Timão perdeu 13 pontos para times de baixo da tabela



Bruno Henrique e João Vitor no duelo de volantes em mais um 0 a 0 do Timão (Foto: Eduardo Valente)

Bruno Henrique e João Vitor no duelo de volantes em mais um 0 a 0 do Timão (Foto: Eduardo Valente)


Treze pontos. Com o empate por 0 a 0 com o Criciúma, neste domingo, no Heriberto Hulse, o Corinthians acumula 13 pontos perdidos para times que estão na parte de baixo da tabela de classificação. O líder Cruzeiro, dez à frente do Timão, perdeu apenas dois. Talvez isso explique por que o Corinthians de Mano Menezes vai ter de se contentar com o G4 no Brasileirão deste ano. Com o empate, manteve-se em quarto, graças também ao 3 a 3 entre Fluminense e a Raposa, no Maracanã.

Como aconteceu contra Vitória e Coritiba, o Timão teve um único bom momento no jogo, na metade do primeiro tempo, quando perdeu três chances de abrir o placar, a principal delas com Malcom, chutando para fora, apesar de estar sozinho na entrada da área com o goleiro Luiz, voltando para o gol e mal posicionado.

O atacante Malcom, de 17 anos, foi a alternativa que Mano encontrou para os desfalques de Guerrero, na seleção peruana; Luciano, suspenso; e Romarinho, negociado com o El Jaish por R$ 22 milhões – o Corinthians ficará com R$ 8,5 milhões dos 40% dos direitos federativos a que detém. No ataque com Ángel Romero, Malcom teve a missão de acompanhar o lateral Giovanni e perdeu parte de seu poder ofensivo.

No meio de campo, Renato Augusto não teve a atuação intensa da última quarta-feira contra o Bragantino e Petros foi mais marcador do que armador. Assim, curiosamente, as melhores chances criadas por homens do meio partiram do volante Bruno Henrique, sempre pela direita, buscando cruzamento para o Romero, entre os dois zagueiros.

Limitado, o Corinthians cedeu espaço e o Criciúma cresceu com Paulo Baier, substituindo Lucca na segunda etapa. O Tigre, brigando contra o rebaixamento desde o início da competição, teve duas ótimas chances, bem defendidas por Cássio.

Além de Criciúma, Vitória e Coritiba, todos como visitante, o Timão perdeu pontos para Bahia (1×1), Botafogo (1×1) e Figueirense (0x1), em casa. Por isso, é apenas o quarto.



  • Pingback: - O Timão: Agora você tem tudo sobre o Corinthians hoje aqui!()

