Federer tem ATP Finals ameaçado. Briga boa



Chega o fim de ano e o foco pós US Open é a briga pelo ATP World Finals que este ano promete ser acentuada, ainda mais agora com a abertura de uma vaga a mais por conta da desistência de Andy Murray.

Garantidos estão Rafael Nadal, Novak Djokovic e David Ferrer. Juan Martin Del Potro com mais duas vitórias estará lá dentro e mesmo que não garanta a vaga esta semana restaria algo como 400, 450 pontos. Tomas Berdych também está com certo conforto tendo que marcar cerca de 600, 700 pontos para se garantir.

Dele pra baixo a briga já está sendo ponto a ponto, partida a partida pelas três vagas restantes, eu diria. São cinco tenistas com ótimas chances. Roger Federer se complicou com a derrota desta quinta-feira para Gael Monfils. Será ultrapassado por Stanislas Wawrinka e ficará pelo menos na oitava posição do ano e corre o risco de ficar em nono caso Jo Tsonga alcance a final do torneio chinês. O nono posto é a posição limite de classificação hoje em dia e o torcedor do suíço pode respirar que esse seria o limite para ele esta semana.

O problema é que Federer já em tropeçando demais e não pode mais vacilar. Terá 3145 pontos com Richard Gasquet e Milos Raonic logo atrás com 2960 e 2770 (Tsonga tem 2830 e pode somar ainda na semana).

De Raonic pra baixo o buraco é mais profundo. Tommy Haas, John Isner, Nicolas Almagro e Fábio Fognini precisarão muito de super resultados nos últimos torneios europeus do ano. Eles correm por fora.

Segue aqui o ranking do ano com os resultados desta quinta-feira:

1 – Rafael Nadal 11490

2 – Novak Djokovic 8790

3 – Andy Murray 5790

4 – David Ferrer 4990

5 – Juan Del Potro 4000

6 – Tomas Berdych 3800

7 – Stanislas Wawrinka 3150

8 – Roger Federer 3145

9 – Richard Gasquet 2960

10 – Jo Tsonga 2830

11 – Milos Raonic 2770

12 – Tommy Haas 2265

13 – Nicolas Almagro 2110

14 – John Isner 2060

15 – Fabio Fognini 1965



MaisRecentes

Nadal de outro planeta. O Adeus da Rainha Maria Esther Bueno



Continue Lendo

Pode Zverev segurar Thiem ? Djokovic comendo pelas beiradas



Continue Lendo

Nadal com caminho mais aberto. Bellucci regrediu



Continue Lendo