Sabor de Ouro



O domingo deveria dar duas medalhas de Ouro e mais duas de Bronze, sem prata e sem o quarto lugar.

Batalha de quatro horas na final, cansaço extremo já sentido no primeiro set depois de lutar e superar Rafael Nadal em 3h08min e uma superação imensa de Juan Martin Del Potro. Um argentino que encantou por sua determinação, paixão, humildade, beleza de jogo e busca por alternativas.
Foram quatro cirurgias no punho, três no esquerdo, idas e vindas, mais de dois anos parado no total das somas dos problemas físicos, à beira da aposentadoria, e adaptação por um backhand menos batido e com mais slices que se tornaram eficientes o suficiente para minimizar o buraco e virar também uma variação de jogo. Como o próprio disse o cara lá de cima reservava alguma coisa para ele. O Ouro não veio, mas a campanha toda em si e a partida final mostraram que a cor da medalha é apenas um detalhe no exemplo que deve ser admirado por todos, inclusive por alguns brasileiros que insistem em acreditar na ridícula rivalidade futebolística que de maneira alguma cabe para este esporte.
E que últimos 30 dias para Andy Murray. Título em Wimbledon e agora esta conquista no Rio. Não ganhou dinheiro, não ganhou pontos, pelo contrário, vai perder, mas deu seu coração pelo país e fez história como primeiro tenista a ser bi Olímpico em simples.
E o Bronze também merecia ser duplicado. Infelizmente as rodadas anteriores também balearam Nadal que mesmo assim foi lá e buscou um segundo set perdido e por pouco não abocanhou a medalha de Kei Nishikori. Mas o espanhol sai com o Ouro na dupla e mostrando que não é carta  fora do baralho pro fim de ano.
A Olimpíada teve vários jogos fantásticos e muita emoção. Infelizmente será difícil ver Nadal, Murray, Djokovic e principalmente Roger Federer para 2020. Mesmo assim que a ITF reveja alguns conceitos, melhore a programação e dê mais ênfase pros Jogos. E até que fique a dica, por que a Copa Davis não seguir um formato parecido ?


MaisRecentes

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo

Federer, Nadal ou Zverev ? Quem é o favorito ao US Open ?



Continue Lendo