Bellucci DO BRASIL



O zika apareceu pelas quadras de tênis do Parque Olímpico . Uma Olimpíada em termos zikada com zebras logo nas rodadas iniciais e franco-favoritos Serena e Novak Djokovic fora da disputa por qualquer medalha.

A queda de Serena foi ainda mais surpreendente pela atuação ruim, com 37 erros não-forçados, sacando abaixo da força que normalmente serve. Apática e seguindo sua irmã, sem dar entrevistas – mandou declarações por sua assessoria de imprensa.

O destaque do dia mesmo foi a atuação de Thomaz Bellucci não pela técnica que já conhecemos, mas pelas emoções. Incendiando a torcida, vibrando, jogando junto e na vitória dando pulos no ar. Já vimos o brasileiro jogar com a torcida, não muitas vezes, mas da forma efusiva que foi nunca antes. Terminou o jogo dando socos no ar e aclamado pelo público. Foi brilhante.

Bellucci jamais será um Fernando Meligeni, mas foi numa Olimpíada que Fininho ganhou o respeito e carinho dos brasileiro e Bellucci dá sinais que está no mesmo caminho. É a melhor notícia do dia.

O desafio nesta quarta será contra o belga David Goffin na quadra 1. Para transformar em um caldeirãozinho e respeitosamente usar a plateia que será crucial nesse duelo ainda mais difícil. Goffin tem controle de bola e contra-ataque que dificulta o estilo do paulista.

Melo e Soares fora – Durante os últimos anos se falou de Melo/Soares como favoritos à medalha de Ouro e a derrota nas quartas é um baque não só neles como nos torcedores.

De fato é uma pena. Mereciam e muito pelo que vêm fazendo no circuito e pelo coração que vinham colocando em quadra, mas pegaram uma dupla forte pela frente.

A pressão falou alto, sim, mas existe uma explicação para não jogarem juntos no circuito no ano e por Marcelo ter rejeitado um convite inicial de Bruno no fim do ano passado para retomarem a parceria. Em quatro torneios não alcançaram uma final e inclusive na Davis, onde jogavam muito bem, tiveram dificuldades contra os equatorianos.



MaisRecentes

Nadal chega em Paris com sobras. Djokovic pode brigar



Continue Lendo

Nadal não será afetado por derrota em Madri. Zverev cresce, mas precisa confirmar em um Slam



Continue Lendo

Triplo 11 de Nadal ?



Continue Lendo