Análise dos brasileiros na Libertadores (31/03 e 01/04)



Segue a análise dos brasileiros na rodada da Libertadores. Os times são pontuados com estrelas, de 0 a 5. (Lembrando que o Flamengo não entra porque não jogou esta semana). Dê o seu palpite também.

CRUZEIRO 3 X 0 VELEZ ****
Se na última rodada a Raposa ficou com a pior avaliação, desta vez fica com a melhor. Fez sua melhor partida no ano, jogando o tempo todo no ataque e, detalhe, enfrentando um dos mais fortes adversários, o Velez. Thiago Ribeiro foi brilhante caindo pelos lados do campo e confundindo a marcação argentina. Kleber, sempre guerreiro, também fez ótima partida. Méritos também para o técnico Adilson Baptista, que soube neutralizar o Velez e ainda furar o bloqueio defensivo.

CORINTHIANS 2 X 1 CERRO PORTEÑO ****
A palavra que mais o corintiano ouve quando se fala em Libertadores é da pressão. Pois o time de Mano Menezes mais uma vez mostrou uma calma elogiável. Não se afobou para fazer o gol, a torcida entendeu e foi na mesma onda. Acabou com a vitória que, se não foi mostrando um futebol brilhante, ao menos indicou maturidade do grupo. Roberto Carlos teve mais uma outra bela atuação. Acertou quase todos os passes que deu, correu o tempo todo. Moacir foi outro destaque. Mano, parece, achou o time. Que é muito forte.

INTERNACIONAL 2 X 0 CERRO (URU) ***
Com a vitória, Fossatti diminuiu a pressão sobre sua cabeça. Mas o time esteve longe de mostrar um bom futebol diante de um time que só quis se defender o tempo todo. O Colorado vive um problema sério de falta de força no ataque: o time até cria, mas a bola não entra. Ainda está devendo, tem elenco para jogar mais bola.

MONTERREY 0 X 0 SÃO PAULO **
Neste link aqui há um post mais detalhado sobre o jogo do São Paulo. Em resumo, mais uma vez o Tricolor não mostrou alma, foi lento e previsível. Não saiu com a derrota por um milagre. Pressionado, ainda foi incapaz de ligar um só contra-ataque. De positivo, a ótima postura defensiva, destaque para Alex Silva, o melhor em campo.



MaisRecentes

O recado é: simular falta funciona!



Continue Lendo

Eles querem ter a posse de bola



Continue Lendo

Boas entrevistas à vista



Continue Lendo