Murray virou freguês



Andy Murray fez uma nova visita na loja de Novak Djokovic que já vem ampliando suas instalações e virando um verdadeiro departamento e atingindo todos os gostos e estilos.
Foi a sétima derrota seguida do britânico para o sérvio, a terceira do ano e um jejum que já vai chegando a quase dois anos  (Wimbledon em julho de 2013). A freguesia fica mais latente em como se desenhou a partida final. O escocês fazendo o jogo agressivo necessário para tomar as rédeas da partida e perdendo chances preciosas no primeiro set. Pesou o físico no último set ? Nem tanto. Foi mental. Tomar uma quebra de cara errando seu melhor golpe, o backhand, e logo após vencer um set jogando tão bem no fim, acabou sendo um baque que teve consequências irreverssíveis, um pneu ou melhor, um chocolate de Páscoa.
Mas o problema não é só com Murray. A confiança do sérvio é tanta que, mesmo jogando mal ele vem vencendo, como fez durante todo o torneio de Miami. Quem não lembra de Rafael Nadal que tomou sete seguidas do sérvio entre 2011 e 2012 ? Pois é. Tá difícil segurar o homem.
No feminino Serena segue vitoriosa e sem adversárias. Quando quer e joga seu 70% ganha de todas. Quando está perto da capacidade máxima não tem pra ninguém. Segue batendo recordes. Agora são oito títulos em Miami e a maior vencedora de um mesmo torneio ao lado de Martina Navratilova, Chris Evert e Steffi Graf.


MaisRecentes

Nadal chega em Paris com sobras. Djokovic pode brigar



Continue Lendo

Nadal não será afetado por derrota em Madri. Zverev cresce, mas precisa confirmar em um Slam



Continue Lendo

Triplo 11 de Nadal ?



Continue Lendo