E o Timão, enfim, começa a ser time



Montar um time campeão não é fácil. Com partidas de quarta e domingo a missão fica mais árdua ainda. Depois de seis rodadas de pressão e mau futebol, o Timão, enfim, já pode começar a ser chamado de time.

A vitória sobre o Oeste, apesar de não ter sido brilhante, estanca de vez a crise alvinegra. Mais que isso, já dá mostras que os jogadores começaram a absolver melhor as ideias que Mano Menezes vem impondo desde a sua chegada.

O grande exemplo dessa mudança é Romarinho. O camisa 31, que vinha em baixa com Tite e que penava para entender que com Mano o quer como segundo atacante, foi um dos destaques do Corinthians. Foi segundo atacante. Deu opção para os meias, se apresentou e auxiliou, de perto, Paolo Guerrero. A marcação já não é mais prioridade para ele nesta nova era.

O trabalho de Jadson, de extrema importância para o que o treinador quer para sua equipe, foi mais uma vez brilhante. Chamou e armou o jogo, como se espera dele. E sendo importante taticamente, fechando espaço dos lateral-esquerdo rival.

O encaixe perfeito, no entanto, ainda está longe. E Mano sabe disso. Tem consciência de que precisa de tempo e muita insistência para deixar o time entrosado, leve e veloz do jeito que ele gosta. O trabalho continua, e agora com mais paz…

DEFESA AINDA É O PROBLEMA

Se na frente as coisas começam a se ajeitar no Corinthians, o setor defensivo ainda é um caso sério para o comandante alvinegro consertar. O primeiro passo é tirar Felipe. Apesar da boa saída de bola, o zagueiro mais uma vez falhou – e contou com o azar no gol do Oeste. Os laterais também sofrem com bolas em suas costas.



  • Gilson

    Concordo plenamente, e o zagueiro Felipe, infelizmente se é bom, tá sem sorte, e nao dá para esperar isso mudar, tendo outros bons zagueiros como Cleber, esperando a vez para mostrar servico !

  • Antonio Godoy Jr

    Bom dia concordo com sua opinião, o que estranho é não ter alguém ou algum reporte que questione o teimoso treinador Mano com respeito a este zagueiro fraco , trapalhão e desesperado do Felipe, pois não conheço nenhum corintiano que o ache melhor que Cleber,
    esse zagueiro é pior que Walace, Mano se toca enquanto é possivel.

    Godoy

  • emerson santana

    ola amigos do lance
    O Corinthians vem sofrendo com a reformulação mas vai brigar por títulos la na frente ja o nosso
    querido palmeiras no brasileirão vocês verão a draga que esse time é só ta maquiado .

  • adilson bhering

    manda o felipe para o flamengo, uam vez que ele parece muito com fabio luciano, tão ruim quanto o mesmo.
    não entendo o mano, tem zagueiros bons com cleber, os da base e deixa esse ruim jogar.
    Outra coisa porque não promove o Malcon da base , esse moleque joga muito e tem alegria do futebol, fica insistindo o paulinho que mudou de nome é muito ruim entrou so para fazer numeros, não driba ,não chuta não faz nada.

  • Lucas

    Senhores, o Corinthians foi multicampeão com praticamente dois bons jogadores por posição. Logicamente é o começo de um trabalho, mas pra ver o Timão no topo é preciso contratar. E tb olhar com muito carinho para a base. Não dá pra ter um Felipe como titular. Aliás, nem no elenco!

  • Guilherme

    O Português está feio em?

    “alvinegro concertar” ou seria alvinegro consertar???? Mano virou maestro para fazer Concerto?

    “E sendo importante taticamente, fechando espaço dos lateral-esquerdo rival.” vamos mudar o S de lugar?

