Bia Maia dá um passo importante na carreira



Quarta vitória sobre um top 30, mas a primeira em um Grand Slam difícil para qualquer jogador brasileiro como Wimbledon e em cima de uma ex-número 1 , campeã de 2017 e vice-campeã de 2015.
A vitória de Bia Maia tem um significado importante que pode mudar o patamar de sua carreira. Ela passou ao longo de todo jogo por situações complicadas, quebra abaixo, várias igualdades, salvando break-points e na hora H foi mais efetiva que a experiente espanhola.
Tudo bem que Garbiñe não vive seu melhor momento, é 27 do mundo e um ano atrás estava no top 10, dois atrás era a líder, mas é muito respeitada, sobretudo na grama londrina.
Que a brasileira pegue essa confiança e embale de vez. Sua segunda rodada é acessível e vencendo chegará novamente solta contra provavelmente a número 1 do mundo, Ashleigh Barty, chance de cometer o crime novamente.
Se vencer na quinta-feira, Bia voltará ao top 100. No momento na pior das hipóteses estaria entre as 103, 105 melhores.
E seu namorado Thiago Monteiro fez um bom papel contra Kei Nishikori, mas os momentos chave se mostrou um patamar abaixo. Game de 40 a 0 para confirmar errando bolas bobas e por aí mais. Apesar disso o nível do brasileiro é suficiente para voltar em breve ao top 100 e além com a série no saibro em julho.
Curtinhas:
Thiago Wild vem de título em Montauban e uma boa vitória na estreia em Recanati, torneio challenger. Olho nele, pode ter uma semana interessante.


MaisRecentes

ATP trabalha com hipótese de dois rankings no retorno



Continue Lendo

Djocovid joga sua imagem no lixo



Continue Lendo

Catástrofe de Djokovic tem muito a ensinar na volta ao circuito



Continue Lendo