Virada amarga



Bahia x Vasco pode ser contado a partir do segundo tempo porque foi o período em que as coisas aconteceram de fato. Pode até ser contado a partir dos 28 minutos do segundo tempo, quando o placar já apontava 1 a 1 e o Vasco tinha um jogador a mais em campo. Foi neste momento que Adriano emendou um chutaço de fora da área que explodiu no travessão do goleiro baiano Marcelo. Seria o 2 a 1. Aos 30, o mesmo Adriano recebeu dentro da área limpou o goleiro e… chutou em cima do zagueiro Evaldo. O gol da vitória não saiu. Quer dizer, não saiu pelo lado vascaíno porque aos 41 minutos Nen, de cabeça, marcou para o Bahia e finalizou o placar.

O Vasco teve a chance de voltar com três pontos na bagagem pelo panorama da partida no segundo tempo. Dorival promoveu uma substituição que parecia ter dado certo, sacando Ernani e colocando Paulinho para proteger a zaga. Soltou mais Nilton e o time dominou o meio-de-campo, chegando ao gol com Alex Teixeira (que não marcava há incríveis 28 jogos!). Aos 30 minutos, Leandro, do Bahia foi expulso. Tudo conspirava para a vitória mas… o que aconteceu depois já se sabe. O Bahia insistiu e virou a partida com tons de heroísmo.

Além dos pontos deixados em Salvador, preocupante foi ver o Vasco com a chance de terminar a rodada na vice-liderança do campeonato, mas terminar de fato fora do G4 mais uma vez.
Há de se pesar que o jogo como um todo foi muito ruim: no primeiro tempo, um festival de faltas, quase dez minutos de bola parada e muito pouco espaço para se criar as jogadas. Por isso, contar a história a partir do segundo tempo não causa nenhum prejuízo.

Há quem diga que na Série B o jogo é mais pegado. Se é assim, o Vasco soube fazer o jogo da Série B. Mas não soube segurar uma vitória que parecia garantida quando faltavam menos de 20 minutos para terminar o jogo.
Ninguém acha que o caminho de volta para a Série A será fácil. Mas o próprio Vasco não pode dificultar as coisas.
 



MaisRecentes

Mimimi ou verdadeiro?



Continue Lendo

Acharam um novo culpado: a religião



Continue Lendo

Jogo bom. No Brasil



Continue Lendo