Nas decisões, a estrela fala mais alto



Qual equipe do Brasil tem Alex e Adriano no banco de reservas? O Corinthians tem. E, em reta final de campeonato, jogo decisivo, tem horas que a estrela de jogadores pesa mais do que qualquer esquema tático. A entrada do meia no segundo tempo contra o Atlético-MG, neste domingo, após apelo da torcida, organizou uma equipe nervosa, ainda mais após o gol atleticano, no mesmo minuto em que ele pisava no gramado.

O Imperador, contratado no fim de março, lesionado em abril, e com a primeira aparição só em outubro, ainda com quilos a mais e mobilidade a menos, enfim resolveu. O homem que decidiu ao lado de Petkovic o título brasileiro de 2009 para o Flamengo, fez seu primeiro gol com a camisa do Timão (ainda fora de forma), o da virada, que pode fazer o Corinthians pentacampeão neste domingo, contra o Figueirense.

Antes dos dois em campo, mais uma vez, o nervosismo era o principal rival. Os corintianos chegavam e criavam, erravam fundamentos básicos, daqueles que são treinados diariamente no CT Joaquim Grava. No primeiro tempo, não houve um único chute que tivesse chegado a Renan Ribeiro. As bolas paradas eram sofríveis, principalmente os escanteios cobrados por Willian e Sheik.

No segundo tempo, a liderança quase escapou com o gol de Leonardo Silva, em falha de marcação incrível do sistema defensivo. Dali em diante, foi só coração. Liedson e Adriano juntos, pela primeira vez. Alex e Sheik criando. Não é todo mundo que tem.



  • Cezar

    concordo….. Vai corinthians…….

  • MV.

    Alguns erros a se ajustar, ainda, mas nenhum time é perfeito, e o Corinthians mostra que veio pra ganhar!

    É agora manter a humildade, a seriedade e conquistar o caneco.

    Ramirez, agora Adriano…

    que Banco empenhado, elenco empenhado, ta com cara de time campeão!!!

    Parabens ao Tite!

    SEJA BEM VINDO IMPERADOR!!! É COM AMOR QUE OS CORINTHIANOS CONFIAM EM VOCÊ!!! O TIME DA DEMOCRACIA, DOS HOMENS LIVRES!!!

    VAI CONRINTHIAAANSSSS!!!

  • mengo

    Não é por acaso que o cara é chamado de Imperador, ele é o cara das decisões, lembram da Copa América que a Argentina com Carlito Tevez já no finalzinho já achavam que era campeã e o Imperador foi lá e acabou com a Argentina de Tevez, em 2009 ele deu o titulo Brasileiro ao Mengão ele é o cara das apostas.

  • eta time de garra e isto que faz a diferenca neste time pra frente timao!!!!

  • QUANDO TERMINAR O CAMPEONATO VAMOS COMEMORAR MUITO, MAS POR ENQUANTO VAMOS POR OS PÉS NO CHÃO .O TITE ESTÁ CERTO. NO CORINTHIANS TODOS SÃO IGUAIS NA DERROTA FICAMOS TRISTES E PROCURANDO CULPADOS E NAS VITÓRIAS TODOS SÃO HERÓIS. POR TUDO ISSO VAI CORINTHIANS, VAMOS CAMPEÃO

  • William

    O Corinthians mostrou que tem raça………
    Nem sempre raça ganha jogo, mas é engraçado, que a vitória tem mais valor quando é sofrida! Até o início do 2º tempo não jogou nada.
    Tite mostrou que conhece o elenco e que o elenco o conhece!
    Tá com cara de campeão, mas o Figueirense promete dar trabalho!
    Se o Corinthians jogar 30 minutos com essa raça, com certeza o título vem!
    É só ter calma!
    Vai Corinthians!

  • Gabriel

    VAI CORINTHIANS!!!!!

  • Vinícius

    Um time com Alex, Liédson, Emerson e Adriano não perde no Campeonato Brasileiro. Nosso rival tem Elton e Eder Luiz, com todo respeito…

  • francisco o verdadeiro

    eu vi o jogo.esse time se recusa a perder.quando o imperador fez o gol,nem acreditei na alegria.

  • João Vitor

    Realmente o time ta aprendendo com os erros e está sabendo lida com SITUAÇÕES CRÍTICAS isso ai é o que falta pra ganharmos a libertadores jogadores que saibam lidar com a pressão que vem da arquibancada acho que seria a hora do corinthians REVELAR jogadores da base pra que eles ganhem experiencia com esse elenco!!! corinthians é isso emoção,Êxtase ,nirvana…

  • kanaua oliveira

    Por isso que quem ama o corinthians, sabe que é sofrido, mais é a melhor sensação do mundo, mistura de raiva, alegria e no final o choro emocionado. Essa torcida pela TV, já arrepia, imagina lá. Aos de outros times me desculpe, mais vocês nunca vão ter essa alegria. FORÇA ADRIANO ESTAMOS CM VOCÊ.

  • JUVENTINO

    Vai ser hilário ver o timinho perder o título na última rodada no jogo contra o Palmeiras!

    • Pobre fudido

    • timão

      Ah, claro. Aí o Papai-Noel vai aparecer na sua casa montado no Elefante cor-de-rosa, dançando xaxado e resolvendo a fome do mundo.

    • Vinícius

      auhauhauahauhauahuahauahuahauha faltou o “poste sua risada”

  • DANILO

    Com a conquista do Corinthians, ficaria assim o ranking de campeões brasileiros:
    Palmeiras. 8, Santos 8, Flamengo 6, São Paulo 6, Corinthians 5, Vasco 4, Inter 3, Fluminense 3, Bahia 2, Botafogo 2, Cruzeiro 2.

  • Humberto

    É complicado explicar como jogamos nesses últimos confrontos, as vezes não acertamos passes simples, fundamentos, como foi dito no blog, porém também é inevitável não perceber quão maduros estão os nossos jogadores.

    Seja pela sequência do time em disputar vários campeonatos, seja pela qualidade dos jogadores, talvez pela persistência no sistema tático que o técnico implanta, sei lá, mas o fato é que estamos SIM com cara de campeões. Para ter cara de campeão nem sempre temos que jogar de forma épica, como fizemos contra o Flamengo, e ter sorte como contra adversários onde empatamos ou vencemos nos minutos finais. Mas esses empates, trouxeram os pontos que agora nos deixam 2 à frente do 2º colocado.

    Emfim, faltam 2 jogos, e com eles a nossa chance de sermos campeões. A torcida está fazendo a sua parte, e os jogadores também, estamos no caminho certo.

    #VaiCORINTHIANS

  • MARCIO1970

    Eu quero que o FENOMENO jogue contra o palmeiras

    Por que contra eles ja seremos campeões

    Nada como dar Moral ao nnosso R9 que gosta de fazer gols nas porquinhas
    ]
    #ESCALAR9

  • JUVENTINO

    Vinícius de Moraes sobre o Corinthians:

    Era um time muito engraçado
    Não tinha história, não tinha estádio
    Libertadores não tinha não
    Time sem raça, sem tradição

    Um belo dia quis competir
    Mas passaporte não tinha ali
    Libertadores, na ansiedade
    Só no Playstation e Memory Card

    E todo ano virou piada
    E no Twitter, só #100terNADA

    Se foi fundado por operário
    Papo de estádio, só crê otário
    Mas foi fundado com muito esmero
    Virou piada, título ZERO

    • Vinícius

      Arapiraca, Vitoria 8 x 2 Palmeiras; quando meu time está mal (faz tempo q não vejo hem?) é só olhar para o rival aportuguesado

  • JUVENTINO

    O Palmeiras é um dos dois únicos times brasileiros a ceder jogadores à Seleção Brasileira em todas as cinco Copas do Mundo vencidas pelo Brasil. O outro clube é o São Paulo.
    Na Copa do Mundo de 1974, quando a Seleção Brasileira ficou em quarto lugar, o Palmeiras cedeu nada menos do que seis jogadores para uma delegação que tinha 22 atletas. Representaram o alviverde na Copa o goleiro Leão, os zagueiros Luís Pereira e Alfredo Mostarda, o meia Ademir da Guia e os atacantes Leivinha e César Lemos. Leão e Luís Pereira eram titulares absolutos da equipe comandada por Zagallo, Leivinha participou de boa parte dos jogos e os demais foram pouco aproveitados pelo técnico, que utilizou Ademir da Guia apenas na partida que decidiu o terceiro lugar, contra a Polônia.
    O Palmeiras é um dos times brasileiros com maior participação em Libertadores. O clube disputou 14 edições da competição e chegou a quatro finais. Em 2010, depois de manter a liderança em participações desde a década de 60, foi ultrapassado pelo São Paulo, que chegou à 15ª edição disputada. Continua sendo, porém, a equipe do Brasil que possui mais gols marcados na competição.
    O Palmeiras é o único time brasileiro a liderar o ranking mensal o IFFHS, pelos meses de março, abril, maio e julho de 1999. Além do alviverde, só dois times da América conseguiram esse feito: Boca Juniors e River Plate.
    O Palmeiras conquistou três vezes o estadual e o nacional em um mesmo ano e é o único time a ter dois bicampeonatos nacionais.
    O alviverde foi o primeiro clube a ter sido campeão brasileiro de forma invicta em 1960.
    No Brasil, o alviverde foi a equipe pioneira na criação da função de treinador de goleiros. Valdir Joaquim de Moraes, que brilhou na posição de goleiro durante a época da Academia, iniciou o trabalho de aprimorar a qualidade técnica dos profissionais e de revelar novos talentos. Não por acaso, o Palmeiras é considerado um dos maiores clubes reveladores de goleiros no País. Leão, Zetti, Velloso, Marcos e Sérgio são alguns nomes de destaque na história da equipe na posição.
    O Palmeiras é o time que foi mais vezes campeão no Estádio do Pacaembu.[48] Além de realizar a partida de inauguração do estádio, contra o Coritiba, em 1940, foi também a primeira equipe a levantar uma taça de campeão no local.
    O Palmeiras foi o único time a ganhar um Campeonato Paulista vencendo todos os jogos disputados, em 1932, com 11 vitórias em 11 jogos, 49 gols marcados e 8 sofridos.
    A última conquista invicta do Palmeiras foi obtida em 1972, no Campeonato Paulista daquele ano.
    O Palmeiras detém o recorde mundial de invencibilidade jogando em seu estádio. Foram 68 partidas sem perder entre os anos de 1986 a 1990.
    Mesmo jogando apenas 34 jogos, 1919 ficou marcado na história alviverde, já que foi o ano em que o time marcou mais gols (197).
    Entre 1958 e 1969, o Palmeiras impediu que o Santos de Pelé conquistasse 11 títulos paulistas consecutivos. O Verdão ganhou os campeonatos de 1959, 1963 e 1966. o Santos ganhou em 1958, 1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1967, 1968 e 1969.
    Ademir da Guia é o jogador que mais atuou com a camisa do Palmeiras. Foram 901 partidas disputadas, com 153 gols marcados, 509 vitórias e 158 derrotas.
    O centroavante Heitor foi o jogador que mais gols marcou com a camisa do clube. Foram 284 em 330 jogos disputados. Também foi o primeiro palestrino a ser convocado para a Seleção Brasileira e o primeiro que marcou um gol com a camisa verde-amarela. O artilheiro foi ainda árbitro de futebol, e não foram poucos jogos que o Palmeiras teve como juiz seu antigo grande craque.
    Leão foi o goleiro que mais partidas disputou pelo Palmeiras. Com 617 jogos e 460 gols sofridos, perde somente para Ademir da Guia em participações com a camisa alviverde.
    Imparato foi o jogador do Palmeiras que mais ganhou campeonatos paulistas: 6 vezes, 1920, 1926, 1932, 1933, 1934 e 1936.
    Oswaldo Brandão foi o técnico que mais vezes dirigiu o Palmeiras. Foram 580 jogos, com 335 vitórias, 151 empates e 94 derrotas.
    Vanderlei Luxemburgo é o técnico com o maior aproveitamento de pontos conquistados da história do Palmeiras. Nas quatro passagens pelo clube paulistano, obteve 221 vitórias, 81 empates e 65 derrotas em 367 jogos, o que gera um aproveitamento de 67,5%. É o segundo técnico que mais dirigiu a equipe, atrás apenas de Brandão, que tem 66% de aproveitamento..[49][50]
    O argentino Di Stéfano, considerado um dos maiores jogadores da história do futebol, já vestiu a camisa do Palmeiras. Foi em 1948, quando ele jogava no River Plate e a equipe portenha, ao lado do Boca Juniors, realizou uma série de amistosos, contra Palmeiras, Corinthians e São Paulo. Os dirigentes dos clubes envolvidos decidiram fechar a passagem dos argentinos pelo Brasil com o jogo entre combinados, mas um fato inusitado é que não havia um uniforme específico para a disputa. Para solucionar o problema, os brasileiros do Trio de Ferro escolheram um uniforme todo branco para a disputa. Os argentinos de Boca e River, de Di Stéfano, que não estavam prevenidos para a ocasião, jogaram com a camisa do Palmeiras.[51]
    Mazzola, ex-atacante palmeirense, é o único jogador a jogar a Copa do Mundo por duas seleções diferentes. Fez parte do primeiro grupo brasileiro campeão do mundo, em 1958, na Suécia, e em 1962, por causa de sua ascendência italiana, disputou a Copa do Chile pela Itália.
    O Palmeiras tem um de seus ex-jogadores como personagem no Guiness Book, o livro dos recordes mundiais. Trata-se do ex- ponta-esquerda Ary Mantovani, que em 5 de outubro de 1946 marcou dois gols olímpicos na goleada palmeirense por 6 a 2 sobre a Portuguesa Santista, no Estádio Palestra Itália. Até hoje, a Fifa não tem registro de que tal feito tenha sido superado ou mesmo igualado por algum jogador em partidas oficiais entre times profissionais.
    Na época da parceria com a Parmalat, o Palmeiras foi o 1º clube a colocar atrás do local onde os jogadores e comissão dão entrevistas à imprensa, um banner com os logos dos patrocinadores e fornecedores de material esportivo. Todas equipes brasileiras copiaram o alviverde depois.
    A maior goleada do Palmeiras em jogos internacionais foi de 9 a 0. O jogo aconteceu em 24 de janeiro de 1970, numa partida amistosa contra o Guabirá, da Bolívia.

    • Vinícius

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que piada, o parmerinha…

  • joel ap silva

    PORRA JUVENTINO NÃO É POR NADA MAIS AQUI NO NOSSO BLOG PARA POSTAR COMENTARIOS O TIME TEM QUE ESTAR PELO MENOS EM QUINTO LUGAR PORTANTO VOCÊ NÃO TEM ESSE DIREITO VOLTE PARA O SEU CHIQUEIRO DECIMO SEGUNDO LUGAR ZÉ RUELA!

  • marcelo

    CÚRINTIA INVENTORES DA PARADA GAY, TIME DE MENDIGOS E FEDORENTOS DO TIETÊ, DA GLOBO E CBF, E GANGS, CONFORME O PRÓPRIO ANDRES FALOU, ESTÃO COM O DEDO NO CÚ DE MEDO DO VERDÃO!!!
    VERDÃO 1 X O GAMBÁ
    VASCÃO 3 X 0 URUBÚ
    FESTA NA COLINA E NO PALESTRA
    CHUPA MULAMBOS!!!!!!!!!!!!!!!!!

MaisRecentes

Dois gols que o time de 2015 não tomaria. Isso levará tempo…



Continue Lendo

Quatro anos da morte de Sócrates: Doutor fala da Fiel Torcida



Continue Lendo

Desmotivado e desentrosado, Timão tem seu pior jogo no BR-15



Continue Lendo