Corinthians bem, Ronaldo mal



Parece incrível, mas o jogador que destoou no Corinthians na vitória contra o Racing (URU) em Montevidéu, nesta quarta-feira, foi Ronaldo, a maior estrela da copanhia.

Porque o restante dos jogadores mais o técnico Mano Menezes fizeram uma bela partida.
Tudo bem que o adversário era fraco, mas o Corinthians não teve dificuldade para conseguir a vitória, que veio naturalmente.

 O time soube tocar a bola (exatamente o que fazia o outro time montado por Mano, o campeão de Copa do Brasil 2009) e, com isso, arrefeceu a tentativa dos uruguaios de marcas sob pressão.

Com exceção de parte do segundo tempo, foi raro ver o Corinthians rifando a bola do campo de defesa.

Danilo (mais uma vez), Jucilei, Elias e Dentinho foram muito bem.

Danilo, aliás, é um capítulo à parte. É sujeito de “jogo grande”, como diz um amigo meu. É impressionante a disciplina tática dele.

 Jogou de uma forma no primeiro tempo, ajudando na armação das jogadas.  No segundo, recuou para fechar espaços e dar liberdade para as saídas de Elias. É de uma obediência e visão elogiáveis.

Dentinho, o melhor em campo, jogou por ele e por Ronaldo. E deixou Jorge Henrique como (ótima) opção no banco.

Ronaldo? Foi muito mal. Incrível, mas este parece ser o maior problema do Corinthians hoje.

Não dá para tirá-lo do time (até porque ele amedontra qualquer defesa), mas em campo ele tem feito muito pouco, apesar de um gol aqui e outro ali. 

E você, corintiano, o que achou do Corinthians e de Ronaldo ontem? Dê o seu pitaco.



MaisRecentes

Até mais!



Continue Lendo

Bem-vindo à Seleção, Tite!



Continue Lendo

Evolução



Continue Lendo