O que esperar do Timão no Brasileirão?



A reformulação proposta por Mano Menezes e iniciada no início deste ano será colocada à prova no Brasileirão. No primeiro teste, o Paulistão, o Corinthians foi eliminado ainda na primeira fase, mas com a desculpa e as considerações de que as mudanças necessárias no elenco iriam atrasar a formação da nova equipe.

Todos reconhecem que o timaço que conquistou cinco títulos importantes em três anos – Brasileirão de 2011, Libertadores e Mundial de 2012; Paulistão e Recopa Sul-Americana de 2013 – não existe mais. Saíram Alessandro, Edenilson, Paulo André, Ibson, Douglas e Emerson, além do técnico Tite, claro, e de Paulinho, antes, e Pato. Chegaram Fagner, Ferrugem, Uendel, Bruno Henrique, Petros, Luciano, Jadson e, principalmente, Elias, o mais caro, contratado por 4 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões).

O time, apesar dos tropeços no Paulistão, já tem espinha dorsal. Cássio, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto e Jadson; Luciano e Romarinho terminaram o Estadual e formaram a equipe nos jogos-treinos contra Audax Osasco e Ponte Preta. Guerrero entrará no ataque, caso recupere a forma técnica e física que o fizeram ser herói no Mundial. Elias tem vaga garantida, mas só poderá estrear depois da Copa do Mundo, a partir de 14 de julho, quando reabre a janela internacional de transferência, décima rodada, portanto.

É a terceira vez que Mano disputa o Brasileirão pelo Timão. Em 2009, com o título da Copa do Brasil e a vaga na Libertadores garantidos, ficou no meio da tabela; e em 2010, deixou o clube na 11 rodada para comandar a Seleção, com o time na liderança.

O Corinthians estreia contra o Atlético-MG, no próximo domingo, às 16h, em Uberlândia (com transmissão ao vivo pela TV aberta). O duelo marca o encontro dos dois últimos campeões da Libertadores.



  • Rodrigo

    A reformulação no elenco do Corinthians foi realizada de um modo tardio. Já identificava-se, ao final de 2013, que o time estava desgastado.
    De toda forma, o elenco está se qualificando positivamente. Cássio é um bom goleiro seguido do Walter, que pode ameaçar sim sua titularidade. Nas laterais, com a chegada de Ferrugem (que deve acabar se tornando titular) volta a ser bem servida, Fábio santos ainda tem muito pra render. Na Zaga, a dupla do campeonato certamente será Gil e Cléber, porém, Felipe mostrou-se muito inferior aos dois.

    No meio campo, o time está muito forte: Ralf, Renato Augusto, Guilherme, Elias, Jadson… independente dos titulares, o timão está bem servido.

    É do ataque que virá a maior preocupação neste início pois, com a saída de Emerson Sheik, o Corinthians fica com o trio Luciano, Romarinho e Guerreiro (não contando os jogadores vindos da base). O Timão precisa de um reserva para Paolo Guerreiro. O Corinthians não fará um bom Brasileiro com dois jogadores de maior velocidade e apenas um centroavante. A atual investida em Sóbis é válida, que chegaria para fazer sombra à Guerreiro, que não vive lá sua melhor fase.

    independente de novas chegadas, o elenco do Corinthians está sim, mais forte que aquele que terminou 2013, pois aquele estava desgastado e acomodado, apesar dos grandes jogadores. Este novo Corinthians, tem fôlego novo e jogadores com vontade de mostrar serviço, jogadores que tem potencial.

  • JOSÉ ÁLVARO

    JOSÉ ÁLVARO DA SILVA, Engenheiro Sanitarista, Cuiabá-MT.
    Acredito que o Corinthians com a chegada do Elias se transformou numa equipe competitiva. Basta aperfeiçoar o esquema tático, em especial os fundamentos de marcação sempre próximo ao adversário, saída rápida pro jogo toda vez que recuperar a bola com o intuito de facilitar os passes, o retorno imediato de toda equipe quando um companheiro perde a bola. Principalmente eu acho que todos os jogadores devem tocar na bola sempre com seriedade e responsabilidade, por mais simples que seja o toque de bola.

  • netto

    boa noite mauricio de oliveira.. gostaria de saber a sua opiniao.. o que esperar do timao.. voce comentou muito bem a situacao atual do time.. mas eh um time competitivo o suficiente para brigar pelo o titulo? acho que ainda precisamos de um zagueiro senao pra ser titular ser um reserva imediato, gil e cleber nao vao dar conta o ano todo e o felipe ja mostrou que ainda eh muito inseguro.. acho que seria bom tambem mais dois reforcos no ataque, um atacante mais aberto pra compor elenco e um mais de area para fazer sombra para o paolo.. considerando tudo isso qual a sua opiniao.. da. pra ser campeao brasileiro?

    ps.. se esse meio de campo entrosar, ralf, elias, renato augusto e jadson.. sera o melhor meio de campo do brasil

  • ederson

    cara temos que ver como vai ser esse inicio principalmente esse nove jogos precisamos urgente de um camisa 9 nem que seja das categorias de base, acredite tem uns muleque bom la, pois o guerreiro esta em mafase e nao sabemos quando vai acabar sem contar que tambem nao vai ter o elias nesse novos jogos, mas eu axo que se contratar bem pode brigar pelo titulo com certeza

  • Lucas

    Acho que ainda falta um zagueiro e mais um atacante! O campeonato é longo e em todas as edições, venceu quem tem plantel numeroso e qualificado. Ao menos dois jogadores por posição. O Mano Menezes já disputou várias vezes o campeonato nesse formato e sempre foi bem. Tenho certeza que no final do ano, ao menos uma vaga na libertadores vamos garantir! Abraço!

  • andre campanha bechara

    nao entendo como ninguem comenta que o mais urgente e zagueiro,so temos o GIL E O cLEBER SE ALGUM MACHUCA danou-se

  • andre campanha bechara

    nao entendo como ninguem comenta que o mais urgente e zagueiro,so temos o GIL E O cLEBER SE ALGUM MACHUCA danou-se

  • andre campanha bechara

    nao entendo como ninguem comenta que o mais urgente e zagueiro,so temos o GIL E O cLEBER SE ALGUM MACHUCA danou-se

  • José Alvaro, aproveita que vc é Sanitarista e de uma limpeza nos gambás,kkkkkkkkkkkkkk

  • saulo

    Eu sei que a esperança é a última que morre. Entretanto, quem estiver esperando sucesso no brasileirão, contando com o elias “boca torta”, pode esquecer. Ele foi BANCO até em “Portugal”.

MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo