Zaga do Botafogo venceu o São Paulo



O Botafogo foi eficiente e a zaga quase perfeita na vitória contra o time misto do São Paulo.  O sistema defensivo falhou uma única vez, no gol de Leo Lima. Depois postou-se de maneira tão segura que nem sequer levou sufoco em pleono Morumbi.

Jefferson fez uma única defesa durante todo todo o jogo. Na frente, o time mal sentiu a ausência de Loco Abreu. Seguiu apostando nas bolas aéreas e nos contra-ataques puxados pelo hermano Herrera.

Uma boa campanha no Brasileiro por pontos corridos se faz mais com eficiência do que com brilho, embora o ideal seja a união das duas coisas.

O problema é que eficiência se faz não só com um time titular, mas com um elenco homogêneo, algo que o Botafogo ainda não tem. Não dá para esquecer que, jogando em casa não vai dar para se fechar assim. (Tanto que no primeiro jogo, no Engenhão contra o Santos, levou três gols).

Mas uma coisa é certa: dos quatro times cariocas, Botafogo tem neste momento a cara mais definida em todos os setores. Não significa que tem o melhor time ou elenco, mas que uma parte do trabalho já foi feita.

Clique aqui e leia uma análise da partida com viés são-paulino



MaisRecentes

Existem ‘mentiras’ convenientes, Carille



Continue Lendo

Na forma da convocação, Inglaterra deu show. O Brasil segue careta.



Continue Lendo

A “injustiça” com Buffon



Continue Lendo