A eterna freguesia e o fenômeno Nadal



Nadal é um fenômeno a ser estudado com muito carinho. Fenômeno de superação em todos os aspectos. Em primeiro lugar, o quanto evoluiu em termos de tênis agressivo e saque nos últimos anos para poder vencer Wimbledon e conquistar títulos no piso rápido. Em segundo lugar em como destronar e tornar freguês o que é considerado por muito o melhor de todos os tempos.Em seguida por voltar de sete meses parado e ter a temporada que teve ano passado. E agora em como conseguir obter soluções para vencer jogos e logo após jogar seu melhor tênis sofrendo com tamanha ferida provocada por bolha na mão. Se fosse qualquer outro, duvidaria que tivesse tamanha força interior para suportar tal problema. Em suma, Nadal é um animal. É um monstro.

A cada jogo contra Rafael Nadal contesto ainda mais o rótulo de melhor de todos os tempos para Roger Federer. Como pode alguém ser considerado o melhor de todos se perde de lavada (hoje 23 a 10) para seu principal rival ? Como pode alguém ser considerado o melhor de todos se não consegue ganhar do maior rival no piso preferido dele (sin Federer já o venceu no saibro, mas em Roland Garros ainda não) ?

Na minha opinião, não há e nunca haverá O MELHOR de todos, mas sim os maiores e aí sim Federer entra no pacote com Nadal, Rod Laver, Pete Sampras, Jimmy Connors, John McEnroe, Bjorn Borg, entre outros.

Os números cada vez ficam mais latentes a favor do espanhol que venceu a quinta seguida diante do suíço, a nona em onze encontros de Grand Slam – Federer não o derrota em Majors desde Wimbledon 2007. Nem mesmo as exibições incríveis no Australian Open varrendo Tsonga e vencendo bem o britânico Andy Murray puderam dar aquela confiança para Federer.

O suíço lutou, mas outra vez foi dominado pelo espanhol. Não perdeu por um placar mais dilatado pois sacou muito bem sobretudo no primeiro set. O número de break-points convertidos no jogo todo falam por si só – uma de duas chances.

Se Nadal já tinha o número para vencer Federer no início da carreira, torna hoje em da essa diferença mais gritante com sua notável melhora no piso rápido e jogo mais agressivo. O caminho para Federer é rezar para que o espanhol não esteja em seu melhor dia. E isso ficou longe de acontecer hoje.

De alento para os torcedores do suíço servem as boas atuações no torneio, mostrando que está ímpeto de voltar a vencer no circuito. Mas ainda há uma enorme barreira para que ele tenha grandes conquistas. Ela se chama Rafael Nadal.

Sobre a final. Nadal tem 12 a 0 e uma vasta experiência em finais de Grand Slam. Wawrinka vem sacando e jogando um tênis de primeira qualidade, muito agressivo. Terá que superar um provável nervosismo de uma decisão inédita de Major e evitar ficar atrás no marcador. Caso não consiga, a tendência é que toma um 3 sets a 0. Meu favorito ao título é Nadal.
Curtinhas:

Mudanças significativas no ranking para segunda-feira. Thomaz Bellucci será o 1 do Brasil com a derrota de Feijão em Bucaramanga. Diferença será de seis pontinhos.

No topo, Wawrinka passará Federer pela primeira vez. Roger deixa o número 1 da Suíça desde dezembro de 2000. Sendo campeão, Wawrinka se tornará o número três do mundo. Caso contrário, Delpo ficará no lugar. Andy Murray deixará o top 5.



  • Joel

    Concordo plenamente com vc sobre se federer é o melhor de todos os tempos, na minha opinião ele é o jogador mais técnico e tem os melhores resultados em nº porém não dúvido q o nadal passe esse nº o Federer pode ser melhor que todos mas nunca será melhor que o Nadal

    • EDIL Y. MORISSUGUI

      Assisto tenis há mais de 30 anos pela tv.
      Com certeza Federer será um jogador muito difícil de ser superado. Ao longo da carreira
      teve poucas lesões devido a forma como joga. Domina todos os fundamentos com
      muita facilidade. É impressionante a forma como efetua cada golpe. Vendo-o jogar parece fácil, porém pra quem joga sabe o quão difícil é. Além disso, estar pelo menos 11 vezes seguidas em semifinais de um mesmo slam é algo impressionante.O numeros de semanas seguidas como primeiro do Ranging, numeros de finais em Slams, numero de títulos enfim os numeros nunca mentem. Duvido que Nadal chegue aos 32 no mesmo nível que Federer.!!

  • Maria Rita

    Ah, cara… Federer ainda pode ser considerado o melhor de todos os tempos porque ainda possui o recorde de títulos em Grand Slams. Por mais que meu tenista favorito seja o Nadal, o que conta são os títulos, e não freguesia.

  • maciel

    Arrasador, humilhante, soberano etc.etc.etc…Nadal mostra a todos que ele é o tenista mais completo da história(desde que confirme seu favoristismo domingo contra wawrinka).Digo isto baseado em numeros e estatistica que ao meu ver são os que realmente ficam na historia .
    Antes havia aquele argumento válido de que a maioria dos confrontos diretos haviam sido travados no saibro mas hoje não mais, e suiço que não trema a perninha se jogarem na grama pois esta é o único piso que ainda está na dianteira.
    Para fechar só digo que federer errou uns 5 ou 6 voleios simples que alguém do nível dele definitivamente não poderia errar, triste bloqueio mental que o suíço leva enredado na alma.

    • Fabrizio Gallas

      Maciel,

      Discordo na questão de ser o mais completo. Em termos de golpes ele não é, na questão física e mental e superação e tática, ele é sim.

      • Neto

        Discordo na questão física. Djokovic é claramente mais rápido e plástico do que Nadal.

        • Pereira da Silva

          CLARAMENTE, ACHO EXAGERADO. nadal leva boa vantagem sobre djoko, no confronto direto e no número de torneios vencidos.

          • Neto

            Djokovic é mais novo e Nadal ainda iniciou a carreira mais cedo nos grandes torneios, mas os números tem favorecido o sérvio nos últimos anos, quase zerando a vantagem.
            No final de 2010 Nadal tinha 17-7 contra o sérvio. No final de 2011 caiu para 17-13.
            Hoje está em 22-17, e se não fosse pelo saibro, não teria vantagem nenhuma.

  • lina

    Olá Fabrizio, como sempre belo post.
    Sinceramente, pensei que desta vez o Federer venceria o Nadal. Mas o jogo do Federer não se encaixa com o jogo do Rafa, além da parte mental que pesou muito. Eu torci para o Federer para que ele ganhasse o 18 Slam e também para concretizar um bom retorno. Agora Fabrizio, você viu quantas passadas o Roger tomou, mamamia! Jogar subindo sempre à rede dá nisso, passada. Gosto muito de vê o Rafa jogar, ele é sempre intenso, não tira os olhos da bola, arrepia. Já que o Federer não passou, minha torcida agora é toda para ele, o touro, que vença o 14 Slam e se iguale ao Pete Sampras.
    Um abraço.

  • Wando

    Minha avaliação deste post: “Raquete de Ouro”. Obrigado.

  • Henrique

    Muito bem escrito o post, concordo com tudo, parabéns

  • Rodrigo

    Com concordo plenamente com suas palavras quando diz que o Federer não é o maior da história. As pessoas consideram o Federer o maior da história mas esquecem que, até o Nadal surgir, ele não tinha adversário a altura, por isso conquistou tantos títulos. Já o Nadal apareceu alguns anos depois e sempre teve o Federer como adversário e mesmo assim ele venceu diversos gram slams. Também no caminho dos dois apareceu o Djoko esse sim a grande pedra no sapato do Nadal.

    • Guilherme

      Não é bem por ai não Rodrigo… infantilidade dizer que o Federer não tinha rival, ele simplesmente era superior a todos os outros (outros, diga-se, que eliminavam o Nadal naquela época)… As pessoas ficam nessa disputa mesquinha de quem é o melhor (faz diferença?) e tentam diminuir a conquista dos outros pra tentar se provar, e isso é muito errado… Antes de Nadal, Djokovic e Murray, Federer encarou Hewitt, Safin, Agassi, Roddick, Philippoussis, Nalbandian, Moyá, enfim, a lista se estende (se você considera esses caras ruins, ai realmente fica complicado falar de tênis)… Federer elevou o nível do tênis e a geração que veio logo após ele começar a dominar (a geração do Nadal, Djokovic e Murray) teve como meta buscar formas de derrotá-lo… e mesmo assim demoram pra conseguir (e na prática só o Nadal conseguiu com aquele jogo de só mandar bola alta na esquerda, que é funcional, mas é muito chato de ver)… Federer sempre teve adversários de qualidade, assim como Nadal, Djokovic e Murray tb terão outros adversários fortes quando o Federer parar de jogar

      • Marcia

        É isso aí, Guilherme, disse tudo, assino embaixo. Essa mania de muitas pessoas falarem que o Federer não tinha adversários à altura e por isso conquistou tantos títulos é ridícula. Se com essa teoria de que não tinha adversários à altura, isso vem provar que realmente ele era o melhor e único, não é mesmo?
        Eu acho que é besteira ficar com essas comparações, o que temos que torcer é para que sempre tenham esses grandes campeões, que eles lutem cada vez mais para se superar e dar o seu melhor nos presenteando com grandes espetáculos, nós que admiramos esse esporte sensacional é que saímos ganhando. Cada jogador tem o seu mérito e não tem como alguém ser perfeito em tudo e não ter nenhuma falha. O mais importante é ter humildade e respeito para com os adversários.

  • ARMANDO

    alguém pode não gostar do estilo Nadal, mas é admirável vê-lo jogar, belo9 post.
    Abraços

  • rui costa

    Isto e uma vergonha de post…Fabrizio,o nadal ja tem namorada,excusas de o pedir em casamento…”se federer nao tivesse servido bem no primeiro set,o resultado poderia ser mais dilatado…” que comentario mais estupido,e se o federer servisse sempre bem como o tem feito em todo o torneio,e se o nadal servisse mal,e se a minha avõ tivesse rodas era um caminhão…por amor de Deus,vai para trolha Fabrizio…federer contra nadal sempre entra com o jogo perdido ,basta comparar os numeros de erros nao forcados de federer em relaçao aos outros jogos do suiço no torneio,e uma questao psicologica….

    enfim,vou deixar de ler os teus posts,porque nao se aprende nada de nada ,so besteira e se fores homem vais publicar este post…

    • Pereira da Silva

      rsrs ele publicou.

    • Maurício Luís

      Puxa, Rui, muito educado esse seu comentário. Educação da Sorbonne!…

      • rui costa

        Mauricio,nao tratei mal o Fabrizio,apenas achei estupidos alguns de seus comentarios…chateia ler tanta exegeraçao nos elogios ao Nadal que de fecto e um grande lutador e ate um jogador minimamente correto e desprestigiar tudo akilo k Federer ja fez…Federer tem um grande problema mental e psicologico quando enfrenta o nadal,e isso nao e de agora,ja vem de ha muito tempo,para quem viu o jogo,foi incrivel ver o numero de erros nao forçados da direita de roger,de longe a melhor pancada do suiço,para nao falar da esquerda…acrescente-se a isso a tatica de nadal jogar 90 % das pancadas para a esquerda de roger…ele simplesmente nao consegue atacar com a esquerda porque constantemente tem de bate-la ao nivel de sua cabeça…torna-se feio para o espectador mas compreede-se o nalal pois sabe k esssa tactica funciona na perfeiçao…
        Se o fabrizio se sentiu ofendido com as minhas palavras,desde ja deixo aqui o meu pedido de DESCULPAS…

        • Maurício Luís

          Rui, o Fabrizio não se manisfestou, e eu não sou advogado dele. Mas é bom saber que você se desculpou, acho que foi uma grande atitude sua.
          E parece que você não deixou de ler os posts…
          Não sou torcedor do Nadal, mas reconheço que ele dá o sangue, se entrega. Jogar lesionado e com bolha na mão… qualquer outro teria desistido.
          Mas isto não tira o mérito do Wawrinka. Só de ter vencido o bloqueio mental – primeiro contra o Djoko, e agora, surpreendentemente, contra o espanhol – já valeu tudo.

  • Marcos

    Fabrizio, bom dia. Repetindo suas palavras: ”
    “A cada jogo contra Rafael Nadal contesto ainda mais o rótulo de melhor de todos os tempos para Roger Federer. Como pode alguém ser considerado o melhor de todos se perde de lavada (hoje 23 a 10) para seu principal rival ? Como pode alguém ser considerado o melhor de todos se não consegue ganhar do maior rival no piso preferido dele”.

    Eu já postei esse mesmíssimo comentário aqui em outras oportunidades. Até mesmo me valendo das palavras de Sr. Pete Sampras que as disse.
    Não haveria como dizer que Sampras era o melhor do mundo se ele tivesse um retrospecto negativo contra o seu principal rival André Agassi, ou seja, Se Federer tem em Nadal, seu principal adversário e do qual não consegue vencer, fica em check o titulo de melhor de todos os tempos. Não se pode dizer que alguém foi o melhor de todos os tempos se não foi o melhor de SUA geração. Eu acredito que Nadal, se conquistar o AO, focará unicamente em conquistar mais Majors que Federer e assim tornar-se o maior vencedor da história e sim o melhor de todos os tempos. Eu sou mais Rafa Nadal…Vamos Rafa.

    • Neto

      Federer e Nadal não são jogadores de mesma geração, Federer tem 32, Nadal tem 27.

      • Marcos

        Neto. Como não são da mesma geração. jogaram 33 jogos e não são da mesma geração???? eles tem a maior rivalidade da história e não são da mesma geração???Cara a 10 anos eles dominam o circuito mundial e quem disse isso, não fui eu mas sim Sr. Pete Sampras. Mesma geração significa jogarem numa mesma época, num mesmo momento em grande forma e não apenas 1 ou 2 anos como por exemplo Federer no inicio e Pete Sampras ou André Agassi no fim da carreira. Esses sim são de gerações diferentes, mas Rafa e Roger são da mesma geração de tenistas, assim como Djokovic, Murray, Del Potro que mesmo com diferenças de idade ainda se enfrentam em grande estilo.

        • Neto

          Fisicamente Federer não tem a mínima chance contra Nadal e Djokovic. Só tem contra os demais por conta de um talento muito grande.
          Assista novamente o último jogo, por exemplo, e você verá que, mesmo quando está melhor na troca de bolas, muitas vezes ele não tem velocidade para acompanhar as jogadas e acaba atrasando alguns golpes, cometendo cedo o erro.
          Depois assiste um jogo dele de 2006/2007, e aí você notará a diferença de velocidade.
          O auge dele foi naquela época, o auge hoje é de Nadal e Djokovic, jogadores muito mais novos.
          Da geração do Federer foram: Roddick, Nalbandian, Hewitt, Ferrer… Alguns já aposentados.
          Os dois (Nadal e Federer) parecem ser da mesma geração por que o Nadal é um anormal e venceu seu primeiro grand slam com 19 anos, e Federer apenas com 22. Mas não podemos esquecer que em 2005, quando Nadal venceu, os grande saibristas já estavam minguando. Pra ter ideia, em 2005 ele venceu na final o Puerta, argentino que ganhou apenas 3 títulos em toda sua carreira.

          • Bernardo

            Perfeito, Neto. Resumiu exatamente o que eu penso! Federer tinha rivais sim em seu auge, só que superava todos. A decadência física de Federer, nos últimos anos, é que pesa nessa diferença gritante para Nadal. Só para dar um exemplo, Federer perde no confronto direto pro Murray!!! Que surgiu a partir de 2010!

            Enfim, vou torcer muito pra ele ganhar ao menos Wimbledon esse ano, para segurar a diferença.

    • Antonildo S Costa

      Marcos
      Você se equivocou em um pequeno, mas importante detalhe, o piso preferido de Roger é a grama

  • marcos

    Penso que enquanto o Roger for teimoso e não afastar para bater a sua esquerda, que chega alta com muito spin será impossível igualar à Nadal. Bater o backhand com uma mão na subida dentro da quadra é coisa que praticamente ninguém faz. Vamos ver o Stan, que também bate a esquerda com uma mão, só que nem sempre bate dentro da quadra, as vezes afasta para bater. Veremos se isso fará alguma diferença.

  • Aldemario Araujo

    FEDERER: a melhor técnica. NADAL: o melhor jogador.
    Sou fã do tênis.
    Trata-se de um dos melhores e mais completos esportes que existe.
    Em termos de entretenimento, cada ponto é um espetáculo.
    São dezenas ou centenas de espetáculos em cada partida.
    São quatro os fatores determinantes de uma vitória: técnica, físico, mente e tática.
    A sorte é desprezível nesse campo.
    Federer é dono da melhor técnico que já vi em quadra. Com ele, o tênis vira arte.
    Ocorre que Nadal é melhor (bem melhor) como jogador. Jogador no sentido da eficiência em buscar a vitória.
    Nadal tem técnica suficiente, físico, mental e a tática certa para bater Federar no conjunto das carreiras (o retrospecto prova isso).
    De um fã do tênis e de Federer (dentro e fora das quadras)
    De um admirador de Nadal.

    • Caio

      Tá, o Federer realmente tem lindas jogadas, mas eu acho que a técnica dele não é tudo isso que se fala não! Sempre comete VÁRIOS erros não forçados e quando é pressionado como foi hoje comete mais ainda! Não adianta nada você dar uma winner de forehand e errar as próximas 2 com erros não forçados…

      • Janco

        Caio, a técnica de Federer HOJE não é das melhores.

        Mesmo em batalhas perdidas para Nadal antigamente, o número de erros era muito menor.

        Hoje ele não tem a mesma velocidade, demora muito pra ajustar o passo, e contra Nadal tem a parte mental, onde caso ele veja que o jogo não se encaixou, ele desiste de lutar totalmente.

        Antigamente (8 anos atrás) não era assim.

        Por sinal as 2 vezes que venceu Nadal em Wimbledon, Nadal estava voando… E bom, hoje continua voando. Federer não.

  • vandenberg

    É evidente que FEDERER não é o maior da historia. Foi o maior de sua época, que foi até inicio de 2010 onde jogou o seu melhor ainda. Não se trata de Federer ser mentalmente pertubado com o Nadal, a questão é óbvia: Nadal hoje, e desde 2009, é melhor do que o Federer. Simples! Até 2007, Federer fazia frente ao Nadal, e vencer em RG o Nadal era uma questão de tempo, só que o tempo acabou. A partir de 2008, é outro Federer, assim como uma dia veremos um Nadal diferente, mais lento, menos intenso. Quanto ao jogo hoje, Federer errou demais, como sempre joga como Nadal. Veio conseguir um break só no 3° set, fala sério. Acho que Nadal deve chegar aos 17 slam de Federer sim, pois RG esse ano já é dele de novo, wimbledon acho dificil, e será favorito em Nova Iorque. Então, numa projeção, em 2015 em RG, Nadal completará 10 titulos de Slam por lá e 17 no total. Aí sim, podemos dizer que existe um possível maior da historia. Ganhou de todos, tem maior numero de slam, de master 1000, olimpiada, Davis e alguem duvida que esse animal vai ganhar o ATP Finals?

    Torço pelo Federer, mas devo reconhecer Nadal está muito perto de ser o maior da historia. Só ele pode se tornar, pois Federer nunca será considerado!

    Curtinha: Qual foi a diferença do jogo do Federer com o Nadal? Quais foram as dicas do Edberg? – Jogue do mesmo jeito que você faz sempre: Suba no forhand do nadal, volei mal, errer esquerdas a vontade, não dê curtinhas e por favor não tenha paciência. Federer precisa de alguém que não goste de perder pra treinar ele.

  • Igor Fernandes

    Fabrizio, concordo com você em muitos aspectos.
    1- Nadal é superação, raça, e determinação.
    2- Não haverá um melhor de todos os tempos, pois cada geração é diferente e não podemos comparar gerações.

    Federer é o melhor de sua geração, sem sombra de dúvidas, números e recordes mostram isso. E contra fatos, não há argumentos. Agora, injustiça da sua parte, dizer que Federer não poderia ser o melhor de todos os tempos por conta de não vencer o rival, até mesmo porque ele já venceu. Nadal não é o cara para bater o Federer, ele simplesmente tem “o jogo” para bater Federer, assim como Murray sempre teve, e Nole mudou seu jogo para isso. Nadal simplesmente é o melhor em executar esse jogo, sim ele é um monstro, joga demaaaaais, dentro do jogo dele. Não se pode nem comparar, com o numero de variações de Federer, a quantidade de recursos.

    Mas o correto é que, o recorde de slams do Federer está extremamente ameaçado. Hoje não vejo adversário para ganhar um jogo de slam contra Nadal, em nenhum piso, a não ser que Nadal esteja muito mal, ou o adversário jogue a partida da vida dele…convenhamos, coincidencia demais.

    • Igor

      Se o H2H é largo…as semanas na liderança também são.

      • ALEXANDRE Cunha

        sou super fã de Nadal e torço por ele, e acho desprezível alguém falar que ele é baloeiro, mas…nao tem ninguém pra ganhar do Nadal, e o Nole?..tão forte mentalmente, fisicamente e tecnicamente, este sim é a grande rivalidade do tenis atual, ou alguém discorda?

        • Guilherme

          Tem o Wawrinka hahaha… humildade é sempre importante (mas, como toda santa derrota do Nadal, vão dizer que é pq ele se machucou)

  • Neto

    Federer já venceu Nadal no saibro, duas vezes: Roma e Madri.
    Disputa direta não é parâmetro para nada, claramente Nadal vence Federer por conta dos estilos de cada um. O estilo de Nadal lhe dá vantagem contra (os poucos) jogadores com o estilo de Federer. Mas não dá vantagem nenhuma contra jogadores como o Djokovic, que tem um backhand de duas mãos perfeitos. Mesmo Nadal sendo mais velho e começado mais cedo que o Nole, ele já tem 17 derrotas para o sérvio.
    E o sérvio, mesmo sendo melhor que Nadal, na disputa direta, não vence tão fácil quanto Nadal, como seria de se esperar, se for pensar matematicamente/mecanicamente.
    Mas não, Nole não tem o estilo de Nadal, por isso não tem a mesma vantagem contra Federer.
    Se Nole fosse canhoto, seria muito superior à Nadal, já que tem melhores golpes de backhand e saque e é mais rápido/atlético.

    • Roberto Rocha

      Nole foi superior fisicamente a Nadal apenas em 2011, ano em que incorporou a “entidade allien” e venceu tudo!
      Atualmente, não é superior fisicamente ao espanhol, não…

  • Rafa

    Não vou ficar em cima do muro: Sampras é o maior de todos, tanto que fazia de freguês Agassi, o único que podia enfrentá-lo-lo nos saudosos anos 90.

  • pereira

    O tempo passa pra todos. Nós domingueiros de clubes sabemos jogar como o Nadal e como o Federer tb, é difícil ganhar de alguns jogadores, pois mesmo estando bem no jogo sempre o cara d o outro lado dá um jeito de ganhar.

  • jfk

    Se o Federer não puder ser considerado o maior de todos os tempos, tampouco o Nadal poderá, pois foi derrotado pelo Djokovic inúmeras vezes, isso no seu auge da carreira. O Djoko não teme o Nadal, sabe como derrotá-lo. O Federer também sabe, mas tem medo do Nadal. O Nadal derrota psicologicamente e de forma antecipada o Federer. A questão de quem é o melhor de todos os tempos jamais será respondida, pois não existe o maior de todos os tempos.Nem Laver (vencedor do Slam 2 vezes), nem Sampras, nem Federer. Mas é obvio que esses nomes e mais Nadal, Borg, McENroe, Lendl, entre outros sempre brilharão pela sua história e por ter liderado gerações e dado a sensação de que naquele momento eram imbatíveis.

    • Fabrizio Gallas

      JFK,

      Longe do Nadal ser considerado o maior de todos e não acredito que venha a ser até pelo tênis digamos mais burocrático e tático que joga. Só pontuei que o Federer não pode ser considerado o maior por não conseguir bater ser principal rival e nem vencê-lo em Roland Garros. Ainda falta ao Federer uma Olimpíada e também uma Copa Davis.

  • Thiago Vieira

    Texto horrível. Total favoritismo pra Nadal… me desculpe, mas Federer não precisa ter um head to head favorável pra ser considerado o melhor de todos os tempos, pois o estilo de Nadal é MUITO bom contra o de Federer, mas é claro que você não entende de tênis tanto quanto pensa… Federer é sim o melhor de todos os tempos, suas conquistas falam por si

    • vandenberg

      Cara, quem ganhou o jogo? Você queria que o texto fosse favorecido ao FEDERER, com essa atuação ridicula? Fala sério! Torço para o suiço, mas vê-lo jogar de uma maneira tão derrotada contra o Nadal, desde 2008 é claro, é irritante.

  • olha eu sou fã do Rafael mas quando vi as fotos da mao dele machucada fiquei desanimada. não esperava que ele ia jogar o tênis que jogou hoje. fiquei boquiaberta. nunca vi alguém com tamanha capacidade de superação nas adversidades.e uma maravilha ve lo assim. e um exemplo para todas as idades. parabéns rafa você e o cara.

  • marcelo

    Cadê aqueles que vivem criticando o nadal? Temos sim um maior de todos os tempos e se chama federer…mas assim q o nadal superá-lo, espero q os criticos de plantão recolham a lïngua e reconheçam. Ta chegando a hora. Esse ano federer pendura a raquete e nadal pode ser considerado o responsável…pode me cobrar ao final do ano. E aposto q daqui a pouco aparece um ou outro pra dizer: jogo feio, baloeiro, etc. Hahaha. Abračos.

    • Neto

      Nadal ainda não conseguiu vencer um ATP Finals. Como que ele pode ser o melhor de todos os tempos? Djokovic tem 3 já.
      Nadal só números tão bons por conta dos torneios de saibro.
      Como que um cara que venceu, até agora, 8 Roland Garros, numa época em que saibrista é jogador de chalenger, pode ser considerado o maior de todos os tempos?
      Todos os outros grandes jogadores, sem exceção, são de quadra dura, exceto o Ferrer, que não pode ser considerado grande, afinal só fez uma final de slam na carreira, e no saibro.
      Então a comparação em total de títulos é totalmente injusta, tem que levar em consideração todos os aspectos, circunstâncias, etc

      • Deco

        Neto,respeito sua opiniao mas vou discordar,,,Roland Garros todos os tops assim como em todos quatro slam,jogam,,,e nao jogador de chalenger,esporadicamente algum pode entrar pelo qualifier,mas isto e em todos grand slams e nao so em roland garros.O Djokovic quer muito ganhar Roland Garros,vive admitindo isto.Alem disto o Nadal tem numeros astronomicos no saibro,mas ja ganhou slams em todos os pisos,,,ja ganhou medalha olimpica em piso duro e ganhou 9 masters 1000 em piso duro,tirando Federer e Djokovic,ninguem tem estes numeros,..Quanto a idade que voce comentou acima,,,ela e determinante em numero de titulos porque teoricamente quanto mais velho o jogador seja ele teve mais torneios disputados e possibilidades de mais titulos…e o Nadal e onze meses e meio mais velho que o Djokovic, e jogaram 39 vezes e o Nadal venceu 22,,,o retrospecvto e favoravel a ele,,,os records do Nadal emn relacao a idade sao maiores que o Djokovic,,,campeao de sdlam mais novo, ganhou quatro slams diferentes mais novo,,,,numero de titulos de finais e etc,,,,Nao levo em consideracao o aproveitamento de titulos uma vez que o Nadal ficou ao todo quase uma ano parado por contusoes coisa qwue felizmente nao aconteceu com o Djokovic,,ou seja o aproveitamento por torneio dele e maior…Porem Djokovic e o unico do circuito que incomoda o Nadal,,,,,voltando ao passado,,,Borg ganhou muito no saibro Guilhermo Villas,,,enfim saibro faz parte do circuito,,,,e todos querem ganhar,,,Murray que nunca ganhou um titulo no saibro ja declarou que para se tornar completo precisa melhorar nesta quadra…enfim,nao sei se ganhara mas se ganhaqr a final de domingo vai ser o unico a ganhar no minimo dois slams por local com uma diferenca grande e verdade no saibro que ja mganhou oito vezes,,,o treinador do mFederer que e considerado lenda,,,ganhou seis slams,,,e se ele ganhar do wabrinka,,,igualara a ele,,sem contar os titulos no saibro……abcs

  • ROBERTO RF

    DISCORDO DE VOCE CONFRONTO DIREITO NÃO QUER DIZER NADA DE UM JOGADOR PRA O OUTRO E SIM COMO O JOGADOR JOGA E O JOGO DO NADAL É PÉSSIMO É UM RATO É UM ETERNO PASSADOR DE BOLA ,BATIDA TODA ATROFIADA DE ESQUERDA NÃO SEI COMO ELE ATÉ HOJE NÃO SE CONTUNDIU ,VER NADAL JOGANDO É UMA AFRONTA A GRANDES NOMES DO TÊNIS COMO STEFAN EDBERG ,BORIS BECKER ,LENDL ENTRE OUTROS PRO BEM DO TÊNIS TEM UM GRANDE JOGADOR QUE VAI DAR VÁRIAS SURRAS NO MERDAL E ESSE CARA É O DJOKOVIC….

    VALEU PARÇA E VAI NO YOUTUBE E VEJA OS GRANDES NOMES DO TÊNIS JOGAR AO INVES DE VER ESSE LIXO CHAMADO NADAL NATIDA ATROFIADA UM LIXO DE JOGADOR NÃO PASSA DE UM REBATEDOR DE BOLA,FORA OS DOPINS NÉ

    • Caio

      SUHAUSHUAHSUAHUSHAUHSUAHSUHAUHSUAHUSHAUSHUAHSUHUAHUSA
      Cara, seu comentário valeu minha noite, fãnzoca machucada!!!

  • Marcia Bastos

    Caro Fabrizio “Nadalete Roxa” Gallas; Vou ser imparcial. Ao contrario de vc. Nadal é de longe o mais inteligente e “jogador” da história, (ele sabe jogar e usar os golpes que tem). Roger Federer, maio “TENISTA”, jogador que joga o esporte chamado Tênis. E não parecido como Nadal…Algo parecido que dá resultados…Mas algo parecido!

  • Fabiano

    cara.. vc tá falando besteira.. já reparou q quando Federer joga o mundo para pra assistir.. com Nadal acontece o mesmo? é evidente q Rafa sabe como bater Federer e quando ele enfrenta o suiço ele joga com um algo a mais.. eu diria q Rafa e Djoko sempre jogam com um algo a mais contra Federer.. e Federer tem muita difuculdade pra enfrentar Rafa o jogo dele flui melhor contra Djoko.. pra mim Federer é um gênio e o maior de todos mas não dá pra ganhar de todos.. Rafa é um dos melhores mas não o melhor..

    • Fabrizio Gallas

      Fabiano,

      Se você acompanha meu blog, pode notar que já elogiei e sempre elogio o Federer, inclusive elogiei suas atuações nos posts anteriores. Concordo que ele é um gênio, mas pro cara ser considerado o maior tem que cumprir certas etapas que ainda não cumpriu na carreira. Quem sabe ele não venha cumprir ?

      • Fabiano

        Fabrizio,

        eu diria o seguinte.. o melhor de todos os tempos deve ser o tenista que bate todos os recordes, ganha todos os títulos e domina todos os fundamentos.. e Federer é o que mais se aproxima disso, então até o momento ele é o maior de todos..

  • Eduardo

    é lamentável, que um site como o tenis news, mantém um blog com um cara de postura ridicula, deliberadamente fã de um jogador e que não se esforça nem um pouco pra puxar sardinha pro baloeiro(Nadal), Federer tem 17 Slams! Nadal ainda tem que vencer 3( sim, Wawrinka n vai dar nem pro cheiro) Federer tem 6 atp finals! o baloeiro nenhum! Federer tem mais de trezentas semanas como numero 1! o baloeiro tem umas cento e pouca, sim, acredito que Nadal supere essa marca de Slams, mas se Federer jogar o resto do ano como hoje ele ainda vence um Slam, e mesmo que Nadal o supere nessa marca ainda teram todos os Finals de vantagem que é um torneio contra os jogadores do top 8, e mesmo que nadal supere as marcas de Federer, o suiço sempre será o ídolo maior do esporte e não um baloeiro que tem um jogo feioso e mediocre, cujo maior merito é mandar lobs na esquerda de uma mão de Federer e assim anular seu jogo, chegando ao cumulo de ter torcida contra ate no Slam que mais venceu, inclusive 5 das oito contra Federer, NÃO É PORQUE O BALOEIRO SABE ANULAR O MAIOR DA HISTORIA QUE ELE FEZ MAIS PRA HISTORIA DO TENIS QUE O MAIOR DA HISTORIA, RESPEITE O TENIS TENIS NEWS! TIRE ESSE BLOGUEIROZINHO MEDIOCRE DE CIRCULAÇÃO!

    • Fabrizio Gallas

      Eduardo,

      Não somos fã do Nadal, temos apenas nossa opinião, que é minha e não propriamente de todos que escrevem pro site. Acreditamos que pra ter um cara se ser colocado como o Melhor de Todos, além de vencer tudo, ele não pode ter um retrospecto tão ruim contra seu maior rival. E além disso, Federer não tem Copa Davis e não tem uma Olimpíada e não tem um título de Roland Garros sobre o cara que ganhou tudo no saibro. Veja bem não estou dizendo e nem disse no post que Nadal é o melhor de todos, muito longe disso, só disse que Federer não pode ser colocado como maior de todos. E ponto. Você tem sua opinião e eu a minha, eu respeito a sua e você a minha, ok ?

    • Marcelo

      O Nadal é baloeiro? Você é doido cara? O cara joga muito, pq é tão dificil aceitar isto? No ano passado, depois de ficar muito tempo de molho, o Nadal voltou para o circuito e simplesmente atropelou todos os adversarios! Ele ganhou o US open em cima do djoko.

  • Gabriela Lima

    Faço parte do grupo que tem Roger Federer como o melhor de todos os tempos, e acredito que a razão das derrotas é por ele simplesmente está no final de sua carreira enquanto Rafael Nadal está no auge. Nadal não é imbatível, apesar de toda a técnica a sua maior vantagem ao meu ver em cima dos outros adversários é o físico. No terceiro set, Nadal ainda está se sentindo da mesma forma como começou a partida. Enquanto os adversários já estão ofegantes. Roger Federer já foi capaz de vencer Rafael Nadal, hoje não mais talvez pelo físico.

  • Sou fã de Federer, Murray e Guga. Pra mim Federer é o melhor de todos os tempos. Ninguem dominou por tanto tempo no tenis. Se ele não pode ser considerado o melhor, então vamos tirar o titulo de Schumacher, de Kelly Slater, Tony Hawk, Pelé, Michael Jordan, pois todos esses chegaram ao declínio e perderam de forma vergonhosa, assim como Federer. Mas isso não apaga td que ele fez pelo esporte. O jogo dele é o mais belo de todos os tempos. Nadal é monstro também. Foi genio hoje, mesmo com a mão machucada. Mas calma lá né. Já ta exagerando nos elogios. Não estou vendo imparcialidade. Sinto muito. Gosto do blog, sim, já vivc elogiar o Federer, mas esse post passou dos limites. Mas respeito a sua opinião. Apenas discordo.

    Leia meu post no meu blog de esportes por favor, lá tem um pouco mais sobre minha opinião:
    http://blogsportworld1.blogspot.com.br/2014/01/australian-open-nadal-vs-federer.html

  • depois que nadal ganhar tudo que federer ja ganhou, vc pode falar….AGORA…..ESTILO COMO FEDERER NÃO.

    AINDA NÃO NASCEU A VACA QUE DEU A LUZ AO TOURO QUE JOGUE MELHOR QUE FEDERER….

    ELE TEM O JOGO MAIS PERFEITO QUE JA VI e ponto.

  • Mário Márcio

    Gostaria de ver a cara de todos q idolatram o Nadal, qdo daqui ha alguns anos vier a publico o doping q esse rapaz usa e sempre usou para ganhar seus jogos, não é possivel q pessoas q convivem e vivem do tenis como vc Fabrizio ignorem ou desconheçam um fato desses, sem o doping Nadal não é ninguem, seria um simples jogador balãozeiro, inumeros exemplos não faltam, Agassi, Armstrong, não e possivel ignorar fatos como por exemplo, o cara ficar parado 7 meses, depois voltar e ganhar 10 torneios praticamente seguidos, ignorar o fato de um tempo atrás vindo de inumeros vitorias ele começar a perder para jogadores q sempre venceu, e não ligar esse fato ao perigo de ser pego no exame antidoping, com toda certeza ele ja foi flagrado mas a ATP o avisou e pediu para sair de cena por uns tempos, assim como aconteceu com Agassi. É meus amigos, o mundo do esporte é sujo, os torcedores são enganados na cara mais dura possivel, reflitam sobre isso, parem de se enganar, Nadal, Ferrer, Djoko, mtos argentinos se dopam, ou vcs acreditam q o Djokovic virou um cavalo cortando o gluten da sua dieta, kkkkkkkkkkk.

    • Alison

      Boa Mario.
      Um comentário para se refletir.

  • Yan Guedes

    Fabrizio, vou falar muitas coisas repetitivas, pois já tem ótimos conteúdos nos comentários gerais. O Nadal sempre será um fenômeno, assim como o Federer, um eterno gênio. O suíço para a maioria, foi o jogador mais completo de todos os tempos (concordo). Além disso, ele recebeu, por 10 vezes consecutivas, (se eu não estiver errado), o prêmio de jogador preferido da torcida. Isso se deve ao seu grande passado e aos lampejos geniais que só ele faz. Mas, Roger tinha tudo para ser dis-pa-ra-do como o melhor tenistas de todos os tempos e bater quase todos os recordes da história do esporte. Por exemplo, Pete Sampras, foi 6 vezes (consecutivas) o melhor tenista do ano. Agora, antes de o Nadal surgir quase não era encontrado pontos fracos no jogo do natural da Basiléia. Mesmo no saibro ele jogava muito e estava sempre evoluindo, apesar daquela senhora derrota – quase 10 anos atrás – para o nosso grande e querido Guga. Quando Rafael Nadal explodiu em 2005 o derrotando na semi de Roland Garros a história começou a mudar. Nadal, ainda era um adolescente em ascensão com mais físico, concentração (o que pesa muito ainda hoje), explosão, disciplina tática e muita motivação. Apesar de tudo isso era para o suíço ter imposto sua maior experiência e talento de número 1 do mundo, ganhando pelo menos metade das partidas no saibro (não é exagero, basta lembrar aquelas porradas de batalhas épicas na areia que Federer chegou muito perto de vencer). A partir daí o espanhol logo se tornou o “Rei do Saibro”. Em 2007, Federer ainda fez uma espetacular temporada, mas já começava a titubear como na final de Wimbledon, onde quase perdeu o seu reinado na grama para o natural de Monacor, que ainda tinha fama de ser apenas jogador “saibreiro”. Apesar do grande ano, Federer já não ganhava de seus adversários com a mesma facilidade de sempre. Só uma ressalva, acho que a demissão de Tony Roche no primeiro semestre de 2007, contribuiu para sua queda de rendimento nos anos seguintes (quase sempre sem treinador). É verdade também que a mononucleose e as dores nas costas o atrapalharam, mas não justifica uma queda brusca de rendimento psicologicamente principalmente, que Roger teve. É difícil dizer também o quanto aquela derrota em Londres de 2008 para Rafael Nadal – numa batalha disputadíssima – o afetou nos confrontos diretos. Pois, no começo desse ano, os confrontos ainda estavam 8×6 para o ibérico. Antes destaco que Nadal também teve seus problemas físicos. Mas, voltando à queda de rendimento do suíço, o se que viu nos últimos anos foi ele desperdiçando dezenas de breaks, sets e match points constantemente contra qualquer adversário. Com isso, acredito que Roger Federer mais caiu de produção do que Rafael Nadal subiu de rendimento – sem tirar seu mérito. Qualquer um sabe que esses confrontos (apesar da idade e do físico serem distintos) eram ao menos para serem equilibrados. É meio óbvio, mas o psicológico continua pesando muito, e Roger não reconhece isso, ou parece não se incomodar. Os confrontos diretos podem até não pesar tanto assim, mas Nadal não está tão distante de alguns grandes recordes (Grand Slams permanência como número 1, entre outros) de Federer, que por sinal não conquistou a medalha de ouro olímpica (em simples), nunca derrotou Nadal em Roland Garros, etc. Apesar da grande sombra de Djokovic, que também não é um gênio, o espanhol, provavelmente, vai conquistar muito mais. Mas, com suas conquistas, jogadas plásticas e lindas de se ver, Roger Federer, continuará sendo para a maioria da torcida o eterno número 1 e o maior tenista da história (não dis-pa-ra-do), apesar de preguiçoso (estilo o Romário para treinar) e de não trabalhar seu lado psicológico.

  • clayton rodrigues

    Federer está entrando no final de sua carreira ….Nadal está em seu auge! …Hj nao se compara os dois , principalmente por questoes fisicas.
    Agora eu pergunto. Como estará Nadal com seus 32 anos?….Aposto que nao estará entre os vinte do mundo.
    Federer é foda , mas infelizmente nada dura pra sempre!

    • Roberto Rocha

      Como a galera que torce para o Federe reza para que nadal esteja acabado com 30 anos…rsrsrsrsrsrsrrs
      Porque sabem que, se ele chegar inteiro nessa idade, pulveriza as marcas do suíço….
      Para essa galera, um aviso: Ferrer está aí, correndo feito doido aos 30 e conseguindo bons resultados…e dizem que essa é a época de auge dos maratonistas! kkkkkkkkkkkkkkk
      Resumindo, se o joelho bichado não apitar, prevejo fortes sofrimentos para a galera federista…

  • Renato Dias

    Fabrizio, em primeiro lugar gostaria de dizer que sou leitor habitual do seu blog e normalmente concordo e/ou gosto das tuas opiniões. Muitas vezes discordo, mas respeito. Li todos os comentários dos leitores e fico admirado como alguns são passionais. Não admitem comentários desfavoráveis aos seus ídolos, como se eles fossem seres perfeitos e intocáveis. Gosto de tênis e tento assistir a todos os grandes torneios. Acho que esta discussão sobre qual o melhor jogador da história do tênis é infrutífera. É complicado comparar jogadores de épocas diferentes e de gerações diferentes. Federer está se encaminhando para o final da carreira, já passou pelo seu auge e pela idade jamais voltará a ser o mesmo jogador que já foi. Ao contrário, Nadal e Djokovic tem muito mais lenha para queimar, estão numa etapa diferente, estão no auge. A única coisa objetiva são os números. Hoje Federer tem mais títulos, mais semanas como número 1 . Mas isto não quer dizer que o Nadal não possa superá-lo nestes números. Tem potencial e muitos anos de carreira pela frente. Provavelmente, acredito, se não tiver mais problemas de lesão vai superar Federer. Gosto mais do estilo do Federer, sua técnica e elegância, mas não tem como não ver em Nadal a sua determinação, sua fortaleza psicológica e a sua evolução no decorrer da carreira, sempre melhor a cada ano que passa.

  • EDIL

    Nadal, Djocovic, Federer, sem duvidas são fenômenos de dedicação, determinação e habilidade nata.
    Acompanho o tênis mais de perto desde que Guga ganhou pela primeira vez em 97 em Rolang Garros. Assisti Ivan Lendel, Mats Vilander, Stefan Edberg, mas o nível do tênis de hoje é algo impressionante. Assitir a jogos de 5 horas e 48 hrs depois o kra jogar na mesma intensidade tem que ter muita, muita dedicação.
    Em especial NADAL, se diferencia de qualquer jogador pelo simples fato que se considera todos os dias um jogador bom, mas nunca se considera o melhor. De fato ele sempre se expressa feliz com o tenis que joga, mas nunca satisfeito. Isso fez toda diferença pra cada dia se superar e ser cada vez melhor, mesmo sendo excepcional jogador. Pode sim superar alguns recordes expressivos, como por exemplo o numero de Grand Slams de Federer.

