Coroado, Federer encerra a temporada com chave de ouro



Não seria justo que Roger Federer fechasse a temporada com a imagem do último domingo, desistindo de uma final importante do ATP World Finals depois de um ano tão bom para ele, não é caro amigo leitor ?
Federer merecia ser coroado vencendo a partida decisiva de um dos poucos títulos que não possuía, a Copa Davis, para um desfecho com chave de ouro neste domingo.
Foi notória sua evolução nos últimos dois dias depois de uma sexta-feira péssima. Mas Richard Gasquet contribuiu, jogou com bolas curtas, sem intensidade e ajudou Federer a ter uma boa atuação neste domingo. Mas a culpa não é dele e sim do capitão que o escalou pelo que tinha feito nos últimos confrontos na temporada. Como todos sabemos, se há opções equivalentes e o momento do tenista não é dos melhores, para que escalá-lo. Correu o risco e o resultado se viu na quadra, em simples e na dupla onde richard também destoou.
No meu entender, se tem alguém que merece uma coroação até maior que Federer no final de semana, este é Stan Wawrinka. Ganhou uma partida crucial na sexta e foi melhor do que Federer na dupla no sábado.
Como a Copa Davis não é somente a final e sim uma campanha inteira, com quatro confrontos, os louros são para os dois e mais uma vez a Davis está numa equipe de dois tenistas, assim como foi nos últimos anos com Tomas Berdych e Radek Stepanek.
A tendência agora, imagino, é que Federer volte a deixar a Davis de lado. Não para seguir outros como Nadal e Djokovic que já o fizeram e fazem recentemente, mas sim pelo seu passado na competição. Após o objetivo conquistado é mais que normal dar a prioridade ao calendário da ATP.
Se resta de consolo ao torcedor. De acordo com as regras ele terá que pelo menos estar em dois confrontos nos próximos anos para estar apto para a Olimpíada.
Curtinhas:
Recorde em partida oficial do tênis quebrado com 27.448 pessoas em Lille. Quem disse que a Davis nada importa hein ? Só ver a atmosfera que foi na França. Como é apaixonante esta competição.
Se esperavam jogos mais disputados neste final de semana. Saio um pouco decepcionado.


  • Tiago

    Fabrizio,

    O Federer jogou perfeito hoje e é graças a isso conquistou o título que lhe faltava para ser incontestávelmente o melhor tenista de todos os tempos, como o próprio Mats Willander referiu. E eu percebo porque você saiu decepcionado, não foi pelo facto de não ter havido emoção , foi pelo facto de o Roger ter ganho a Davis Cup , algo que você nunca acreditou que fosse possível. Mas lamento , ele com 33 anos continua em alta forma e isso eu acredito que assim continue para o ano. Por isso aguentem e habituem se, o Roger Federer voltou e veio para ficar.

    Cumprimentos

  • rui

    Que dizes agora Fabbrizio???? Ja estas a dar mais merito ao wawrinka para desmerecer o federer mas ja estamos habituados a isso….deves estar triste mas isso passa-te….Que falta ao federer pra ser o maior de todos os tempos?? agora tens mais é que aguentar o choque…podes ate nem publicar isto,mas nao me interessa,desde que leias ….abraço

  • eduardo

    claro que vc sai um pouco decepcionado, ver Federer vencer o único título que lhe faltava não foi muito empolgante, ne Fabrizio nadalzete kkkkkk

  • Miguel

    Federer a Lenda esse cara merece ser lembrado como o melhor do mundo. Diferente de Nadal que tem um jogo sem graça baseado no fisico e bolas flutuantes.

MaisRecentes

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo