Nadal não é o dono da ATP



É muito triste saber que uma entidade como a ATP tenha aceitado o pedido de Rafael Nadal para que se vete um árbitro para suas partidas por implicância e divergências de marcações dentro de quadra.

Acatando esse pedido a entidade faz jogo de cena com as novas regras que ela mesma determinou dos 25 segundos entre os pontos. Um dos motivos pelos quais Nadal reclama de Carlos Bernardes, além do episódio do Rio de Janeiro, são as seguidas advertências recebidas por não cumprir a regra. Ora, se a ATP a criou, deveria dar ainda mais crédito ao árbitro, correto ? Agora mesmo que Bernardes tenha errado na visão da entidade, que o puna no torneio, com multa ou o tirando de uma próxima competição importante. Afinal, o circuito é para todos e que eu saiba, Rafael Nadal não é o presidente da entidade para ter esse tipo de mimo, correto ?
A imagem de Nadal fica ruim para o meio, mas pior ainda da ATP que pode criar um conflito com os tenistas já que a notícia ganha repercussão mundo afora.
Curtinhas:
Carlos Bernardes já escreveu coluna para o site Tênis News o qual sou editor e o conheço há muito tempo. Nem precisava comentar sobre a pessoa que ele é, ótimo ser-humano, já que seu currículo com inúmeras finais de Grand Slam falam por si só.


MaisRecentes

Nadal aterroriza em Monte Carlo



Continue Lendo

Isner é muito mais que o saque e uma direita



Continue Lendo

O que há com Djokovic ? 



Continue Lendo