Emoções no US Open



As emoções prometem tomar conta de Nova York logo nos primeiros dias do US Open. Na abertura do torneio já teremos um Stan Wawrinka x Grigor Dimitrov com o suíço voltando a jogar bem e a revanche de Wimbledon. Rafael Nadal x David Ferrer no que pode ser o último Grand Slam de Ferrer. Para a sorte de Rafa a fase de David é tenebrosa, mas sempre é bom respeitar alguém que foi top 3 e já lhe ganhou algumas vezes.
Apesar de ter escapado de Novak Djokovic e ter para a semi um Juan Martin del Potro com problemas no punho, a chave de Nadal não é de todo o fácil. Pode pegar uma pedra no sapato, Gilles Muller, na terceira rodada ou o ascendente russo Karen Khachanov, e para as quartas Kevin Anderson que com seu saque é sempre perigoso. Nadal vai tentar defender um título de um Slam que não seja Roland Garros pela primeira vez na carreira.
Do outro lado a probabilidade é alta de um Djokovic x Federer nas quartas, a menos que Nick Kyrgios entre para valer no torneio e faça frente numa eventual terceira rodada contra o suíço. O caminho de djokovic é bem confortável até lá, o de Roger nem tanto.
Entre as mulheres, Simona Halep tem uma estreia um tanto perigosa e nas oitavas pode ter uma das irmãs, Serena ou Venus Williams, que podem se cruzar na terceira rodada. No mesmo lado da chave as sempre perigosas Karolina Pliskova e Garbiñe Muguruza, sempre devem ser levadas muito à sério mesmo em má fase.


MaisRecentes

Nem sempre se pode ganhar todas



Continue Lendo

Djokovic a caminho de recordes



Continue Lendo

Indomável, Djokovic agora postula ida ao Nº 1. Brasil tem por quem torcer



Continue Lendo