Análise sobre o lateral Uendel



*Texto de Guilherme Borini, correspondente do LANCE! em Campinas, que acompanha o dia a dia da Ponte Preta:

“Em meio à escassez de laterais-esquerdos, Uendel surge como uma ótima opção no mercado. O jogador demonstrou muito comprometimento e disciplina durante os três anos em que defendeu a Ponte Preta – chegou ao clube em 2011. Nas duas primeiras temporadas, alternou bons e maus momentos e chegou a ficar no banco de reservas.

Em 2013 viveu seu melhor ano na Ponte. Única opção da posição do elenco pontepretano, foi titular desde o início do ano e terminou a temporada em alta, com grandes atuações na Copa Sul-Americana, em que a equipe foi vice-campeã. Inclusive foi o artilheiro do time na competição, ao lado do atacante Leonardo, com dois gols.

Com características ofensivas, era considerado pelo técnico Jorginho a principal válvula de escapa da equipe, formando um forte lado esquerdo com o atacante Rildo e o meia Elias. Suspenso, foi desfalque sentido pelo time na partida final, diante do Lanús, na Argentina.

Uendel já teve passagens por grandes clubes – Fluminense, Grêmio e Flamengo -, mas não emplacou em nenhum deles. Conseguiu se firmar apenas na Ponte e, anteriormente, no Avaí e Criciúma (clube que o revelou). Aos 25 anos de idade, está bem mais preparado e terá mais uma oportunidade de provar que pode jogar em um time de ponta e se firmar de vez no futebol brasileiro.”



  • jose roberto

    Com certeza fara grande sucesso no Corinthians.

MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo