Saindo de cena na hora certa…



A hora de se aposentar é sempre a mais complicada para qualquer atleta em qualquer esporte. Alguns optam por se retirar no ápice e surpreendem como fez Nico Rosberg na Fórmula 1 ou Marion Bartoli/Flavia Pennetta no tênis após ganharem seus maiores torneios. Outros rodam, rodam, tentam ser o que já foram, mas acabam definhando e ficando em segundo plano.

De uma forma surpreendente, mas nem tanto, difícil explicar até, Ana Ivanovic parou na hora certa. Com 29 anos, carreira feita, três finais de Grand Slam, um título, teve bons momentos em 2014, 2015, mas em 2016 as lesões atrapalharam e o romance com Bastian Schweinsteiger avançou.

É uma pena para os fãs, principalmente do sexo masculino, mas seria pior ainda ver a joga desistindo de torneios e com a possibilidade de ter outro ano abaixo da crítica para os padrões que já alcançou. Ela viu que há um limite que a impede de jogar bem, talvez até mais que a parte física. Toda a mulher chega em uma certa idade que deseja dar ênfase ao lado pessoal, ter filhos e o caso de Victoria Azarenka vira algo incomum no meio.

É o que temo para nomes como Roger Federer para 2017 e incluo Rafael Nadal no bolo. Eles pode dizer que deseja jogar mais dois, três anos, mas sabe que se tiver uma temporada com mais lesões, idas e vindas, o fantasma da aposentadoria vai crescer.

O ano de 2016 ainda tem mais três dias. Parece pouco, mas é muito para o que rolou de fatos estranhos. Foi Maria Sharapova confessando doping, Andy Murray desbancando Novak Djokovic e atingindo o topo, Roger Federer com longa parada por lesão, Victoria Azarenka retornando ao auge, parando por gravidez e pronta para voltar em alguns meses, Angelique Kerber ganhando dois Grand Slams, a zebra Monica Puig ganhando a Olimpíada. E a Argentina ganhando pela primeira vez uma Copa Davis e de forma épica. O que falta mais ?



MaisRecentes

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo

Federer, Nadal ou Zverev ? Quem é o favorito ao US Open ?



Continue Lendo