Nadal por R$ 60 ou R$ 90 no Rio de Janeiro. Nada mal…



“Queremos a arena cheia todos os dias, o sucesso do evento é ter a arena cheia”, diz Márcia Casz, organizadora do torneio Rio Open que teve detalhes de ingressos definido nesta terça-feira em coletiva de imprensa.

Os bilhetes variam de R$ 20 até R$ 350 e começam a ser vendidos a partir do dia 13. De acordo com a organização, já começou uma pré-venda para clientes Itaucard e Claro HDTV. Os valores são:

Segunda e Terça-feira:
– Cadeira Lateral diurno: R$ 20, 00
– Cadeira Lateral noturno: R$ 60, 00
– Cadeira Fundo de quadra diurno: R$30,00
– Cadeira Fundo de quadra noturno: R$70,00

Quarta e Quinta-feira:
– Cadeira Lateral diurno: R$ 30, 00
– Cadeira Lateral noturno: R$ 90, 00
– Cadeira Fundo de quadra diurno: R$40,00
– Cadeira Fundo de quadra noturno: R$100,00

Sexta-feira:(sessão única)
– Cadeira Lateral: R$140,00
– Cadeira Fundo de quadra: R$ 170,00

Sábado:(sessão única)
– Cadeira Lateral: R$280,00
– Cadeira Fundo de quadra: R$ 310,00

Domingo:(sessão única)
– Cadeira Lateral: R$320,00
– Cadeira Fundo de quadra: R$350,00

* Meias entradas estarão disponíveis a compra de acordo com os dispositivos da lei federal.

** Idosos acima dos 65 anos e crianças terão direito a gratuidade, também conforme disposto dos Estatutos vigentes.

As sessões diurnas começam às 10h e o último jogo por volta das 15h e as noturnas começam às 16h30. Serão três jogos de destaque para cada sessão.

Fazendo uma breve avaliação, imagino que para ver pelo menos Rafael Nadal, o número 1, jogar uma vez na capital carioca, será preciso desembolsar R$ 60 ou R$ 90 e para ver dois jogos do espanhol entre R$ 150 e R$ 180 (lembrando que o valor é para quem não possui a meia-entrada). Em uma chave de 32 jogadores o tenista estreia na segunda, terça ou na pior das hipóteses na quarta. Pelo próprio preço dos ingressos e a magnitude de um jogador como Nadal, não dá para imaginar que Rafa jogue numa segunda-feira na sessão diurna.

Sendo assim, os preços para ver uma atração como Nadal estão acessíveis. Hoje em dia se paga valor maior que isso para acompanhar shows/grandes eventos nas maiores cidades do país. Sendo assim é de se imaginar que as arquibancadas estarão bem cheias ao longo da competição. Nada mal.



MaisRecentes

Nadal aterroriza em Monte Carlo



Continue Lendo

Isner é muito mais que o saque e uma direita



Continue Lendo

O que há com Djokovic ? 



Continue Lendo