  • Ricardo Lourenço

    Sou um torcedor do Federer, mas admiro muito o Nadal por tudo que ele faz. Para mim o melhor dos tempos é Federer mesmo tendo essa freguesia.
    O que vale mesmo é ter dois caras assim nesse esporte e na minha opinião somos privilegiados por isso, pois acredito que vai demorar muito tempo para isso acontecer novamente! Se é que venha a acontecer!

  • vandenberg

    É perda de tempo discutir sobre quem foi melhor FEDERER ou NADAL. Nunca vimos o melhor Federer (2006,2007) com o melhor Nadal (2008, 2010 e 2013). Vimos sim, um Federer em alto nível em 2006, com um Nadal crescendo no circuito. Vimos um Federer ainda em alto nivel com o Nadal já crescendo mais ainda em 2007. Já em 2008 Federer já não era mais nem sombra do que foi, já o Nadal virou um monstro (vide RG 2008). A partir daí, os confrontos entre os dois sempre teve um resultado previsível, tudo dependia do Nadal está ou não 100%. Federer ganho RG 2009 aos trancos e barrancos (Sem o Nadal), ganhou WB 2009 (sem o Nadal), ganhou o AOpen 2010 (Quase é eliminado pelo Davydenko) sem o Nadal. Ganhou WB 2012 sem o Nadal.(Quase perdeu para o Benetau) Ou seja, depois de 2007, Federer já não era mais o mesmo e só ganhou o que ganhou, porque não se deparou com o melhor da epoca. Aquele Federer acabou, assim como um dia esse Nadal vai acabar.

    • Maurício Luís

      Vandenberg, também acho perda de tempo ficar discutindo quem é o melhor. Cada um cita os números que melhor lhe convémm, puxa a sardinha pro seu lado e a polêmica não acaba nunca.
      Além disso, a coisa não ficaria só entre Nadal e Federer. Entrariam também neste balde Jimmy Connors, Pete Sampras, etc. Connors, por exemplo, tem 108 títulos. Duvide-o-dó que alguém chegue sequer perto. Além disso, realizou façanhas, como chegar à semifinal do U S Open aos 39 anos de idade.
      Enfim, é pano pra manga que não acaba mais. O pior é que nem Nadal, nem Federer, nenhum deles sabe sequer que nós existimos.
      O importante é discutir o assunto respeitando o outro. Tem um aí em cima – que eu até “elogiei” pelo “nível” de educação, que deveria ser indicado ao Prêmio Nobel da Paz… Vá ser “educado” assim lá em Melbourne!

  • Celso

    Roger Federer deveria se aposentar prá preservar a sua imagem de grande jogador que foi , agora dizer que é o melhor de todos os tempos é uma piada.Como alguém pode ser o melhor se a cada confrontro contra Nadal é massacrado impiedosamente ? Se fosse o melhor de todos já teria arranjado um jeito de vencer o Nadal mesmo q eventualmente e não passar tanta vergonha em quadra.Agora salvo as contusões q vivem a incomoda-lo, Rafael Nadal vai superar em todos os numeros o suiço e como mostra dentro de quadra superando todos e qualquer adversário , mesmo o Djokovic q já teve seu ano de ouro sabe da dureza q é enfrentar R. Nadal.De resto é esperar prá ver e fantasiar , manipular numeros prá tentar esconder a realidade cada vez mais proxima de que Rafael Nadal este sim , vai ser o melhor de todos os tempos.

  • Marcos Baylão

    Meu caro, este esporte vai muito além de números, sou um grande fã do Djokovic por exemplo, o mesmo está longe de poder ser considerado o melhor da história, muito menos superior ao próprio Nadal, embora o mesmo seja muito mais técnico, por que? porque este esporte não é matemática exata.
    Temos de levar em consideração:
    Dominância, técnica, mental, físico, momentos, adversários, feitos(títulos, vitórias importantes) e até a plasticidade em seus golpes.
    E Isso se aplica ao Federer, ele é superior ao Nadal tecnicamente, até então é superior em feitos e em questão plástica, Nadal por outro lado tem um antijogo perfeito pro Federer, é superior no mental, físico, momento e pode superar em feitos.
    Muito difícil colocar um a frene do outro, Nadal pode passar o Federer em números, mas ele jamais terá a representatividade para o esporte e será tido como o ‘mito’ que Federer foi, por alguns fatores, principalmente a facilidade e a forma sofisticada que ele joga, Nadal por outro lado mais guerreiro, esforçado e um monstro mentalmente, a maioria se identifica mais com a simplicidade com que o Federer faz coisas grandiosas.
    E sempre entraram em méritos de contestar os momentos em que os jogos ocorreram(embora eu ache que o Nadal se sobressaiu mesmo no auge do suíço..

    Enfim, é impossível fazer uma análise do melhor da história, na minha humilde opinião o Federer é o ‘MAIOR’ da história, não o melhor, apenas opinião, mas não vejo errado quem discorde, porém acho que este tipo de comparações, embora façam bem para o esporte sejam desnecessárias, por diversos fatores subjetivos que impedem que façamos uma análise 100% justa com todos os analisados..

    Abraços.

  • Janco

    Federer é considerado o maior de todos os tempos baseado em 2 números: Maior quantidade de títulos de Grand Slam, e maior tempo como número 1 do mundo (no geral e consecutivamente).

    É muito justo considerar isso. Quando Sampras foi considerado o maior de todos os tempos, olhavam apenas para isso.

    De qualquer forma, isso é apenas especulativo, e opiniões da mídia (o que inclui esse site) servem para notar se existe um senso comum.

    É a famosa história “E SE …. ?”.

    E SE, quando Federer estava em seu Auge, em 2006, 2007, jogasse contra Nadal em finais de US Open, Australian Open, Masters 1000, será que seria nessa mesma proporção de vitórias para Nadal ? Alguns diriam que sim. Outros que nunca seria assim, mas essa discussão é ótima e saudável. Enquanto Federer por anos era o melhor em todas as superfícies menos o Saibro, não travava constantemente as batalhas contra Nadal, que não chegava nas finais desses torneios.

    Porém, honestamente, hoje muita gente tenta falar que Nadal é o maior de todos os tempos porque…. Ele é o carrasco do Federer!!! E isso é uma tremenda injustiça ou “afobamento”, pois já está mais do que claro que Nadal em breve empatará com Sampras, e tem totais condições de passar de 17 Slams, e talvez também ficar como número 1 pelo maior tempo. Serve até para os fãs de Nadal.
    Não precisa ficar se baseando no confronto direto com o Federer. Tem totais condições de provar isso com os números de Nadal mesmo.

  • Jomar Romariz Xavier

    Li ate aqui todos os comentarios dos apreciadores do tenis. Uns com bom nivel outros não. Mesmo que discordemos das opiniões, devemos respeitá-las. Afinal, gostaria, se possível, de saber dos comentaristas anonimos, quais os quesitos para avaliar quem é o melhor até o presente momento no tênis; números de Slams, de Masters, ouro Olímpico, Copa Davis, tempo como nr. 1, confrontos diretos ou outros recordes. O importante que tivemos e, quem sabe, teremos várias oportunidades de assistir o classico, Federer x Nadal. Eu não assitir Rod Laver, mas quem teve a oportunidade, o consideravam, na época, o melhor de todos os tempos. Ao assistir jogos com; Connors, Borg, McEnroe, Lendl, Becker, Agassi, Sampras e Guga, passei a ser um aficionado por este esporte. Todos citados, me corrijam se eu estiver errado, foram considerados em algum momento o melhor da historia. Enfim, não existi definitivamente o melhor de todos os tempos, mas quem se destaca melhor durante algum tempo. Tomara que possamos curtir mais jogos entre Federer x Nadal. Enfim, acredito que aparecerao novos talentos, para novas discussões, pois nada é eterno. Abraços a todos.