  • Rodrigo R. Pereira

    Caros leitores,

    Sou Corintiano desde a fecundação do meu pai em minha saudosa mãe e nunca vi, em 29 anos de vida, um time ser formado de um dia para a noite. Claro que o ficamos mal acostumados com tantos títulos e não sabemos o que é chacota a muito tempo. Por isso dói ver o Alvinegro de Parque São Jorge lutar para fazer um jogo sem sustos. Não gosto de “passar a mão na cabeça” do técnico e dizer que está tudo bem. Como um bom Corintiano, na hora do jogo eu cobro, falo mal, choro, explodo de raiva, mas depois vem à reflexão. Lembro-me de que no segundo semestre do ano passado o Timão não conseguia fazer um gol se quer e quando tomava um, a derrota era quase que inevitável. O time do “Grandioso Tite” já estava fragilizado como um pneu de caminhão que rodou o MUNDO inteiro. Tentamos recauchuta-lo, mas não deu certo. O time estava, há muito tempo, previsível dentro e fora de campo. Tite já sabia disso e montou um time que focava na marcação e não tomar gols. No entanto, o destino quis aprontar novamente. Mano voltou, depois de uma saída mais do que estranha do flamengo, e eu pesava que ele pudesse dar um jeito na fase do Corinthians. Contratado , o novo técnico começou bem, mas após as derrotas começamos a ser questionados. Minha esposa uma vez perguntou se eu preferia o Tite ao Mano, mas com uma pitada de saudosismo disse que confiava no Mano Menezes. Acho que por tudo que passamos, nós Corintianos, no fundo, pensamos assim mesmo. Gostaria de lembrar a todos que em 2008 o Timão não foi formado de uma hora para a outra, passamos maus bocados com Wellington Saci e Diogo Rincon e Felipe. Mas depois que o “Mano” acertou o time, fomos os campeões invictos do Paulistão em 2009, título que ainda sustentamos. Precisamos ter paciência e esperar novas contratações e também confiar que o técnico que tem no “nome” a gíria mais pronunciada por um corintiano, fazer valer a confiança dada a ele.

    Saudações e VAI CORINTHIANS!

  • Nei Correa

    Então- – Acredito que a turbulência já passou. Daqui prá frente com inteligência confirmar um grupo ( time ) prá Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro- se der certo para o Paulistinha tudo bem. Já no segundo semestre de 2013, se desenhava que teria que fazer modificações no plantel. Não se deve desmerecer ninguém, todos que sairam foram CAMPEÕES INVICTO da LIBERTA e BI-MUNDIAL- fora o pato claro.

  • adriano

    Concordo com você. Jadson é muito mais dinâmico do que qualquer outro jogador que o Corinthians tenha pra posição. A defesa está péssima, parece que mesmo com a defesa e o meio postados (para defender) ainda existem duas avenidas atrás dos laterais (principalmente o da esquerda, na minha visão…) e o combate na intermediária e meio campo parecem ser descoordenados abrindo buracos na última linha quando são feitos.
    *Só uma observação conserto de consertar é com s.

  • valdir

    Felipe levou azar nao, foi ruindade mesmo e falta de fundamento de zagueiro. Onde já se viu zagueiro rebater bola para dentro da area, aquela bola era só deixar passar para a lateral. Quanto a habilidade para sair jogando, nao vi até agora, só dá chutao na saida de bola.
    Se ele é titular e está desgastado, deveria ser poupado até 2020.

  • Renato

    O Mano precisa acordar pra vida e colocar logo o Cléber no lugar do Felipe. Treinar mais fundamentos defensivos dos nossos laterais, que apoiam, apoiam e marcam MUITO mal, sobrecarregando Ralph e Guilherme. Dependendo do adversário, eu deixaria Ralph, Guilherme, Bruno Henrique e Jadson ou Ralph, Guilherme, Jadson e Renato Augusto (ou Zé Paulo). O Corinthians não tem que pensar em “gratidão” com certos jogadores, como o Danilo, por exemplo. Já deu o que tinha que dar, voce ve claramente que apesar da experiencia, o cara se arrasta em campo, não consegue puxar um contra ataque. O bom zagueiro da base do ano retrasado, Antônio Carlos foi emprestado novamente e ao que tudo indica, perderemos um “novo Marquinhos” em breve. De imediato, Sheik pro Grêmio e Danilo pro Vitória. Apostaria no Gladiador nesse ataque, é raçudo, tem entrega e é corinthiano. Folha salarial reduzida e aposta em moleques novos, como o recém promovido Malcon. #VaiCorinthians

  • Junior

    Ajustem o link de acesso para este post porque a url está errada:
    hhttp://blogs.lancenet.com.br/timao/2014/02/20/e-o-timao-enfim-comeca-a-ser-time/

    Tem um ‘h’ a mais na referência.

    Grato pela atenção.

  • Pingback: E o Timão, enfim, começa a ser time -()

MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo