Guerrero não pode ser reserva…



Tudo bem que Paolo Guerrero não vive um bom ano. Perdeu um gol incrível no fim da partida do último domingo, contra o Atlético-MG, em Uberlândia (MG), que daria os três pontos ao Corinthians. Mas também foi notável que a equipe de Mano Menezes cresceu muito com a entrada do peruano.

Os números do camisa 9 neste ano são sofríveis, mas ele dá a retenção de bola necessária a qualquer ataque. Luciano e Romarinho não precisam deixar o time. Eles tendem a render bem mais atuando abertos, com o centroavante entre os zagueiros. Ontem, quando receberam perto da área, não viram a cor da bola e perderam quase todas as divididas para os defensores do Atlético-MG.

O crescimento de Romarinho com a entrada de Guerrero também foi nítido. Foi dele a bola desperdiçada pelo peruano, já nos minutos finais da partida.

De resto, o Corinthians conseguiu mostrar um bom crescimento tático e esteve bem postado. A grata surpresa foi o estreante Petros, que deu dinâmica ao meio.

Deve doer para qualquer corintiano ver o time estrear no Brasileiro com um 0 a 0. Mas não dá para reclamar deste ponto. Certamente, o de ontem foi um dos duelos mais complicados que o Timão terá em todo este BR-2014.



  • Nilson

    Atlético 0 x Corinthians 0
    20 de abril de 2014

    1. Um empate com o campeão da Libertadores, fora de casa, até que não foi um mal resultado. Mas o melhor é que o time não decepcionou. Só achei os jogadores muito apáticos, com uma preguiça desgraçada, parecendo um bando de burocratas com seis meses de salários atrasados. O Romarinho, por exemplo, mostrou uma falta de fome de bola assustadora. Teve a desculpa de não saber se era centroavante ou terceiro homem de meio de campo. Quanta diferença em relação aos jogadores do Ituano na decisão do Paulistinha. O Jadson, sem noção de distância e velocidade, parecia que não via bola há mais de um século. Conseguiu errar todos os lançamentos e todas as bolas paradas.
    2. Houve algumas boas surpresas no time do Mano. O Fagner foi muito bem na marcação, apesar de ter o Fernandinho infernizando a vida dele. O Cleber era outro que me preocupava por ter o hábito de fazer muita lambança. Felizmente, as duas lambanças dele não desgraçaram a vida do Mano Menezes.
    3. Mas a maior surpresa agradável foi o Petros. Despontou como o melhor jogador do time, em minha opinião. Roubou algumas bolas, deu estabilidade ao meio de campo fazendo a função de meia e criou duas boas chances de gol. O Jadson precisava de um jogador como o Petros do lado dele para dividir as responsabilidades de armação de jogo. Se o Petros se entrosar, pode resolver o nosso problema de armação no meio de campo. Gostaria um dia de ver um treinador com a coragem para escalar o Petros e o Elias como os dois volantes do time. De que adianta um volante que rouba três bolas e entrega duas de presente ao adversário e nunca consegue fazer o time funcionar com velocidade no ataque? O melhor time que vi jogar no Corinthians, o time de 1998-2000, tinha o Rincón, um meia atacante, como primeiro volante. Nessa época, o Luxa ainda gostava mais de futebol do que de dinheiro. Sonhava em conquistar uma Copa e ser treinador na Europa. Hoje, com os sonhos destruídos, é um velho decadente, como todo homem sem sonhos é.
    4. Outro jogador, além do Romarinho, que ficou meio perdido em campo, foi o Luciano. Ele não sabia se a sua função era ajudar a defender ou atacar. Foi útil na composição do sistema defensivo, mas no ataque foi uma negação total. Cumpriu aquilo que o Mano determinou e recebeu um carinho do treinador quando saiu de campo substituído pelo Guerrero. Se o Mano tivesse escalado mais um volante no lugar do Luciano, hoje estaria sendo crucificado como retranqueiro filho da puta. O Luciano quebrou o galho dele jogando como mais um homem de defesa.
    5. Quando o Guerrero entrou no lugar do Luciano, incomodou muito os dois zagueiros do Atlético e deu vida ao ataque do Timão. Pena que o Romarinho estava completamente desligado do jogo. O Vitor fez uma defesa sensacional com o pé e impediu o Guerrero de levar o time à vitória. Achei que o nosso centroavante sofreu pênalti do Pierre nesse lance.
    6. A ruindade do Fábio Santos continua me fazendo perder a paciência. Se o Uendel não fosse tão ruim na marcação, seria titular absoluto da lateral esquerda. Teve uma hora que o Fábio ficou olhando para o céu e não percebeu a entrada do Tardeli nas costas dele. Mas o pior é que quando o Fábio sobe para o ataque, mais atrapalha do que ajuda. Alguém saberia me dizer quantas bolas ele cruzou da linha de fundo para a cabeça do Guerrero nos últimos anos? Quanta saudade do Klebão que fazia isso toda hora.
    7. O Gil foi regular como sempre. Nessa posição, estamos bem servidos. O Guilherme não tem pinta de volante. Acha que não tem responsabilidade de marcação e fica observando os jogadores adversários penetrarem na nossa defesa como se fosse um gerente cansado, de braços cruzados. Preferia ter um volante mais ligeirinho e agressivo no meu time, tipo Biro-Biro. E sobretudo que fosse bom de bola como era o Biro, um corintiano de verdade até hoje. Torço muito para que o Zé Paulo consiga se firmar porque é bom de bola. É meio lento, mas se tiver a confiança do treinador e da torcida pode solucionar o nosso problema no ataque. O Bruno vai ser útil quando o time precisar segurar o resultado fora de casa contra times grandes. Este não é boi-sonso como é o Guilherme quando supervisiona os companheiros.
    8. O Ralph tem toda a pinta de zagueiro. No futebol moderno não tem mais lugar para volantes do tipo do Ralph. Se ele jogasse como terceiro zagueiro, cobrindo a lateral esquerda, poderíamos ter o Uendel apoiando o ataque pelo lado esquerdo. O Uendel teria dado um pouco de agressividade ao nosso raquítico ataque. O Guerrero, quando entrou, precisou cair para os lados do campo porque não tinha laterais para cruzarem a bola na área do Galo mineiro.
    9. O Cássio não teve muito trabalho. Não teve chance de caçar borboleta. Só se mostrou meio atrapalhado na reposição de bolas. Espero que a fase boa dele volte para ajudar o Corinthians a conquistar mais um título importante.
    10. O time pode crescer muito quando, depois da Copa, o Elias puder jogar. O ataque sente muito a falta de um jogador como ele, com personalidade, com velocidade e agressividade para chegar ao gol adversário. O Sóbis era o jogador que faltava nesse ataque de mierda como diriam os argentinos. Clube quebrado financeiramente, dirigido por gente incompetente, não tem cacife para contratar bons jogadores. Se antes da contratação do Pato, a diretoria tivesse feito uma pesquisa de opinião entre os torcedores do Timão, tenho a certeza absoluta que a grande maioria teria dito que preferia o Sóbis ao Pato. O Corinthians teria economizado uma grana astronômica e teria um jogador no ataque que costuma resolver partidas fazendo o gol da vitória. Ontem, faltou o Sóbis para o Corinthians trazer 3 pontos para casa. Uma contratação como essa, que eleva o nível do time, encheria estádios. Se o Corinthians estiver disputando o título, depois da Copa, a Arena Corinthians vai estar sempre lotada. Vai entrar muita grana nos cofres do clube. Se o Corinthians continuar com o Luciano perdidão em campo cumprindo o papel de terceiro volante, vai competir para não ser rebaixado. Se o Corinthians continuar dependendo do Romarinho, a Arena Corinthians vai ficar sempre vazia. Com mais um atacante como o Sóbis, o Corinthians poderia, no mínimo, sonhar com uma vaga na Libertadores em 2015. Nesse caso, a Arena Corinthians seria pequena para tanta torcida querendo ver o ataque maravilhoso com Sóbis e Guerrero em busca de um segundo título na Libertadores. Acorda, Gobbi! Aprende a investir, porra!

  • cleber

    Engraçado, o Primeiro jogo que o Guerreiro demonstrou vontade, e isso só depois do chá ali no banco que ele tomou do mano meneses e valeu lembrar que ele tem perdido gols embaixo da trave,então nao venha torcedor modinha pedir o cara de titular,ele ta devendo muito futebol ainda,eu só acho que o corinthians precisa de pelo menos tres atacantes, pois luciano não inspira muita confiança para um campeonato do nivel do BRASILEIRAO!!

  • Valdemir

    Sempre achei que o meio tem que ter Jadson e mais três atacantes, entre ele guerrero

  • kamika

    FATOS QUE A MÍDIA-ROSA TENTA OCULTAR MAS FOI REGISTRADO NA HISTÓRIA …..( fonte : GLOBOESPORTE-FUTPÉDIA OU QQ.. SITE QUE RELACIONE A HISTÓRIA DOS CONFRONTOS como o Wikipédia ou classicoeclassico ou outros.)
    ASSUNTO : BRASILEIRÂO …… contra FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS !!!!…..mesmo que “mídia-rosa” tenha escondido ou não tenha pesquisado estes FATOS !!!!!!!!
    1- Sabiam que no Brasileirão ,a Frangéria Encena ganhou somente uma única partida (em 12-out-2003 ) do Corinthians , este jogando com 9 jogadores oriundos dos juniores === do time titular do Corinthians jamais conseguiu ganhar uma única partida , jogando no Panetone == Pelo Brasileirão ,a Frangéria Encena vai acabar a carreira “virgem de vitória ” no Panetone !!!

  • kamika

    2- Sabiam que a Frangéria Encena é o ‘ goleirim’ que mais tomou gols do Corinthians ( por enquanto 100 gols ) na História e quem mais foi buscar a bola no fundo das redes de um único time brasileiro…..
    3- Sabiam que no Brasileirão , o SPFC ficou mais de 27 anos ( entre 1974 e 2000 ) , sem ganhar uma única partida do Palmeiras….é a maior sequência de freguesia de times que se enfrentam continuamente no Brasileiro e uma das maiores freguesias entre rivais do futebol mundial !!!
    4- Sabiam que pelo Brasileirão , no Panetone , em 31 anos ( período entre 1972 e 2002 ) o SPFC ganhou somente uma única partida do Corinthians
    5- Sabiam que pelo Brasileirão , desde o tempo da Taça de Prata , no Panetone , o SPFC conseguiu ganhar somente 5 partidas do Corinthians !!!!….sorry fregaysia !!!! e, ainda , depois de 1972 , o SPFC ganhou só 3 partidas do Corinthians , no Panetone !!!!!!!!……por isso o Panetone é chamado de “S.alão P.ara F.estas C.orinthianas”…..
    BAMBIS , ETERNAS FREGAYSAS…CPF NA NOTA DESDE QUE O “CPF” ERA “CIC” !!!

  • kamika

    MORREU UM FUNCIONARIO NO ESTADIO DO MORUMBI SOMENTE POR ESTAR PINTANDO UMA SIMPLES ESTRELA …..IMAGINA QUANTOS SERIAM PRA REFORMAR O ” PRIVADÃO ” !!!!…..ESTA NOTICIA SOH DIVULGARAM PORQUE ERA CONCOMITANTE A APRESENTAÇÃO DO MURICY EM 2006……..EM CASA , COM A MIDIA-ROSA EH TENDENCIOSA , ESCONDEM SEUS ACIDENTES……………….03/01/2006 -……http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Arquivo/0,,AA1100288-4274,00.html………………………..www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/fk0401200617.htm

  • Barreto

    Incrível como o time do Corinthians está decadente, sinceramente não sei o que houve com a garra e determinação de outrora. Tudo bem, o Guerrero tem que voltar a ser titular é o nosso ÚNICO camisa 9 e não há outra alternativa senão ele mesmo. Mas, vou tever alguns comentários:
    A) – O Guilherme não é aquilo que esperava, fraco na marcação e não ajuda em nada na transição.
    B) – Fágner longe dos tempos áureos, sinceramente o Alessando ta fazendo falta (tamanha difiiculdade do Fágner).
    C) – Luciano ainda precisa se firmar não é o jogador para ser titular 38 rodadas.
    D) – Até Ralf caiu um pouco de rendimento.
    E) – E Mano tem que rever vários conceitos, não entendo como a diretoria Corinthiana faz isso, gestão terrível a do Gobbi o que tinha sido semeado desde 2008 foi jogado por água abaixo. Tiraram o melhor do treinador do país, por achar que o mesmo não podia reformuilar o elenco. Não acredito que o Coritnhias vença algum campeonato esse ano e muito menos vaga para libertadores. Que pena quando temos um estádio não temos time!

  • luis paulo

    O Paolo Guerreiro tem q ser titular junto a esse time : cassio, gil, kleber, fabio s., fagner, ralf, elias jadson,”renato augusto”, guerrero e romarinho ou (luciano)
    E MAIS FAZE O Q NE
    mano

MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo