Sem soluções



O ano começou como terminou, com Novak Djokovic sendo campeão e o que pode ser ainda mais alarmante para um início de temporada, arrasando Rafael Nadal.

Bom para o espanhol estar numa primeira semana do ano, mas ruim ver o sacode que levou com direito à sarro de um torcedor que dava instruções técnicas ao fim do encontro. Não jogou mal, mas poderia ter colocado bolas mais profundas e feito mais dano ao sérvio que jogou de forma muito confortável para passear sem sentir cosquinhas na decisão.
Nadal continua sem achar soluções para sequer incomodar Djokovic, sofre sua quinta derrota seguida perdendo onze sets consecutivos e com sua 16ª final seguida a temporada inicia com aparente falta de respostas dos rivais diante do soberano sérvio.
Que tenhamos um pouco de competitividade.
Curtinhas:
Thomaz Bellucci encara Aleksandr Dolgopolov em Sydney. Depois de perder mostrando os velhos erros para David Goffin em Brisbane, mais um rival complicado e que não dá ritmo para o estilo do brasileiro. Outro duro compromisso.
Teliana Pereira perdeu fácil em Brisbane para Andrea Petkovic de acordo com o placar, mas desperdiçou um caminho de break-points. Encara a atual campeã Heather Watson em Hobart, outro duro compromisso.
Nota positiva da semana foi Thiago Monteiro derrotando Rogério Dutra silva e outro duro jogo na segunda rodada após passar o quali em Mendoza. É um forte candidato a fechar o ano entre os 200 do mundo se conseguir se manter longe das lesões que o atormentam desde meados de 2014.


MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo