A confiança de Medvedev pode frear Nadal ?



Parece que existe um feitiço no US Open que cria uma barreira para que Rafael Nadal e Roger Federer se enfrentem. Este ano foram as costas do suíço e um punhado de chances perdidas ao longo da partida diante de Grigor Dimitrov.
De qualquer forma a final contra Daniil Medvedev é justa. Os dois que mais venceram no ano e venceram na gira da América do Norte no verão americano.

O russo nunca havia passado das oitavas de um Slam e vem enfrentando torcida contra que vem sendo amenizada nos últimos encontros, além de alguns problemas físicos. Mas como o mesmo disse está contente e até surpreso em como vem aguentando tudo. Confiança é a palavra certa. É aquele break-point contra onde vem o saque demolidor e aquela devolução firme na hora chave para quebrar o adversário.

Nadal derrotou o russo com facilidade em Montreal recentemente, mas logo a seguir Medvedev ganhou Cincinnati com virada sobre Novak Djokovic e engata 11 vitórias seguidas. Se ao mesmo tempo Daniil chega sem favoritismo para final por outro uma decisão de Slam é algo muito grande . Por isso o primeiro set é fundamental principalmente para o russo para ter chances ou dar um jogo muito bem disputado no mínimo. Uma derrota vai elevar os nervos deixando Nadal, que igual vem bem confiante, ainda maior para levantar o tetra e seu 19º  Slam.

Contra Berrettini, Nadal falhou nos break-points no primeiro set e teve uma cerca sorte aliada à luta. Jogou em vários momentos com bolas mais curtas que o italiano acabou jogando pra fora como no set-point. Berrettini teve uma porta e não conseguiu entrar. Medvedev tem a bola, tem um forehand e o backhand firmes e um saque muitas vezes imprevisível, arriscando até mesmo o segundo, e tem a confiança para aprontar na final.

E a final feminina promete ser bem disputada. Serena vem atropelando todo mundo e Andreescu muito confiante com sequência de título no Canadá e série em Nova York e uma bola bem pesada que pode medir forças contra a americana. Serena tem as memórias do ano passado em Nova York  contra Naomi Osaka e de Wimbledon onde falhou na busca pelo recorde de Margareth Court. Por isso a previsão é de um jogo apertado e não vejo favoritas.



MaisRecentes

Nadal põe fogo na briga pelo maior de todos



Continue Lendo

Final Federer e Nadal encaminhada em Nova York ?



Continue Lendo

Os sabores doces e amargos de uma épica final



Continue Lendo