Troféu não está nas mãos. Mas a ‘sorte’ está mais do que garantida



Peço permissão ao técnico Tite para escrever este texto em torno da palavra “sorte”. Sei que Adenor Bachi, frente a tanto trabalho, não gosta de ver o desempenho do Corinthians atrelado a forças dos deuses do futebol. E de fato a equipe alvinegra tem muitos méritos para ser líder do Brasileirão mesmo com a derrota para o Inter. A sorte é apenas mais um deles.

Na noite dessa quarta-feira, ficou evidente a tal sorte de campeão que muitas vezes é atrelada a um time que se sagra vitorioso em algum torneio futebolístico. Isso, repito, mesmo com a derrota para o Colorado por 2 a 1.

Logo no primeiro minuto de jogo, diante torcedores colorados que pressionaram a arbitragem do início ao fim do embate, Uendel cometeu pênalti ao esticar o braço na grande área e, posteriormente, a bola bater em seu membro superior. O juiz não marcou o pênalti nem muito menos expulsou o lateral. A apito, que outrora já havia sido alvo de torcedores rivais, voltou à tona. Até que me provem o contrário, digo: árbitro erra, não favorece A ou B. Errou pró-Timão? Sorte do Timão, ora bolas.

E o que dizer do gol de Malcom? Quando o Inter dominava o Corinthians, o camisa 21 arriscou chute despretensioso. A bola desviou em Paulão. Gol na base da… sorte.

Até quando o Inter fez o gol de empate, com Réver, a sorte de campeão apareceu. Cinco segundos depois, gol do Santos contra o vice-líder Atlético-MG.

Sorte sozinha não ganha jogo nem campeonato. E o Corinthians pecou (em sorte e finalizações). Foi castigado e levou a virada colorada.

O trevo alvinegro de quatro folhas deu o ar das graças na Vila Belmiro. O Santos não vencia mais por 1 a 0, mas por 4. Na noite em que o Corinthians perdeu invencibilidade de 17 jogos, o concorrente pelo título sofreu seu pior revés no torneio.

A taça está garantida? Longe disso. Mas…



  • anderson oliveira

    o penalti do Rodrigo dourado você nem comenta não é,mais fácil falar de erros à favor do timão como sempre,o lance do Dourado foi bem mais escandaloso,ainda tem mais um que você esqueceu,no escanteio do segundo gol do time do DVD, era tiro de meta para o corinthians.
    Parabens imprensa,vocês são uma vergonha,filhos do milton cabeçudo neves.

MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo