Epidemia? Não, educação!



A cada dia que passa, Nagoya recebe mais torcedores do Corinthians. É a “Epidemia Corinthiana” invadindo o Japão, como brincou o clube em campanha de marketing antes de sair do Brasil.

Na cidade, os japoneses parecem ter aderido. Foi o que brincaram jornalistas e membros da equipe nesses dias. Tudo porque é possível ver diversas pessoas usando máscaras. Comecei a reparar nisso já no aeroporto em Frankfurt, embarcando para Nagoya, e continuei vendo gente de máscara em hoteis, ruas, táxis…

Perguntei se tinha perdido alguma coisa. Se algum tipo de vírus realmente estava atingindo o Japão neste momento. Mas não. Na cultura japonesa, as pessoas usam máscaras em locais quando estão gripadas, justamente para não passar o vírus para outros. Uma questão de respeito, principalmente em transportes públicos e ambientes fechados. Impressionante!

A educação do povo, que todo mundo destaca, não é aumentada em relatos. Os japoneses fazem questão de cumprimentar os estrangeiros se curvando e dizem obrigado por tudo. A situação chega até ser engraçada, e alguns gringos fazem cumprimentos seguidos só para “testar” as reverências…

Acompanhando os jogadores do Corinthians pelas ruas de Nagoya, duas outras coisas me chamaram a atenção. Do lado de fora do shopping, diversas bicicletas estavam na rua, “estacionadas”, sem qualquer cadeado ou trava. E ninguém nem sequer chegava perto para pegá-las.

No semáforo, a preferência é absoluta do pedestre em faixas de ruas menores, mesmo que esteja fechado para atravessar. E não importa se a temperatura está quase negativa ou se está tarde, o japonês vai esperar para atravessar a rua se o semáforo de pedestre estiver fechado.



  • Paulino

    Pode parecer utopia, mas um dia o Brasil estará nesse mesmo patamar de educação, só espero estar vivo para ver tal mudança.

  • Rogerio Barbosa

    Este o país que o Brasil precisa copiar.

  • TANAKA KAGASHI MYURA

    TODA ESSA EDUCAÇÃO TÁ INDO PRAO RALO ABAIXO, PRINCIPALMENTE DEPOIS QUE CHEGOU A “MALOQUERADA CORINTIANA”…

    • Zé da Fiér

      È verdade que aumentaram consideravelmente, os furtos e assaltos na ruas e comércios da cidade. kkkkkkkkkkkk Vai CÙrinthianos para as penitenciárias japonesas que é o lugar de vcs……….

  • Zé da Fiér

    A Japaiada ta fuuuuuuuuuuuuuuuu, com esta horda de gambas por la, vai ser um tal de chamar embaixada pra arrumar advogado para tirar batedor de carteira da Prisão, vão lotar vários vôos para deportar afanadores de coisas alheias vai ser uma vergonha.!!! Vai Cúrinthias… !!!!! kkkkkkkkkkkkkkk

MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo