Chances quase zero para Nadal na Austrália



Todos sabem que Rafael Nadal se supera nas adversidades e é sabido que sua carreira tem uma série de problemas físicos (muitos na Austrália, que se diga de passagem!). Mas a situação do espanhol não parece nada favorável após os primeiros dias do Aberto da Austrália.

O torneio incrementou a velocidade das quadras. Seria para privilegiar ou jovens talentos ? Os locais ? Nick Kyrgios ou Federer que acabou não vindo quase que de última hora ? A última opção eu diria que é a mais provável.
 O que sabe é que tanto Nadal como Thiem e Novak Djokovic relataram e o sérvio foi além dizendo que é a quadra mais rápida que já viu nos últimos 15 anos que disputa o torneio. Ele ganhou oito vezes em Melbourne, em condições diferentes e tem como quintal da casa este torneio. Foram 26 aces dele na segunda rodada contra Tiafoe e 23 do americano. Números incomuns para o sérvio. Djokovic ainda pontuou que quem não tem um bom serviço terá que sofrer no fundo de quadra.

É o caso de Nadal. Precisaria muito de um saque potente para ter boas chances. E a situação de suas costas apresentam justo o contrário. Precisou mudar o movimento e a velocidade de seu serviço caiu em torno de 10 milhas por hora, cerca de 15 a 16 km/h tanto no primeiro quanto no primeiro serviço em relação ao último torneio no ATP Finals. Fruto de sua lesão nas costas contraída durante a quarentena. 

A sorte do espanhol é que suas primeiras rodadas são favoráveis e o caldo só promete engrossar a partir das quartas onde pode ver um Tsitsipas nas quartas e um Medvedev na semifinal. 

Para ter possibilidades, ou Nadal dá um jeito de melhorar das dores e conseguir sacar como já fez em Melbourne, no US Open e Wimbledon, ou vai se tornar mais vulnerável quando enfrentar os grandes sacadores e tenistas de maior calibre nos golpes de fundo e na devolução. 

Permanecendo como foi na estreia, suas chances serão perto de zero para levantar o tão sonhado 21º Slam. Mas Nadal é Nadal…



MaisRecentes

Djokovic, contra tudo e contra todos, mantém a coroa na Austrália



Continue Lendo

Djokovic x Medvedev. Quem tem a maior pressão na final ?



Continue Lendo

Djokonisevic



Continue Lendo