto com a Libertadores. Afinal, quem disputa uma fica de fora da outra; a Copa do Brasil iria para o 2o. semestre, o que evitaria de o campeão ficar o resto do Brasileiro embromando. Desse jeito, até novembro, ninguém estaria garantido na Libertadores. Estaduais deveriam durar no máximo 10 datas e não 23 como é hoje. 4 meses do ano é muito tempo a se perder com eles. Do jeito proposto seriam no máximo 2 (fevereiro e março, deixando janeiro para a pré-temporada e dezembro de férias).
    Outra: só convem adaptar nosso calendário ao europeu se também for possível haver o recesso no final de ano. Afinal, dar férias de temporada no inverno não é o ideal. Somos um país de hemisfério sul. Nosso verão, assim como as férias, têm que ocorrer em dezembro. 80% das pessoas preferem essa época para descansar. Os jogadores não fogem a essa regra. Para disputar mais torneios simultaneamente os elenco têm que ser maiores. Afinal, lá na Europa é assim que eles conseguem conciliar, independemente das mudanças propostas aqui, uma vez que lá se jogam as copas de terça e quarta e os nacionais sábado e domingo.

  • Vamos fazer á, campnha que o sete técnico ter muita sorte ficará seus clubes e tenho confiança do gargo confiança de todos, e que o primeiro cair é o Antônio Carlos do Palmeiras mas eu tenho certezas de permanencer seu times a boas a oportunidade da diretoria dos clubes não veham conversa fiado no clubes paranaense não permito de vocês e trocará técnico.
    Essa conversa não vou atender, e ouvir o radio transamérica de Curitiba-PR!
    Eduardo

  • Miguel

    Uma choradeira sem fim! Na Europa se joga terça, quarta ou quinta e sábado ou domingo o ano inteiro e você não houve ninguém reclamar. Brasileiro tá muito mal acostumado mesmo, gosta de ganhar dinheiro sem fazer nada. Acho também que os estaduais tinham que ter menos times, consequentemente mais curtos. Na Europa todas os times jogam a copa do respctivo país e a liga dos mesmos. Até quem é elimando na primeira fase da Liga dos Campeões joga a Uefa. Não tem essa palhaçada igual no Brasil que quem joga a Libertadores não joga a Copa do Brasil. Vamos parar de reclamar e jogar bola.

  • Parizi

    Sou totalmente a favor de adotarmos o calendário europeu. Mas a questão dos times mistos não tem jeito. Os times europeus passam pelo mesmo problema. Não aparece tanto quanto com os nossos porque os campeonatos nacionais da europa são iguais os nossos estaduais, o mais equilibrado tem 4 times grandes. Se pegar o time misto de Barcelona e Real Madrid não dá pra comparar com os times titulares dos outros espanhois, não é à toa que a cada 15 campeonatos espanhois 14 fiquem com um dos dois. Numa boa o espanhol é o Gauchão da Europa, o Italiano é o Carioca e o Inglês o Paulistão!
    O que estraga não são os times mistos, mas a falta de vontade dos bons jogadores brasileiros de ficar no banco.

  • José Renato

    Minha proposta seria:

    – LIBERTADORES E SULAMERICANA JUNTAS NO PRIMEIRO SEMESTRE;

    – DIMINUIÇÃO DAS VAGAS NA LIBERTADORES PARA 24 CLUBES (32 CLUBES ENFRAQUECEM A COMPETIÇÃO, ENCHENDO-A DE CLUBES FRACOS) E FIM DA FASE NACIONAL DA SULAMERICANA, PARA ENXUGAR A COMPETIÇÃO;

    – ESTADUAIS COM MÍNIMO DE OITO CLUBES(RJ, MG, PR, RS…) E MÁXIMO DE DOZE CLUBES (SP), LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO A IMPORTÂNCIA DOS TIMES PEQUENOS. MAS NUNCA COGITAR A HIPóTESE DE FIM DOS ESTADUAIS. ELES SÃO O MOTIVO DE O CAMPEONATO BRASILEIRO COMEÇAR COM DEZ CANDIDATOS AO TÍTULO, PELO MENOS! O BRASIL É UM PAÍS DE DIMENSÕES CONTINENTAIS, QUE DEMOROU A SE INTEGRAR. OS ESTADUAIS SÃO PRODUTO DA GEOGRAFIA E HISTÓRIA BRASILEIRAS, TOTALMENTE DIFERENTES DA EUROPÉIA.

    – PEQUENOS E RAPIDOS REGIONAIS EM SISTEMAS DE MATA-MATA: MUITO MELHOR ASSISTIR A UM BOTAFOGO X CORINTHIANS QUE A BOTAFOGO X MACAÉ ou CORINTHIANS x MOGI; PARA ACIRRAR A RIVALIDADE REGIONAL TANTO QUANTO A ESTADUAL.

    – COPA DO BRASIL NO SEGUNDO SEMESTRE, COM A PARTICIPAÇÃO DO ESTADUAL SENDO CRITÉRIO ATÉ PARA OS GRANDES. O PALMEIRAS, POR EXEMPLO, ESTARIA FORA DA PROXIMA COPA DO BRASIL, SE NÃO FOSSE TIME GRANDE.

    SOU CONTRA A ADEQUAÇÃO DO CALENDÁRIO BRASILEIRO AO EUROPEU, COM O MESMO COMEÇANDO EM AGOSTO. MAIS UMA VEZ LEMBRO:O BRASIL NÃO É IGUAL A EUROPA. SÃO GEOGRAFIA E HISTÓRIA DIFERENTES. É TUDO DIFERENTE. NOSSO FUTEBOL É DIFERENTE. É MELHOR!!!!!!! COM ADMINISTRAÇÃO SÉRIA, EM 20 OU 30 ANOS, ELES É QUE ESTARIAM QUERENDO ADEQUAR O CALENDÁRIO DELES AO NOSSO. MAS DUVIDO QUE O FARIAM.

  • Grafir Jr

    Adotar o calendário mundial já passou da hora. Chega a ser ridícula a postura brasileira… Com um Brasileirão de pontos corridos começando em agosto de um ano e terminando em maio de outro, sempre aos finais de semana, sobram datas para outros torneios aos meios de semana, inclusive o Paulistão, que deve continuar a existir em minha opinião. Agora, os times mistos continuarão a existir em qualquer ocasião. Curiosa a postura da mídia paulistana: sempre tem como parâmetro a Europa, como se lá também os times grandes não usassem mão deste recurso sempre que algum jogo importante da Liga dos Campeões, por exemplo, vai acontecer no meio de semana. Nestas horas a mídia se sai com esta: mas lá os elencos não tem um time titular definido… Aqui, se os técnicos fazem igual… Equipes grandes têm que ter elencos fortes para isso mesmo, no futebol moderno. E se tem dois jogos com grande diferença de importância (o que é impossível de evitar e não há exemplo em calendário nenhum do Mundo…), é óbvio, eu disse, óbvio, que o técnico optará por poupar alguns atletas. O que está estragando este início do Brasileirão é que a proteção que se verificou ao Santos no Paulistão não só está se repetindo, como agravando!

  • Bruno

    ola,bom eu acho q essa questão de misto ou não é culpa das próprias equipes,como foi dito ai acima,no futebol europeu muitos times jogam mais de 2 jogos por semana,e o jogador sempre quer mais,se é pra mudar algo no calendario brasileiro,tem que mudar sim essa de qualquer coisas um “tombo de maduro” ja marca falta acho que o futebol aqui no Brasil ta muito molenga tem jogador aqui que ganha fortuna e não ta ou não joga nada,e tem que parar com essa de comparar o o nosso calendario com os dos europeus naum da pra mudar toda uma estrutura de uma dia para o outro,time quer entrar em campo com time misto pra se poupar pra ou campeonato isso é problema de cada um,pra ganhar vale tudo,se é pra se sacrificar que cada um use as suas melhores cartas e que ganhe o melhor…

  • concordo plenamente com vc, se não fosse pelos times mistos talvez o flamengo não ganhasse o Brasileiro do ano passado

  • mario

    Na Europa também se joga liga nacional, copa nacional, liga dos campeoes e uefa praticamente tudo junto. Só que cada país equivale praticamente a um estado brasileiro em área territorial. Acredito que esse seja o motivo de se poupar os titulares. Além disso, os campos e zagueiros brasileiros são bem mais agressivos do que os europeus.
    Sobre os estaduais, sou a favor da diminuição drástica do número de jogos e sou a favor também da mudança no calendário brasileiro.

  • RenanF

    Chega de estadual, isso só existe neste país mal organizado. E TODOS os times deveriam disputar a Copa do Brasil, outra inovação brasileira de tirar os melhores times da competição(pois estão na Libertadores).

    Estadual é pra time pequeno.

  • Horácio

    Os estaduais é o “grande garimpo” para os novos talentos e a melhor forma para os times menores montarem suas equipes, na minha opinião tem que ser mantidos, mesmo porque o “brasileirão” não contempla todos os estados. O caledário é que tem que que ser repensado.

  • Pedro

    Acho que a Libertadores e a Sul-Americana deveriam ser disputadas no 1º semestre, junto com o início do Brasileirão. A Copa do Brasil e o resto do Brasileirão no segundo semestre, pois não é justo tirar a chance de disputar a Copa do Brasil de um time que está na Libertadores. Também sou contra os times mexicanos na competição sul-americana. Ou Cria-se um campeonato entre todas as Américas (que eu considero inviável) ou joga só quem deve jogar.

  • Z.Alberto-Caruaru-Pe

    Os campeonatos estaduais devem ficar.E´onde se encontra as verdadeiras rivalidades.
    Ou voces acham que existe rivalidade entre PalmeirasXfluminense,BotafogoXGremio ou CruzeiroXSantos.O calendario q deve mudar é o do campeonato brasileiro e dessa
    famigerada Copa do Brasil q não serve p nada e é puramente descartável.Só serve para times pequenos do Brasil levarem goleadas dos grandes.E ainda mais,esse Brasileiro é muito longo e enche o saco do torcedor.Deveria sim,valorizar os Estaduais celeiro de futuros jogadores.Pensem no que este calendario(imposto pela Rede Globo)provoca em muitos Clubes brasileiros que jogam tres meses e fecham as portas o resto do ano desempregando varios profissionais.

  • André

    Eu sou completamente contra este calendário atual do futebol brasileiro. Por mim acabaria com os estaduais. Faria um torneio de Verão mesmo como citado pelo autor. E colocaria Libertadores e Sulamericana com as mesmas datas. e copa do brasil em na outra parte do ano
    Ex. No primeiro semestre Libertadores, Sulamericana (so no brasil que os participantes da libertadores nao participam da libertadores, eu acho) e no segundo semestre a Copa do brasil. Ate pq é uma palhacada os times da libertadores nao terem a chance de disputar a copa do brasil. Quem nao participa da libertadores deixa de participar de torneios importantes.

    Agora, a questao dos jogos serem de domingo uma competição e na quarta outra competição nao tem como nao fazer desta forma. Inclusive na Europa é assim.

  • BOAZ

    ALIAS OS TIMES EUROPEUS TAMBEM POUPAM TITULARES PR A LIGA DO CAMPEOES E NA RETA FINAL DOS CAMPEONATOS Q PR MIM E PIOR AINDA

  • BOAZ

    SOU A FAVOR D MUDAR O CALENDARIO N PR DEIXAR IGUAL O DA EUROPA VOU ME EXPLICAR PQ OS CAMPEONATOS NACIONAIS COMEÇA EM UM ANO E TERMINA NO OUTRO E UMA COISA SEM SENTIDO… DEVERIA SIM TIRAR OS ESTADUAIS + N SEGUIR O CALENDARIO DA EUROPA

  • Meu camarada!!
    Esse negocio de falar em time misto já deu o que tinha que dar, todo o ano voces escrevem a mesma besteira..time misto é problema de cada um e pronto

  • Marcos

    por que a CBF nao diminui a maratona do brasileirao tirando 2 times da primeira e da segunda divisao?! ficaria com 18 times cada, diminuiria 4 jogos para cada time (um mes se formos contar a 1 jogo por semana), e assim poderiamos deixar duas vagas da sulamericana para o campeão e vice da segundona, o que é muito justo aos times que batalham para alcançar a 1ª divisão, além de valorizar ainda mais nossa “série B”…
    O que você acha Tirone?! Lembrando que o campeonato alemão é disputado assim

  • Ivan

    Isso é decorrência da desorganização do futebol brasileiro e do seu calendário esdrúxulo. Veja o caso do Santos que não poderá contar com dois dos seus principais jogadores na semi com o Grêmio. Tudo bem, é uma imposição da Fifa, mas isso já deveria ter sido levado em consideração pela cartolagem que confecciona as tabelas de nossos campeonatos. Para tal, precisamos acabar com esses campeonatos estaduais caça-níqueis, que nada acrescentam, e valorizar a Copa do Brasil e a Libertadores.

  • Mayad

    Duvido que consigam mudar o calendario ainda mais querendo fazer igual o europeu
    ja que o europeu comeca no verao deles ou seja quando estivermos no verao nao tera publico no brasileirao pessoal passara as ferias nas suas cidades ja que a maioria das pessoas no verao vao para a praia duvido que consigam o brasileirao pode ser a mais importante do pais mas a libertadores e mundial sao a mais importante para os clubes

  • Marcio

    Eu acho que já passou da hora de aderirmos ao calendário europeu.

    Ainda tem a questão da janela de transferencia que muda o time todo no meio do campeonato.

  • HUMBERTO DE CAMPOS GOMES

    CAMPEONATO ESTADUAL REALMENTE É MUITO “PAIA”, PODERIA ATÉ ACABAR, PRINCIPALMENTE SE POR CONSEQUÊNCIA MELHORAR A ORGANIZAÇÃO DAS COMPETIÇÕES NACIONAIS.

  • Luiz

    Eu acho que seria melhor, porque daria para termos a Copa do Brasil com os melhores brasileiros, a Sul-Americana seria mais valorizada se não tivesse os mesmos times da Libertadores, e a reta final do Brasileirão seria simultânea à das copas…

  • Tiaguinho

    O calendário brasileiro é totalmente fora da realidade mundial, o que prejudica os próprios times em relação a preparação, pois disputando duas competições, precisarão priorizar uma das competições, com isso um dos campeonatos temporariamente é deixado de lado, como o brasileirão é mais longo e dá a “possibilidade” de recuperação, ele que sofre com essa história, o que é muito perigoso com o time que está disputando fase decisiva em outra competição, pois pode estar perdendo pontos significativos para o final do campeonato, tanto para cima, quanto para fugir da degola.
    O calendário também prejudica as tranferências de jogadores que muito dele no meio do campeonato deixam o time na mão, geralmente os que mas se destacam entram neste dilema, pois os olhos dos estrangeiros estão para estes.
    Enfim tantas coisas que acontecem que podemos mudar, mas para isso precisamos de mais profissionalismo e coragem para mudar este quadro em nosso futebol.

    Tiago Gomes

  • Adriano

    Times mistos porque as equipes querem, jogar de quarta e domingo não mata ninguém. Nossos jogadores são muito cheio de não me toque. Por que na Europa, os times jogam até três vezes por semana e não vemos nenhum jogador reclamando?
    Aqui no Braisl os jogadores são mimados.
    Se são poupados querem jogar se jogam que ser poupados, o que realmente eles querem??
    Abraços

  • Matheus Genaro

    Eu acho que tem que priorizar a Libertadores e Copa do Brasil mesmo, no brasileiro a CBF sempre escolhe a dedo quem vai ser o campeão entao é só torcer pra ela escolher seu time.

  • Guilherme

    Não. Na europa, com o chamado “calendario mundial”, as equipes disputam até 3 torneios simultaneos. O espaço entre as partidas la é maior, fato, mas tratam-se de paises do tamanho de são paulo, não do tamanho do brasil. E outra, lá tambem se poupam jogadores, pois há o risco de se perder jogadores.(fernando torres perdeu grandes jogos pelo liverpool) e os times rodam muito, pois precisam ter elencos fortes. Time que quiser vencer o brasileiro, deve se preparar para todas as competições e ter um elenco de qualidade para enfrentar as adversidades. A mudança de calendario não mudaria nada. Ainda sim times poupariam jogadores, jogariam varias competições e etc.

  • Paulo

    noseu ponto de visa não adianaria nada mudar o calendario brasileiro
    pois como na europa o campenato continenta bate com om campeonatos nacionais da mesma forma que aqui.
    seria importante mudar o calendario no caso para formalizar o mercado de jogadores q como a saida destes é muito grande geralmente na janela de tranferencia do meio do ano muitos tijmes perdem pçs principais para o capital estrangeiro tendo q se reformulçar o plantel no meio do campeonato

  • Tironi, a questão de jogar o Brasileirão com time misto, em campeonato difícil e por pontos corridos, é pouco inteligente se os times a exemplo do ano passado, terminarem práticamente empatados. No final, ficam fazendo mil contas de probalidades matemáticas por causa daquele pontinho perdido no princípio da competição. O calendário mal feito acaba por premiar as coisas mal planejadas; como ter jogar com time reserva, jogos seguidos sem intervalos para descanso dos jogadores, sem tempo para treinar e falta de datas para adiar partidas por motivo de força maior, como temporais e terremotos por exemplo. Os grandes clubes brasileiros precisam entender que nosso calendário deve ser planejado antecipadamente e de maneira anual. E não fazer o que está acontecendo com Flamengo, que contratou seus principais jogadores por seis meses e no meio das competições está riscado a ficar sem seus principais jogadores. E agora, se não conseguir renovar os contratos de Love e Adriano com as janelas de transferências para Europa abertas; vai ter que montar outro time, será que tem dinheiro?

  • carlos

    O nosso calendario deveria ser igual ao dos principais centros europeus, pois no meio do campeonato os melhores jogadores vão embora, para a europa e acaba sendo dois campeonatos brasileiro, além da libertadores e da copa do brasil que nesta época tira a atenção dos times que a disputam, e a equipe que ganha uma dessas competições vem para o brasileirão cumprir tabela, como o corinthians ano passado.
    E neste ano de copa do mundo será pior ainda, equipes que começarem mal o brasileiro poderam se reforçar e treinar para dar entrosamento e terá as equipes que perderam jogadores na janela de contratação em junho e julho.

  • Glauber

    Tambem concordo, é um absurdo os times terem que poupar jogadores para disputar libertadores ou copa do brasil juntamente com o brasileirao. Os times terminam por prejudicar-se e por favorecer a outros times (direta ou indiretamente) na competicao mais importante do pais.

  • Pedro Henrique

    Por isso precisa-se arrumar o calendario brasileiro. Essa historia de 2 campeonatos diferentes em uma semana atrapalha o espetaculo. O brasileirao é muito equilibrado porem ficaria mais gostoso assistir se fosse modificado o seu calendario pois os times principais que disputam outros torneios de maior valor,nao da tanto equilibrio assim.
    Mudaria o Calendario padrão Europeu 2010/11

MaisRecentes

Esqueça o fair play



Continue Lendo

Corinthians já tem o diagnóstico, mas ainda não encontrou a cura



Continue Lendo

Brasileiro agora será disputa psicológica



Continue Lendo