Welcome back, Mourinho!



Chelsea x Inter foi o único jogo que vi com atenção das oitavas da Liga dos Campeões. O texto abaixo, é a visão do jogo, que escrevi para o diário LANCE!, nas bancas quarta-feira, 17 de março. Confira e de seus pitacos sobre a partida.

Uma torcedora erguia um cartaz na arquibancada do Stamford Bridge antes de começar Chelsea x Inter: “Welcome back, José”. Um bem-vindo ao técnico do time italiano, José Mourinho, que virou ídolo quando dirigiu o time inglês azul.

Mourinho não retribuiu as boas-vindas. Ao contrário, sua Inter venceu por 1 a 0 e se classificou para as quartas-de-final da Liga dos Campeões. Na história, Mourinho nunca perdeu neste estádio pela Liga.

A postura ofensiva do time italiano no começo do jogo surpreendeu o Chelsea, que só conseguiu equilibrar a partida a partir de 20 minutos. Aí, criou algumas chances pelo alto, outras com Drogba e ainda outras com Anelka. Na melhor delas, Julio Cesar salvou um gol certo saindo bem nos pés do francês.

O jogo era muito pegado e com alguns aperitivos de Copa do Mundo. Lucio meteu um pé na cara de Drogba (da Costa do Marfim, adversária da Seleção) e por pouco os dois não partem para as vias de fato. Em outro lance, o atacante do Chelsea entrou livre para marcar, mas foi desarmado no momento exato pelo zagueiro brasileiro.

Os times de Mourinho dão a impressão de sempre ter o domínio das ações, mesmo quando territorialmente são dominados, como em parte do jogo de ontem. O Chelsea fazia enorme esforço para penetrar na defesa italiana, mas poucas vezes chegou realmente com perigo.

E a classificação foi sacramentada depois de belo lançamento de Sneijder para Eto’o, que tocou na saída do goleiro naquela hora do jogo, depois dos 30 minutos, que desmonta o adversário. Mourinho puro. E a Inter passa.



MaisRecentes

Dérbi não vale. Mas vale!



Continue Lendo

Agora vai?



Continue Lendo

Corrida de técnicos



Continue Lendo