  • Nilson

    Criciúma 0 x 0 Corinthians

    1. Sugestão para o Regimento Geral do clube. Zagueiro que não para de dar chutão pra frente, lateral que faz falta boba, e treinador que joga para empatar contra times virtualmente rebaixados, — escalando três volantes —, devem ser banidos sumariamente da República do Corinthians. O problema é que o Felipe, quando não dá chutão pra frente, entrega a bola para o adversário e puxa um contra-ataque quase mortal.
    .
    2. Hoje, no meio do caminho, tinha mais um time da zona do rebaixamento. Um time horroroso que não vence há 9 jogos e não faz um gol sequer há seis. Em compensação, o time do Mano já tem 9 empates — sempre respeitando times pequenos. É líder do Brasileirão nesse quesito. Nos 9 jogos, correndo riscos, jogando para vencer, digamos que o time tivesse perdido seis. Mas desses 9 jogos covardes, bastariam apenas três vitórias para o time estar melhor posicionado na tabela do Brasileirão.
    .
    3. No segundo tempo, empatando o jogo, tendo uma oportunidade preciosa para se aproximar do líder do Brasileirão, o senhor Mano me tira um atacante, quando podia ter sacado um dos volantes. Com essa substituição, ficamos sem nenhum jogador negro no time. Alguma coisa está fora de ordem. No melhor Corinthians que já vi jogar, o time só tinha um branco e um índio. O resto era tudo negro. Não que eu tenha qualquer preconceito contra branco. Mas esse time era demais: Dida; Índio, Márcio Costa, João Carlos e Kléber; Gilmar, Rincón, Vampeta (Marcos Senna), Ricardinho; Marcelinho (Dinei) e Edílson. Até os reservas eram negros. Hoje tivemos até jogador ruivo num time só de brancos…
    .
    4. Nada contra times com muitos volantes. Mas hoje deu para perceber bem. Sempre que um volante tinha a chance de puxar o contra ataque, faltou qualidade técnica para servir os atacantes com lançamentos decentes. Não foi por acaso que a Alemanha meteu sete no Brasil, na nossa casa, escalando Schweinsteiger como primeiro volante. Seria interessante a Comissão Técnica filmar o Ralph durante os 90 minutos do jogo para observar se o custo-benefício vale a pena. Volantes podem ser ótimos para empatar jogos contra times grandes fora de casa. Mas jogando contra times da zona do rebaixamento, não valeria a pena escalar meias no lugar dos volantes? Um lançamento decisivo já seria o suficiente para garantir o custo-benefício.
    .
    5. O melhor retrato do time com três volantes é o Romero correndo como um maluco pra lá e pra cá, quase desesperado, sem quase ver a cor da bola nos 90 minutos de jogo. Como corre esse garoto! Até fiquei cansado de tanto ver o paraguaio correr. O Cruzeiro, time que não arrecada metade do que o Corinthians arrecada, tem os dois artilheiros do Brasileirão. Hoje, o time mineiro jogou sem os seus dois principais atacantes convocados para a seleção. O reserva, Júlio Baptista, entrou e fez dois gols. Hoje, o Corinthians entrou em campo sem os seus dois principais jogadores, convocados para a seleção. O Mano escalou o Malcom e ficou sem nenhum atacante no banco.
    .
    6. O Romarinho foi embora. Obrigado, garoto, pelo gol de cavadinha na Bombonera. Vai com Deus. Um clube da importância do Corinthians não pode depender de um atacante que só faz gols de vez em quando. Hoje, o Malcom recebeu uma bola de presente do goleiro do Criciúma. Diante de uma oportunidade de ouro, o garoto de 17 anos não conseguiu acertar o chute no gol. Um atacante com um mínimo de qualidade, tipo Sóbis ou Marcelo Cirino, teria feito o gol e o Corinthians teria vencido o jogo e não estaríamos agora crucificando o Mano. Com esse golzinho, teríamos chegado mais perto do Cruzeiro podendo até continuar sonhando com o título.
    .
    7. Se o time do Mano tivesse um jogador bom de cobrança de falta, teríamos vencido o jogo hoje porque oportunidades não faltaram. Se eu fosse jogador profissional e ganhasse R$ 20 mil por mês, ficaria todo dia até meia-noite treinando cobranças de falta. Até 200 cobranças por dia. Todo mundo sabe que a repetição produz a perfeição. Os grandes músicos e dançarinos sabem bem o que é treinar 10 horas por dia a vida toda. Quantos por cento valorizaria um cabeça de bagre que marcasse um gol de falta a cada cinco jogos? Se marcasse 7 gols de falta em 38 jogos do Brasileirão, esse cabeça de bagre esforçado poderia fazer a diferença em qualquer time que disputasse o título.
    .
    8. Retornamos enfim ao esquema dos empates. O Renato voltou a ser o que era. O Petros passou a respeitar mais o juiz. Em compensação, parou de vibrar. O que o Danilo está fazendo no time? O que o Pato está fazendo no São Paulo? O garoto já fez mais gols que o Guerrero recebendo um salário de R$ 400 mil do Timão. O clube mais rico do Brasil não tinha hoje nenhum atacante no banco. Vimos neste domingo triste o Timão não conseguindo um golzinho miserável, nem a fórceps, em Criciúma. E a Globo mostrando o gol do Pato no Morumbi.
    .
    9. Com o vírus da hempatite que contamina o Mano, só resta agora sonhar com a Copa do Brasil. Se der a lógica, pegaremos o Atlético, o Mengo e o futuro bicampeão do Brasileirão na final da Copa do Brasil. O problema, — ou a vantagem? — é que no futebol a lógica não prevalece. O bom é que dois empates de zero a zero em jogos mata-mata podem significar a vitória se o Cássio pegar alguns pênaltis. Podemos conquistar o título com seis empates! Vai, Corinthians!
    .
    10. O choro do Gobbi parecia estar funcionando e o time não estava sendo prejudicado pela arbitragem. Isso até os 30 minutos do segundo tempo. Aí então o juizão deixou de dar um pênalti claro para o Timão. Quem chora demais, não mama. Sem ter pago ainda um centavo da dívida da Arena, o clube já contabiliza mais de R$ 40 milhões de déficit em 2014. E existe o risco de o Corinthians perder a Arena se não conseguir pagar a dívida. Assim caminha o clube mais rico do Brasil.
    .
    .

    • Maurício Oliveira

      Que bela análise, Nilson!!!

      • Mario de Carvalho

        CONCORDO 1 milhao %

    • Wilson

      Ótima analise. Concordo plenamente.

    • Durval José Carrara

      Parabéns pela paciência. Alguns comentários:

      (1) Mario Gobbi é uma aberração como presidente. Compra do Pato, renovações de contratos fora da realidade (gastamos mais de um milhão por mês para pagar jogadores jogando em outros clubes), entre outras coisas.