  • marcelo

    Na boa. Qdo e q vcs vão cair na real. Novamente digo…o maior de todos os tempos e o federer e qdo o nadal superá-lo, será o maior. Não importa se vc gosta de ver o federer, qdo ele for superado vc tem q reconhecer assim como aconteceu com sampras. É a vida “boneca” . Se não te agrada, vai assistir outra coisa. Se esta na regra, não importa como vc joga. Se vc vence, esta provado q é melhor. O resto é conversa de derrotado. Conheço vc sabia…perde e seu papai diz: vc joga mto melhor, o jogo dele é feio, etc. Qta gente mimada. Esquece o colinho nenêm e seja bem vindo ao mundo real.

  • marcelo

    Acabei de ler todos os posts. Justiça seja feita fabrizio, federer é o maior de todos. Não discuto isso c ninguém e sou torcedor do nadal. Mas o q torna federer o maior é ser o maior vencedor de slams e só. O resto é palhaçada. Brasil é o país do futebol pq é penta. Schumacher hepta, e por ai vai. Ganhou a maior competição da modalidade mais vezes é o maior. Não tem choro. Acompanho o blog há um bom tempo e fico feliz em ver vc questionar a superioridade do federer. Ja te critiquei mto por idolatrar o mesmo. Rsrs. Sabemos q uma gde mudança esta próxima e entendo q vc ja esteja projetando isso. Só q aki tem mto apaixonado q vai cair em cima de vc por questionar o amado deles. Vamos deixar eles desfrutarem os 17 majors…falta pouco. E qdo nadal superar o federer, vamos ter paciência com esses pobres coitados. Será mto dificil para eles. Fico impressionado como tem gente q acha q as estatísticas do tenis são segredo. Qdo vejo idiota falando q nadal sóganha no saibro, q é baloeiro, só sabe correr, etc. Eu pergunto: será q esse idiota pensa q ninguém conhece os dados e rsultados dos jogos? Bonecas, todo mundo sabe q nadal ja ganhou slam do federer na grama, lisondra, etc. Não fica mais c esse papo de saibro. Nadal supera o federer em quase tudo…falta ser o maior vencedor de slams e pronto. Atp finals, semana como primeiro…nada disso vai fazer diferença assim como os outros recordes do nadal não fazem diferença, ou ele ja seria o maior…recorde de master 1000, medalha olimpica, golden slam, aproveitamento por jogos disputados, confronto direto contra todos os top 30( se n for top 100), maior vencedor do mesmo torneio slam e master 1000, etc. Ja viu q se n for levar os slams em consideração complica pro amado de vcs. Isso sem falar q o nadal já ficou uns dois anos parado somando seus afastamentos por lesão. Mas eu n estou aki p ficar arrumando desculp$ como vcs. Se nadal parar amanhã federer esta garantido no trono, mas se ele jogar mais uns dois anos, adeus. Teremos um nome novo no trono, agrade ou não.

    • Fabiano

      cara.. deixa a paixão de lado.. Nadal não vai ser considerado o maior de todos pq ganhou mais slans.. Federer já era considerado o melhor antes de bater o recorde de Sampras.. e pelo q sei Sampras nunca foi considerado o maior de todos e ele era o recordista.. o jogo do Nadal é mais físico e por isso ele sofre mais com as lesões.. pra mim Nadal é um monstro.. joga muito.. tem muita garra.. é um touro e um dos melhores da história.. o q ocorre entre Federer e Nadal é q Rafa sabe exatamente como vencer federer.

  • Eduardo

    MAIOR DA HISTORIA SE MEDE EM CONQUISTAS NO TENIS E NAO EM HEAD TO HEAD! EU RESPEITARIA SUA IDOLATRIA PELO BALOEIRO SE VC FOSSE MAIS UM LEITOR DO SITE E NAO FIZESSE ESSES POSTS NOJENTOS E TENDENCIOSOS! E SIMPLESMENTE RIDICULA, UMA SITUACAO DESSAS NUM SITE TAO BEM ATUALIZADO DE NOTICIAS COMO ESSE, ABRE O OLHO E TIRA ESSE CARA TENIS NEWS!

    • Maurício Luís

      Haja Deus. Mais um candidato ao Prêmio Nobel da Paz.

    • Marcelo

      Concordo com você Eduardo (inclusive com o baloeiro kkk)! Post sem vergonha este! Concordo que o Nadal algum dia possa ser o maior, mas ainda não é porque não tem o número de vitórias do Federer. Pela lógica do artigo, o Wawrinka ganhou do Nadal… cuidado! Se o Nadal virar freguês dele …. Ah tá! Os torcedores do Nadal vão dizer que o suíço só ganhou por causa da contusão … De qualquer forma, é sempre muito muito bom ver o “tênis arte” vencer o “tênis …..” (vou deixar vocês completarem). Aquelas esquerdas paralelas do Wawrinka até lembraram o Guga. Aliás, se é pra falar bobagem, dá até pra imaginar como seria Guga x Nadal. A minha opinião (e com certeza a do Guga) é que o Guga daria um sacode nele! kkkkkk

  • Helena Abreu

    Dizer quem é o melhor de todos os tempos é difícil porque as épocas são diferentes. O Nadal pode levar vantagem no confronto direto, mas mesmo que passe o Federer em alguns números, não se pode dizer jamais que Nadal é o melhor de todos os tempos ou o mais completo. Pode ser o mais forte física e mentalmente, vencedor e lutador. Essas contusões que o Nadal sofre é porque o seu tênis é com muito esforço, se alguém tentar bater como Nadal não vai conseguir, e cá pra nós é eficiente, mas muito feio. Tb é interessante que todos um dia jogam mal, perdem a intensidade e só o Nadal é que não? Acho suspeito. Parar por 7 meses sem jogar por problemas no joelho e voltar fulminando como se nada tivesse ocorrido? Acho muito estranho. Já Federer tem uma técnica fantástica, no momento não é tão eficiente e regular, mas não se pode tirar os méritos de Federer, em todos os lugares onde ele joga a torcida o adora, até em Roland Garros onde o Nadal é o máximo, a preferência do público é o Federer.

  • Damasceno

    O Wawrinka derrotou o Nadal e ganhou o AO. O Murray ano passado também ganhou um Major, lá atrás o Del Potro Também ganhou um Slan. Sem falar no Djocovic que já ganhou vários. E penso que um Berdch não tarda em ganhar o seu. Falo isso porque que hoje vejo maior competitividade daqui por diante. Tem muita gente boa e jovem chegando. Impressionante como ainda tratamos o tênis, especialmente quando o assunto é grand slan, como se fosse propriedade exclusiva de Federer e Nadal.

  • maciel

    Onde está o post do triunfo de wawrinka???se fosse o oposto não demoraria nem 3 HORAS já viria aquela babação enaltecendo Nadal… por favor fabrizio seja imparcial!abraço.

    • Fabrizio Gallas

      Maciel,

      Está no ar, só ver os últimos posts caro amigo…

MaisRecentes

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo