Djokovic ou Thiem podem parar Nadal ?



Não vejo como Pablo Carreno atrapalhar a vida de Rafael Nadal em Roland Garros. Pelo o que o espanhol vem jogando e o que fez neste domingo contra o competente, firme e consistente Roberto Bautista, a tendência é que Carreno siga um caminho similar uma vez que tem estilo de jogo parecido.

A atitude, solidez e confiança de Rafael Nadal estão assombrando neste Roland Garros e a vaga na semi é muito provável salve algo extra-quadra que sim pode afetar a vida de um tenista um dia ou outro.
A questão que fica projetando é: teriam Dominic Thiem ou Novak Djokovic condições de derrotar este Nadal ?
Ah em Roma o austríaco dominou o espanhol. Correto. Mas as circunstâncias eram diferentes. Na Itália o piso é mais ralo, mais veloz, Nadal vinha cansado da conquista em Madri. Paris é o quintal da casa do espanhol e o jogo é melhor de cinco sets. O nível que Thiem vem jogando também é para assustar até mesmo de quem é freguês como Djokovic.
E o sérvio ? Tirando alguns lapsos de bom tênis como nos últimos sets contra Schwartzman e o segundo contra Ramos, o natural de Belgrado vem oscilando bastante o que seria bastante complicado para superar o espanhol em batalha melhor de cinco, mas nunca se sabe.
Do outro lado da chave, Stan Wawrinka mais uma vez vem avançando e ganhando confiança do jeitinho que gosta, sem fazer alarde enquanto que Andy Murray vai ganhando mesmo que com tropeços. O excelente tênis de Fernando Verdasco leva a crer que seja favorito contra Kei Nishikori que vem sentindo o ombro e avançou no último suspiro contra o bom e jovem Hyeon Chung 0 olho nele na temporada. O problema é que com Verdasco não dá pra confiar 100%, o histórico dele fala por si só.
Entre as meninas teremos uma nova campeã de Grand Slam com as saídas de Venus, Muguruza e Kuznetsova neste domingo. Oportunidade de ouro para Halep, Pliskova e até mesmo Wozniacki realizarem sonhos. A tcheca com a final será a número 1. Joga contra ela não ter tão bons resultados no piso lento.
E quem diria Rogério Dutra Silva está nas quartas de duplas. Com um WO na estreia, duas boas vitórias e uma chave um pouco mais abertas – as quatro principais parcerias foram eliminadas do torneio – ele e Lorenzi encaram os favoritos Verdasco/Zimonjic. Dependendo da duração do jogo desta segunda do espanhol com o japonês, Verdasco pode chegar cansado e fazer com que o brasileiro sonhe com uma semifinal. Do mesmo lado da chave Bruno Soares e Jamie Murray ganharam boa partida contra bopanna e Cuevas e são favoritosa contra Santiago Gonzalez e Donald Young. Não custa sonhar com uma semi nacional.
No juvenil Thaísa Pedretti e Thiago Wild venceram e tem boas opções de avançar às oitavas. Marcelo Demoliner vem pegando gostinho pela dupla mista. Joga pela segunda vez um Slam na categoria e está nas quartas ao lado da experiente espanhola Maria Sanchez.


MaisRecentes

Federer acirra disputa com Nadal



Continue Lendo

Nadal manda recado para Federer. Halep, enfim, realiza



Continue Lendo

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo