Alerta laranja para Nadal. Meninas e suas chances



O sinal amarelo foi acionado com a queda cedo em Indian Wells e a atuação abaixo do esperado na final de Miami. O laranja foi ligado hoje. Errático, sem intensidade e sem brilho nos momentos chave diante de um tenista que, mesmo de qualidade, é seu freguês no saibro.

Para se ter uma noção, Nadal cometeu 44 erros não-forçados em um tempo de jogo similar ao de Roger Federer que cometeu um equívoco a mais. E o suíço jogou um set e alguns games a mais. Muito atípico.

Monte Carlo é, junto com Roland Garros, o quintal da casa do espanhol pelos números associada às condições de quadra lenta, ao nível do mar. Eram dez edições disputando o torneio e nove finais, oito títulos seguidos e só a primeira participação sem final, em 2003, quando ainda estava em formação. A derrota, por si só, já tem um peso amargo e um golpe na confiança para Nadal e também um sinal positivo para seus adversários, mas não quer dizer que todo o Reinado no piso lento estará acabado.

Chance ele tem de recuperar, mas um deslize similar a mais e a profecia de Gustavo Kuerten, de que esse ano não é de Nadal em Paris, ganhará cada vez mais força e o Alerta Vermelho de vez ligado.

Semifinais bem interessantes neste sábado. Federer abusou de perder break-points e não pode repetir tal dificuldade contra Djokovic que titubeou contra um confiante e surpreendente Garcia-lopez, mas venceu. Ferrer x Wawrinka tem tudo para ser um jogo super equilibrado.

Brasil x Suíça – Fed Cup – Desafio bom para nossas meninas a partir deste sábado em Catanduva (SP). Belinda Bencic, pelo menos nas entrevistas, parece bem relaxada e como Teliana me disse em um bate-papo no início da semana, está bem preparada para ser uma estrela.

É bom o fato da pernambucana fazer o primeiro jogo onde tem um leve favoritismo e já soma vitórias sobre Timea Backsinzky. É um jogo chave para que Paula jogue sem pressão para quem sabe surpreender. O potencial e talento de Paula é alto e em jogos defendendo o país ela mostra seu melhor, portanto se torna muito perigosa. Na minha visão o time brasileiro é forte o suficiente para passar pelas suíças e aposto em um 3 a 2 com vitória decisiva nas duplas.



MaisRecentes

Nadal chega em Paris com sobras. Djokovic pode brigar



Continue Lendo

Nadal não será afetado por derrota em Madri. Zverev cresce, mas precisa confirmar em um Slam



Continue Lendo

Triplo 11 de Nadal ?



Continue Lendo