Postura e foco diferentes que evitaram gols e lances idiotas



O Corinthians perdeu para Figueirense e Atlético Paranaense, que estão mal colocados no Brasileirão, e na sequência ganhou de Atlético Mineiro, Sport e Cruzeiro. Uma mudança e tanto, sem dúvida. Mas o que mudou para a equipe de Mano Menezes ir do inferno ao céu em tão pouco tempo? Na minha visão, a postura e o foco dos jogadores durante os jogos.

Aquele gol de escanteio no Orlando Scarpelli, faltando menos de cinco minutos para o término, não foi repetido nos três compromissos posteriores. Aquele pênalti bobo e desnecessário de Elias na Arena da Baixada muito menos. Dois lances que tiraram a chance da equipe de Mano Menezes de, ao menos, levar um ponto para São Paulo. Dois pontinhos que fariam diferença hoje…

Foco e postura diferentes evitaram erros tão bobos. De quebra, a equipe demonstrou uma consciência tática diante dos outros três desafios, algo que ficou bem nítido principalmente nos duelos com Galo e Raposa, adversários que têm qualidade do meio para frente.

Foi isso. Protesto na véspera no CT? Não faz diferença nem ajuda. Pelo contrário. Apenas afunda os mais jovens e aqueles que têm menos cabeça para suportar pressão.



MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo