Copa: por que não aumentar o prazo para o Morumbi se adaptar?



As obras para a Copa do Mundo de 2014 devem começar no dia 3 de maio. Há menos de um mês até lá. De acordo com reportagem do “Estado de S. Paulo” de hoje, o Morumbi está fora. Nem para jogos de oitavas-de-final servirá, muito menos para a abertura.

Não dá para ter uma Copa do Mundo no Brasil sem a participação de São Paulo, o Estado mais rico da Federação. A saída seria, portanto, a construção de um novo estádio.
Agora, a não ser que exista um projeto absolutamente pronto (e secreto até o momento), não dá para pensar que as obras de um novo estádio vão começar dia 3 de maio.

Por isso mesmo, um prazo maior para a sede de São Paulo poderá ser dada para que a questão seja resolvida. A pergunta é: se para a construção de um novo estádio será permitida esta folga, por que não para o Morumbi tentar se adaptar ao que a Fifa exige?

Não é o correto aumentar o prazo para nenhuma sede, é bom deixa bem claro. Quando se abre esta possibilidade -que vai contra o propalado rigor da Fifa- fica claro que uma decisão política foi tomada, caso o veto realmente se confirme. Se há quatro anos a situação já é esta, preparem-se: vem muito mais por aí!



MaisRecentes

Existem ‘mentiras’ convenientes, Carille



Continue Lendo

Na forma da convocação, Inglaterra deu show. O Brasil segue careta.



Continue Lendo

A “injustiça” com Buffon



Continue Lendo