      (2) Mano Menezes é um fenômeno. Tem uma história de fracassos, mas sobrevive com uma arrogância e um discurso de superioridade típicos de psicopata.

      (3) Como perder o estádio? É só fazer conta: 1.150 – 350 títulos PMSP (já descontando deságio sobre valor de face dos títulos) = 800 milhões, divididos por 180 meses(15 anos) 54 milhões por ano. Que seja acrescido 50% de juros por ano , o que é absurdo, dá 80 milhões. Se você considerar apenas bilheteria, quase dá para pagar a dívida anualmente. Agora coloque cativas, camarotes, eventos, restaurantes, estacionamento, e o name rights. Acho que até o Mario Gobbi conseguiria saber que é relativamente fácil pagar. O Andrés tem planos de pagar em 7 anos. E conforme o name rights dá para pagar sim.

      Nosso problema é conjuntural. Mario Gobbi é despreparado para exercer a presidência, e o MM, é incompetente para técnico.

    • paulo

      Discordo apenas quando voce falou em Marcelo Cirino, jogador horrivel !!

    • valdemir

      aff.. Tirando a parte dos negros… Nem tinha imaginado sequer isso. Não é a cor da Pele que determina nada. A Alemanha tinha onze brancos e enfiou 7×1 no Brasil de Neymar e cia.

  • Pingback: Timão perdeu 13 pontos para time de baixo da tabela | timaodiariotv()

  • daniel arantes

    A vexatória derrota para o fraquíssimo Figueirense na estréia do Itaquerão foi imprdoável para um time que postula o título .
    Veja o Cruzeiro po exemplo , não perde pontos em cas de jeito nenhum .
    Sou corintiano , mas este Mano é retranqueiro demais meu Deus .

  • Luan

    Mano Menezes em 2014
    Eliminação na primeira fase do campeonato paulista.
    Derrota pro último colocado Figueirense em casa, no primeiro jogo na Arena.
    Empates em casa contra times que lutam pra não cair.
    Derrota pro Bragantino na Copa do Brasil jogando pra 30 mil corinthianos.
    Futebol ridículo, e tendo o elenco mais caro do Brasil.

    30 dias de treinamento pro início do Brasileiro e mais 40 dias devido a pausa da Copa do Mundo e o futebol do time não evoluiu em nada, continua a mesma síndrome do Empatite e do futebol feio.

    O que falta pra esse técnico ser demitido???

    Ser eliminado da Copa do Brasil e não ficar nem entre os 4 primeiros do Brasileiro???

  • Ricardo

    É simples: jogar com 1 a menos quando se faz uma substituição dá nisso. Colocar o Danilo só pelo nome, moral e histórico que ele tem. Agradeço tudo de muito importante que já fez, mas não dá! Quer deixar o time mais ofensivo contra um time da zona e rebaixamento e com o pior ataque do brasileiro? Tira o Ralf e coloca o Zé Paulo ou até mesmo o Ferrugem. Danilo não dá mais. E outra, escrevam o que estou falando: até o STJD julgar a inscrição do Petros não devíamos mais relacioná-lo. Se formos julgados culpados, com o jogo de hj, perderemos 24 pontos! É rebaixamento na certa!

  • Ricardo

    Como pode ter um elenco de 10 milhões/mês não pode reclamar de jogar contra o Criciuma que tem um elenco bem mais modesto e tb tinha seus desfalques. Assim sendo, não pode reclamar de desfalques. Se fosse contra um time entre os 7 primeiros e que estivesse completo até dava para reclamar. Essa gauchada está acabando com o futebol com essa retranca. Saiu o Tite entrou o Mano e as coisas continuam iguais! Como pode um time milionário ter mais empates (9) do que vitórias (8). Se tivéssemos perdido 5 desses 9 e vencido 4, teríamos 40 pontos! E acho um risco relacionar Petros enquanto o STJD não julgar sua inscrição. E outra, Danilo não dá. Obrigado por tudo, mas não dá!

  • Bruce hayassaka

    A maioria dos jogadores do Corinthians deveriam ter vergonha na cara,pelo salario que ganham tem que jogar muito mais,ta jogando futebol de time de segunda divisão,não é admissivel que o time do Corinthians sequer empate para times como criciuma,figueirense,chapecoense,vitoria,bahia e sport…Hoje o time que foi em campo jogou futebol de segunda divisão,começando pelo tecnico Mano Menezes,alem de um mal treinador é chato,irritante e mal educado,tem de parar de reclamar e xingar,esquece a arbitragem e pensa numa forma desse time ter um esquema tatico melhor e jogar mais,ta feio!!!…Ralf ta gordo,Romero sem força fisica,Petros ta baqueado psicologicamente,Jadson ta muito mal fisicamente,Elias e Gil estão mais preocupados em não se machucar para não serem cortados da seleção,estão tirando o pé das divididas,Danilo ta fazendo hora extra no timão,passou da hora de sair e para finalizar Mano Menezes não consegue montar um esquema tatico,não consegue fazer o time jogar bem,jogadores não consegue dar mais de cinco passes certos seguidos,a bola queima no pé e só da chutão,correria total sem direção!!!

  • amarildo rossi

    sou corinthiano roxo sofro demais no jogos do corinthians joga fechado de mais acho por ser um time grande nao devia jogar fechado demais contra time{pequeno} acho que o treinador e fraco fora mano foraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • Aliandro Junior

    As coisas são simples pra que complicar, tanto na vida como no futebol,quem tem medo de ganhar perde, o grande culpado não são os jogadores é essa porcaria retranqueira Mano Menezes, entra pra jogar com times,inferior com 3 volantes ,se o Corinthians tivesse Messi,Neymar, Cristiano Ronaldo,o mano jogava um desses craques na reserva e entrava com o Petros lixo de jogador o empresario do Petros é forte na cena ,Corinthians desfalcado de 5 jogadores ganhou do Bragantino só porque entrou no 433 agora esse 442 e 423(1) é retranca desse fracassado tecnico medroso e hoje não tem desculpa de arbitragem não é incompetência técnica desse limitado treinador ,Volta Tite!!

  • O MESTRE

    Fase ruim deve ser ação dos “DEUSES DO FUTEBOL” do Sr.Mano Menezes kkkkkkkkkkk

  • WAGNER

    Bom, o que dizer? Jogou mal. Teve comentário de que Paulo Baier(!) mudaria o panorama da partida… Vou ter calma com o Malcom. Afinal tem apenas 17 anos e é cedo para queimar um moleque que sabe jogar bola. Vai Corinthians!

  • alberto

    “ACORDA CORINTHIANS, FORA MANO, GOBI E EMPRESARIOS DO MESMO PACOTE, CHEGA DE TÉCNICO GAUCHO QUE É SINÔNIMO DE RETRANCA”

  • Sergio

    Eu tenho certeza que 90% dos que hoje reclamam do Mano, pediram a saída do Tite…..Não sabem o que querem e ficam dando pitacos. Tite é o cara! Essa renovação era para ter sido feita com ele no comando. Tenho certeza que o time estaria jogando bem melhor. Um técnico que diz, como disse o Mano na saída do Framengo, que não consegue fazer o time jogar e teve os melhores jogadores na seleção e também não conseguiu, vai conseguir isso com recursos limitados?????? Só na cabeça oca de certos torcedores!!!!

  • valdemir

    Este time do Corinthians que jogou ontem é fraco tecnicamente com exceção de 2 ou três bons jogadores e ainda assim o Mano ajuda muito o time a ser mais mediocre ainda.
    A primeira substituição era para ter tirado o Fraquíssimo Petros e ter deixado o time com três atacantes. Poderia até ter tirado o fraco Romero, mas jamais ter tirado o menino Malcom.

  • Eduardo

    Nilson, concordo em quase tudo em sua análise. tbm penso assim em relação aos chutões dos zagueiros, do excesso de volantes, na minha opinião o cássio não pode bater tiro de meta, já q a bola invariavelmente vai para fora ou parar nos pés dos adversários pra contra-atacarem e o pseudo técnico não realiza treinos técnicos – táticos, o posicionamento do time é horrível, perdendo todas os rebotes defensivos (haja visto o gol do bragantino em cuiabá) e raramente ganha ofensivos. é um amontoado de jogadores com alguma condição técnica, mas sem padrão técnico-tático, q nas mãos de alguém competente como marcelo oliveira, faria o time estar em melhor colocação. agora achar q por q tirou o único negro a coisa desandou é d+. qual é o problema de só ter brancos, no time? o malcolm é negro e perdeu um gol feito no 1º tempo. é novo, não interessa, recebe salário q muitos brasileiros nem sonham. tem q justificar o salário q recebe, retribuindo fazendo gol quando surge a oportunidade. neste time q vc mencionou o Índio, Márcio Costa, João Carlos , Kléber e Gilmar eram medíocres. o kleber era o melhorzinho destes e mesmo assim não era grande coisa – até hj pula de time em time sem se firmar. então, procure ser mais condizente em sua análise sobre esta questão. o time pode ter 11 brancos ou negros e ser bom ou ruim, não depende de cor e sim de talento. vc prefiriria ter um malcolm ou um van persie?

MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo