Carregou nas costas



Na Copa Davis se costuma rotular o definidor dos confrontos como herói da nação. Andy Murray foi muito mais que isso, não só definiu o confronto como ganhou todos os seus oito jogos de simples e mais três de duplas. Só ficou ausente de um jogo de duplas, diante dos Estados Unidos na primeira rodada.
Podemos dizer com precisão que Andy, número dois do mundo, carregou o time nas costas, ganhou a competição praticamente sozinho.
Agora todos os Big Four já possuem títulos de Copa Davis incluindo o Big Five Stan Wawrinka.
Murray se torna muito mais que o herói de uma nação não só por essa conquista, a primeira do país após 79 anos. Ele acabou com jejum de 77 anos vencendo Wimbledon em 2013 e foi campeão Olímpico também em Londres em 2012.
E agora fica aquela dúvida. Será que ele terá essa mesma dedicação para a Davis ano que vem ? É de praxe os melhores darem aquela relaxada no ano seguinte após conquistas, afinal enquanto está todo mundo de férias ou já voltando aos trabalhos, ele terá que atrasar seu descanso e preparação para 2016.


MaisRecentes

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo