Australian Open em fevereiro ? Rio Open e gira sul-americana seriam impactados



Crescem as informações de bastidores de que o Australian Open será postergado em duas semanas e começaria em fevereiro, mais precisamente no dia 1. Jornais locais indicam que os jogadores estão sendo avisados sobre essa como maior possibilidade. A definição só deve sair para semana que vem.

Seria coerente diante dos 14 dias de quarentena pedidos pelo governo local que só permitirá a entrada dos atletas no primeiro dia de janeiro. Daria tempo para umas duas semanas de torneios preparatórios na Austrália.

A verdade é que o quebra-cabeça do calendário deve estar tenso entre tenistas, organizadores de torneios mais ATP/WTA. Qualquer peça que se mexa hoje em dia impacta nas demais.

Vamos ao exemplo. Começando mesmo dia 1, o torneio terminaria dia 14 ou 15. A gira sul-americana ficaria comprometida. Torneios de Córdoba e Buenos Aires por exemplo seriam jogados durante o Grand Slam, ou seja, chances quase que nulas de trazerem atletas de ponta.

O Rio Open seria também afetado. Começaria logo ao término de Melbourne. Qual jogador do top 10 hoje em dia daria a volta ao mundo saindo do piso duro com fuso de 14 horas para atuar no saibro pesado e calor aqui ? Dominic Thiem somente se perder cedo em Melbourne. O resto, mesmo que confirme, seria aquela insegurança para a organização. O cara confirma, mas vai depender do que fizer por lá.

Ainda temos o fator COVID-19. A doença vem crescendo na América do Sul. Sabe-se lá como estaremos daqui a menos de três meses.

Temos outros eventos que ainda seriam afetados. O forte evento de Roterdã, Nova York, Montpellier. Estariam esses pedindo alteração de data ? Ou correm o risco de serem cancelados ? O debate deve estar tenso.

Corre a notícia que Doha, na primeira semana do ano, pode ir para o fim de fevereiro fazendo uma gira junto com Dubai. O que impactaria mais os eventos sul-americanos uma vez que os qataris tem $$ para trazer bons nomes.
Sem ter certeza de nada, os tenistas estão ou terminando suas curtas férias ou já começando a pré-temporada Alguns até adiaram por uma semana o retorno aos treinos esperando uma definição. A galera daqui do Brasil que vai para a Austrália tem ainda a questão financeira. Comprar a passagem para a Austrália meio que em cima da hora não é das tarefas mais baratas.

Curtinhas:
Surgem informações de que não teríamos quali no Australian Open. Deixaria muita gente na mão. Teriam que ser ofertados torneios de menor porte como compensação. Daí podem surgir ATPs menores ou challengers maiores. Mas com igual menor dinheiro uma vez que os tops vão jogar o Slam e só sobraria a galera abaixo dos 110 do mundo.



MaisRecentes

Aberto da Austrália deveria ou não ser adiado ?



Continue Lendo

2021, o ano dos recordes para Nadal e Djokovic ?



Continue Lendo

ATP termina ano com uma bola fora



Continue Lendo