Não convenceu. Não mereceu!



Difícil criticar quem ganha um título. Até porque no tênis a maioria esmagadora das partidas ganha quem é o melhor.  Mas hoje a conquista de Rafael Nadal ficou com aquele gostinho amargo de que, não fosse a lesão de Kei Nishikori, esse final não aconteceria. E aumenta aquele sabor de que, se cruzasse com Djokovic, Federer e Wawrinka, será que venceria ?

Nadal teve sim seus méritos. Poucos, mas teve. Soube ficar no jogo, mesmo jogando mal e tomando um passeio. Soube esperar e aproveitar sua chance provocada muito mais pela queda física e lesão do rival do que propriamente um aumento de rendimento seu. Usou a experiência e o lado mental que é sua característica mais forte.

Nadal ganhou, mas NÃO convenceu e no balanço geral, NÃO mereceu. Jogou mal, com muitos erros, bolas curtas. Provou que ainda precisa muito evoluir sua consistência de atuações para levar o caneco de Roland Garros.

Fazendo um balanço da semana e da temporada europeia de saibro até aqui vejo que o espanhol realizou apenas uma partida digna de Nadal no saibro, nas quartas de final em Madri. De resto foram alguns bons jogos e outros mais ou menos ou ruim como o desta final.

O lado positivo para ele é que ganhou um título, defendeu pontos, chegará em Paris como o número 1. Ganhar um troféu, independente de como for, alivia uma tensão, um peso nas costas que vinha com as eliminações precoces. Mas imagino que a bronca consigo mesmo e por parte do Tio Toni sejam duras com o que se viu hoje.

Por outro lado, vimos um tenista com muita confiança e qualidade do outro lado. Nishikori distribuiu pancadas, explorou o revés de Nadal com eficiência desde seu serviço, não só aguentou as trocas de fundo como teve melhores números nas estatísticas acima de nove trocas pela maior parte do encontro. Se o problema no quadril não for grave, Nishikori é um tenista favorito para chegar às finais em Paris. E que ninguém ponha desculpa que Madri tem altitude. Nishikori foi campeão de Barcelona.

 

Sharapova – Não sei se estou meio ranzinza hoje. Pode ser. Sharapova campeã em Madri. Dois torneios, dois títulos no saibro. Muito bom desempenho. Mas porque será que a musa é tão boa assim no piso para ter perdido somente para Serena Williams na superfície nos últimos anos ?

Falta especialista no saibro. Falta jogadora que saiba dar pancada, cadenciar o jogo, se movimentar bem, deslocar as rivais com qualidade e obviamente ter um mental forte. Hoje a maioria das tops no circuito se baseiam no jogo do piso duro e a maioria nas bordoadas de fundo. Quando chegam no piso lento, têm dificuldades.

O que a russa fez foi agrupar suas pancadas com maior consistência e melhor movimentação na superfície. E claro manter aquele coração enorme que tem para ganhar os jogos longos que o piso exige.

Serena não é uma especialista em minha opinião. É uma tenista que é acima das outras no geral quando está bem fisicamente. Em qualquer piso.

 

 



  • Caro! Quem entra em quadra precisa ir até o fim. Rafa sofreu a mesma coisa no AO contra o Suiço. Faz parte do jogo. Quando Nole perdeu paraRoger em MC….podemos citar inúmeros casos. Justo ou não…o resultado vale muuuito para Rafa. Vamos….

    • Osny Telles

      Maria,

      Concordo plenamente contigo. Rafa, mais do que ninguém, conhece os dois lados de uma situação como essa.
      Além disso, ele fez um bom torneio e se ele não tivesse virado no segundo set ele não seria campeão.

    • OTAVIO NEVES

      Concordo em parte – pois no AO o STAN estava jogando melhor antes mesmo da lesão do NADAL, situação bem diferente da Final de Madri/14. O K.N. merecia muito a vitória – nada contra o NADAL (que eu admiro muito). Desejo SAÚDE p/ TODOS e q/ vença o melhor – VIVA o TÊNIS…

    • Antonildo S Costa

      Ô Maria q comparação. Os tenistas muitas vezes jogam com alguma dor ou dores. Em MC o Djokovic vinha arrasando os adversários até chegar em Roger, e as dores só vieram a atrapalhar seu desempenho no 2º set, após o mesmo ter perdido o 1º. Já no AO foi bem diferente, quando o Nadal sentiu a fisgada nas costas o Wawrinka já tinha ganho o 1º set e já estava com uma quebra de vantagem no 2º, assim como no másters de madrid, no qual o espanhol estava levando um passeio do Japa, até as dores impossibilitarem o mesmo de se mover em quadra, a frase de Toni Nadal, seu treinador, resume o acontecido, de acordo com o tio de Nadal, Nishikori jogou bem melhor, e o título veio de forma injusta. Agora em Roma vai ser diferente, alguns dos principais favoritos estão de volta, e a história será outra, falouuuu!

    • daniel de souza

      MC é o que?

      • Antonildo S Costa

        Acorda Daniel, MC significa Monte Carlo, ou vc tava em dúvida pensando que era cantor de funk?

  • boa noite.voce esta ranzinza sim fabricio. você queria ver nadal ganhando com um jogo fantástico. mas as vezes isto não acontece. lembra daquela partida entre murray e djoko e o sérvio invadiu a quadra contraria e venceu. não merecia mas venceu. tudo tem seu tempo sua hora de acontecer. nishikori e como uma fruta que esta começando a amadurecer. já já ele estará no ponto e com certeza terá muitas vitorias. hoje o investimento dele foi para um set somente. ontem sofreu muito desgaste no jogo com ferrer. eu já pressentia que ele conseguiria fazer um bom jogo ate a metade do segundo set. venho acompanhando sua carreira e admiro muito ele como pessoa e seu talento para jogar. o nadal ganhou pela experiência e mental que e forte. assim que e, mas o nishikori ta chegando. que bom para nos que gostamos de tênis.

  • Ricardo Monteiro

    Em relação as mulheres Fabricio, concordo em tudo que você falou, falta uma especialista no saibro, A ultima grande jogadora na superficie, foi Justine Henin, essa brincava de jogar no saibro. Hoje não temos, Sharapova correndo para a frente é uma das coisa mais estranhas no tênis, parece que vai atropelar a rede, O Saibro sempre foi um piso dominante, Evert, Seles, Graf,
    Em 2008 ate agora tivemos 6 jogadoras diferentes campeãs, ai ja diz tudo que esta acontecendo, Abs.

  • Wanda Ribeiro

    Sou fã do Nadal, mas isto não me impede de reconhecer que ele não tem tido um bom desempenho, até mesmo no saibro. A vitória foi injusta, tanto a dele quanto a da Sharapova. Nessas horas digo sempre, “venceram mas não convenceram”. Ainda sobre o Nadal, não tenho grandes esperanças do sucesso dele em Roland Garros.

  • marcelo

    Talvez nole, mas federer e wawrinka é piada de mau gosto. Wawrinka se chegar a alguma final de master até o final da carreira ja vai ser muito e federer para ganhar do nadal só se o espanhol infartar. Acho q até de direita ele ganha do suíço. Realmente o japa estava dominando, mas temos q ressaltar q estava jogando como um louco e estava naquele dia em q tudo dá certo. Jogar assim contra o favorito é fácil. Se errar perdeu pro nadal. Então pressão zero. Mas depois q a vitória dá as caras a coisa muda. A pressão aparece e os meninos são separados dos homens. Nishikori sentiu a pressão e nesse momento qualquer coisinha é motivo. Aposto q amanhã ja esta treinando. Ou será q realmente teve uma lesão séria e terá q’parar por um tempo…rsrs. du vi do. Deu p ver q a cueca escureceu…mais um R G. O q será q vão dizer dessa vez…

    • Antonildo S Costa

      Ô Marcelo, tu ta muito desinformado, Wawrinka não só já chegou a uma final de masters como foi campeão, ta parecendo que começou assistir tênis ontem, pq duvidar de uma possível vitória do Federer sobre o Nadal? será que o tenista que a pouco tempo aplicou um pneu no espanhol naõ pode ganhar 3 sets do mesmo. E querer brincar com a contusão do japonês, fala sério, não é a toa que Nishikori desistiu de jogar o masters italiano. Vamos ver se com todos os favoritos jogando, o espanhol consegue triunfar, falouuu!

  • Junior

    O que aconteceu hoje foi a sorte que acompanha os campeões!!!

  • Pablo P

    Concordo. Rafael não jogou bem. Sua atuação foi mediana. Só ganhou, pois Nishikori lesionou. Rafael (que é um ótimo jogador, tanto que é o atual número 01), está passando por uma fase não muito boa. Recentemente se recuperou, mas (não desmerecendo seus adversários) seus adversários não eram do seu nível.
    Acredito que Rafael ainda não está bem. Prova disso, foi o primeiro Set de hoje.
    Se Nishikori não estivesse lesionado, acredito que Rafael não ganharia.
    Rafael ganhou, acumulou pontos, bom para ele. Mas acredito que não foi uma real vitória.
    Espero que volte a ser o Rafael Nadal de antes, pois faz muita falta.

  • Pablo P

    Acredito que dificilmente ganharia se Nishikori não estivesse lesionado. Rafael é um ótimo jogador, tanto que é atual número 01, mas está passando por uma má fase. Recentemente vem ganhando, mas seus adversários foram de nível inferior (não os desmerecendo). Jogar todo um torneio não é merecimento para ganhar, mas sim obrigação. Rafael ganhou, acumulou pontos, mas para mim, não foi uma vitória.

  • Caio

    A questão do jogo de hoje foi simples Maria:

    Nadal estava sendo dominado, e do jeito que estava, não ia conseguir fazer nada para impedir o triunfo de japonês.
    No caso de Djoko em Monte Carlo contra Federer o caso foi um pouco diferente: o 1º set foi 7/5 com os dois jogando muito bem. O segundo set, e talvez a partida, poderia ter sido de Nole se não fosse a lesão.
    No caso do Australian Open, apesar do Wawrinka ter vencido o 1º set, o jeito que Nadal vinha jogando não eliminava a possibilidade do jogo ir para o 5º set. Conhecemos a capacidade de Rafa reverter a ordem de um jogo.
    Porém hoje foi muito diferente. Nadal não tinha o que fazer, Nishikori jogou muito bem e anulou completamente o espanhol no saibro de Madrid. A lesão estragou sim o resultado da partida. Era óbvio que Nadal estava lutando do jeito que conseguia para tentar se encontrar na partida, mas o japonês estava implacável.
    Então a lesão, que com certeza ja devia estar lá mas ainda não incomodava o japonês, começou a ficar mais grave e chegou ao ponto do japonês ficar (quase) incapacitado de andar em quadra.
    Uma pena.
    Rafa teve seu mérito? Claro que teve, o 2º set poderia ter acabado 6/2 (assim como o pirmeiro) e a lesão poderia não ter aparecido (nunca saberemos). Rafa se manteve no jogo o máximo que pôde, mantendo seu serviço durante o 2º set (apesar da quebra no game inicial).
    Rafa é daquele tipo de esportista que prefereria jogar um outro dia essa final do que ganhar desse jeito (é o que eu acho, e gosto de imaginar que isso é verdade).

    abraços

  • Omg..parem com isto o Rafa ganhou porque foi melhor..se kei não tivesse sentido uma contusão Rafa ganharia do mesmo jeito….lembram do AO então a mesma coisa porque voc~es se incomodam tanto com o Rafa respeitem o rafa.ele ganharia de Stan tranquilamente..e hoje Kei jogou bem Rafa tentando acgar o time da bola até encontrou..ou será que acham que Kei é melhor que Rafa?vão ser despeitados nos quinto dos infernoo!

    • Antonildo S Costa

      MCR, ninguém questionou que Nishikori é melhor que Nadal, acontece que no domingo o japonês tava barbarizando, quer uma opinião acima de qualquer suspeita de fanatismo, é só ler a entrevista de Toni Nadal, mas ler mesmo, não fique com vergonha não, falou tiete!!!!!

  • Criticam, criticam e criticam o tênis do espanhol, mas este segue ganhando dos adversários em que estado for. Se o oponente está na quadra para o nível de competição é porque está apto a enfrentar de igual para igual com qualquer um. Se durante o jogo sofreu uma lesão, só lamento, deixa para a próxima. Nadal sempre eleva seu precioso tênis, entendedores do esporte sabem disso, para os Grand Slam. Tênis é aperfeiçoamento através da prática. Logo, logo o Rafa vai adquirir o momento calibrador do seu tênis. O Touro já demonstrou várias vezes, nos momentos de tensões de partidas complicadas, que sabe como reverter situações de saia justa contraposto a si, mesmo ganhando no físico. Importante é ganhar, independentemente de como estiver jogando. Esse é o espírito de um verdadeiro campeão, nunca desistir de uma partida, como sou acostumado a ver vários tenistas baixar a cabeça por estarem perdendo.

    • Antonildo S Costa

      e porque que o grandioso Nadal não conseguiu reverter o placar diante do Almagro em Barcelona, não me venha querer colocar o Nadal acima de todos, é um ótimo jogador mais tem defeitos como os demais

  • Neto

    A expectativa era a oposta, a de que Rafa esmagasse o lesionado japonês. Ver o japonês massacrar o espanhol, no saibro, foi totalmente surpreendente.
    Existia uma grande possibilidade de que o Nishikori não resistisse, por conta da lesão recorrente, e foi o que aconteceu. Até aí tudo bem, era esperado.
    O que me decepcionou não foi isso, mas sim a reação efusiva da torcida e do próprio Nadal, no momento em que o japonês sentiu a lesão. Comemorar a lesão do oponente, que teve a coragem de entrar em quadra e lutar de forma monstruosa, isso foi uma vergonha, essa torcida e esse jogador me decepcionaram bastante.

  • Sandro

    Justo! Concordo com a Maria. Eu muito duvido que o Wawrinka – mesmo jogando muito – vencesse o Nadal na final do Aussie Open.

  • Campos

    O jogo de ontem foi uma aula e uma surra no 1º set do Nishikori contra o Nadal. O 2º set estava desenrolando a continuidade do massacre do japonês, quando sentiu a lesão lombar. Com essa fragilidade Nadal começou a jogar sem as devoluções de winners de Nishikori. Sobre merecimento do Nadal é ter ficado até o fim…aguentou fisicamente. Não convenceu é fato…mas mereceu por ter suportado até o final.

  • Contagia

    Concordo com Maria. Talvez Rafael Nadal seja o jogador que mais consegue vencer jogando mal, e isso é mérito, é lutar até o fim buscando oportunidades. O mesmo ocorreu no AO deste ano, sem condições de jogo pelo mesmo motivo de Nishikori – fortes dores nas costas, deixando de disputar o torneio de Buenos Ayres. E não diga que não convenceu, porque Nadal fez um torneio bom, jogando com consistência, até que o japonês partiu para o tudo ou nada na final, tendo em vista que na semifinal estava com as mesmas dores e pedindo algumas vezes atendimento médico.
    Eu só sei é que Rafa me convenceu SIM, é um touro em busca do seu objetivo, e não precisa convencer a quem não perde a oportunidade para tirar seus méritos, até porque ele já convenceu uma legião de fãs, bem como as lendas do tênis, como observamos freqüentemente publicado neste tão importante site tenístico. VAMOS RAFA!

  • Maria Sebastiana Braga

    Porque as criticas são tão duras contra o RAFA.
    Quando , machucado , na Austrália perdeu para o Wawrinka , este foi endeusado ´por todos porque havia ganho do RAFA . Ninguém argumentou que o RAFA estava se arrastando em quadra contundido … e o grande herói da Austrália não ganhou mais nada até agora .
    O Féderer ganhou de Nole , estando este , sem conseguir movimentar o braço , no entanto só se falou da grande vitória do Féderer , e no entanto chove criticas sobre o RAFA.
    A verdade é uma só , o RAFA , já é uma lenda na história do Tenis , ninguém , na idade dele , já obteve tantos feitos gloriosos e isto incomoda de verdade.

    ” QUE SUFRAM LOS INVIDIOSOS PORQUE RAFA ÉS LO MEJOR “

    • Antonildo S Costa

      Que inveja Maria S Braga, o jogador que tu chamas de “lenda”, nunca ganhou o finals, torneio importantíssimo que reúne os oito melhores da temporada, considerado como o “quinto gram slam”, menos Maria menos

    • pedro

      “e o grande herói da Austrália não ganhou mais nada até agora”

      Ele não conquistou há poucas semanas o título de Monte Carlo, um Masters 1000, em que planeta vc vice? Depois digo que esses torcedores estéricos do Nadal são alienados mesmo… pelo jeito nao viu o torneio pq o touro caiu e esses fundamentalistas não veem outra coisa senão os jogos do Nadal. Paixão eu entendo e até me divirto com ela, acho interessante de se ver admiração e encanto por algo ou alguém, é um sentimento bonito, mas essa coisa de fanatismo não acho bacana não, é irritante na real, olha quanta insensatez… Claro que Nadal é um mito, a superação em pessoa, mas quem ama o tênis não tem mais paixão por uma figura especifica do que o esporte em si; não agride o esporte e a logica para defender um idolo, e um idolo é um ser humano, nao um Deus. Nadal tá sentindo a volta do pendulo, jogou uma temporada insana ano passado, e agora o rendimento caiu está bem nitido e era de se imaginar até pq como disse, ele é um ser humano e não um Deus… O extraordinário do Nadal é o que anda faltando para ele hoje: gás. O leque de golpes dele não é tão vasto assim, o que é vasto nele é aquela atitude desumana, comovente (dai sabemos que vem a admiração principalmente de vcs à ele) mas vc n encontra um video desses com milhares de views no youtube de highlights de efeito, grand willy, slice lob como fez Federer, um drop shot under the legs como do Nalbandian, pq não é o tipo dele, tem sim aquelas passadas animais, ralis longuissimos em que chega em todas e vc n acredita, e isso para ele é tudo, sem essa intensidade, esse diferencial, o Nadal é um jogador batível.

  • Carla

    Não estou lendo isto! e o que Rafa jogou para chegar na final não conta? Jogou maravilhosamente contra Berdich, você não viu?

    • Fabrizio Gallas

      Só esse jogo ao meu ver. Para ele é pouco.

  • Gerard

    Xiiiiiiiiiiiiiiii……ninguém concordou contigo! Bamos!

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo