Nadal muda o cenário para o US Open



Desde que se destacou no circuito, Rafael Nadal NUNCA conseguiu jogar bem em Cincinnati. Os joelhos desgastados pelo fim da temporada, o cansaço do Masters anterior, no Canadá, e a quadra mais veloz de toda a temporada americana sobre o piso rápido.

Mas Nadal contrariou tudo e a todos. Se não bastasse o título em Montreal, foi lá e ganhou Cincinnati, seu calcanhar de aquiles, batendo John Isner na final, em dois tie-breaks. Isner não tem o ranking de Djokovic ou Murray, mas pergunte a algum destes e do circuito inteiro o que eles acham de enfrentar o americano numa quadra dessa estirpe ? Certamente ninguém gosta.

São três títulos em três torneios jogados no piso duro com 15 vitórias e NENHUMA derrota. Vitórias contra Djokovic, Federer (duas vezes), Del Potro, Berdych (duas vezes), Isner, Dimitrov, Raonic, entre outros. O único que Rafa não enfrentou nessa saga foi Andy Murray.

Se as dúvidas pairavam há duas semanas sobre as condições de Nadal para até ir bem no US Open, as respostas foram dadas pelo espanhol mudando o cenário do favoritismo para Nova York. Se me baseasse apenas nos resultados das duas semanas, colocaria ele como favorito destacado, mas sabemos que não funciona bem assim, que Djokovic e Murray, por exemplo, vão chegar babando por uma boa campanha e que Federer volta a ter condições de uma boa campanha.

Mas a confiança e a qualidade do tênis jogado com agressividade e bom saque deixam o espanhol um pouco a frente na busca pelo último Slam da temporada.

Quero ressaltar a evolução notória de Isner. Não é de hoje ou da semana. Há uns dois anos que ele vem com ótimos resultados e cada vez mais temido pelo seu serviço e boa direita. A movimentação, para um tenista de 2,06m, é muito boa e o coração é enorme. Está chegando a hora do americano ter um bom desempenho nos Majors e agora pode ser a hora. No US Open Series ele fez final em Washington e Cincinnati e ganhou Atlanta.

GAME Tennis Tipping US Open – Falando no Grand Slam, no Fórum do Tênis News já estão abertas as inscrições pro Fantasy do do último Grand Slam do ano valendo uma camisa Adidas do Raquete Mania (http://www.raquetemania.com.br) que foi usada este ano por Jo Tsonga e Thomaz Bellucci.

O game é simples, você se cadastra no Fórum, se inscreve no torneio com “Dentro de Simples” ou “Quero jogar simples”, olha ao longo da semana se está ou não dentro da chave principal baseado nos inscritos (a chave é de 128)  e aguarda o sorteio da mesma iniciando seus palpites até a hora do primeiro jogo. Os palpites devem ser enviados por Mensagem Privada para os managers do torneio. A cada dia ou rodada você enfrenta um colega do fórum e vai avançando na chave do Grand Slam.

Quem vencer as sete partidas leva o título, soma 2 mil pontos no ranking e possivelmente leva a camisa que está em jogo desde o Masters de Montreal. Quem somar mais pontos desde Montreal até o US Open ganha o prêmio.

O game não para por aí. Os cinco melhores ao fim do ano levam cinco super prêmios como raquete e rauqteiras de Djokovic, entre outros.

O endereço do Game no Fórum é este – Clique Aqui e confira!

Feminino – Título surpreendente de Azarenka após perder um primeiro set jogando mal. Dá um saborzinho a mais pro US Open que tinha uma clara favorita. Agora não tem mais.

Curtinhas:

Nadal vira número dois do mundo e será o cabeça 2 do torneio. Só pode enfrentar o sérvio numa eventual final e ficará com Murray ou Ferrer para a semi. Federer estará solto para qualquer um destes quatro nas quartas.

O espanhol tem duas possibilidades de ser o número 1 ao fim do US Open. Se vencer o torneio e Nole parar até a semi, ou se fizer final e Djokovic parar até as oitavas.

Bellucci vai treinar por cinco dias na Academia de Nick Bolletieri, em Bradenton, Flórida, a mesma que formou Maria Sharapova e Tommy Haas. Ele continua com Daniel Orsanic que viajou com ele. É apenas uma experiência já que a academia é da IMG, parceira da IMX, sua nova agenciadora.

Teliana segue aguardando pela última desistência para entrar no US Open. O quali será sorteado nesta segunda e começa na terça-feira. Precisa dessa baixa em mais dois dias.



  • lucas

    fabrizio concordo com o seu blog a exceçao de uma coisa .disse que a quadra de cincinnati era a mais rapida quadra americana mas o us open é ainda mais rápido não acha?

    • Fabrizio Gallas

      lucas, discordo, us open é um tantinho mais lento

  • Carla

    Nadal está sobrando! Ganhará o US Open e voltará a ser n 1.

  • diego

    Parabéns ao Nadal, o touro está jogando muito. No entanto, será difícil manter essa conduta fantástica. Nole e Murray estão com muita cede. Federer, talvez seja um coadjuvante, isso poderá ajudá-lo, principalmente se pegar o Ferrer nas quartas. Já Pensou o Nadal pegar o Del Potro nas quartas, Murray na semi? A final será entre Murray e Federer, dependendo da chave é claro! GO FEDERER!

  • Dyego

    De verdade, não suporto nadal,mas nem por isso posso me iludir e dizer que o fabrizio está errado.O nadal só não enfrentou o murray,mas convenhamos que o britânico tem uma certa dificuldade contra espanhois, qualquer um espanhol dá trabalho pro andy,chega a ser irritante(pra mim,que sou fã dele),e nadal que é um grande jogador então nem se fala,desafio moooonstro pro murray…mas como fã aposto em murray com certeza nesse us open, mas como um espectador que entende um pouco de tênis,tenho minhas dúvidas e sei que os 3 primeiros do ranking são os verdadeiros favoritos(desconsidero o federer, porque não sei se o físico aguenta um slam, jogo de 5 sets e quando pegar os top 3 serão jogos longos e cansativos)..mas agora uma pergunta de torcedor fabrizio..essa queda de rendimento do murray nessas 2 semanas é preocupante, ou é apenas aquele negócio da curva de rendimento,que o ápice será no us open?

    abraço

  • Independente do Us Open, nada será 1º do Ranking ainda este ano é apenas questão de tempo, Djokovic tem muitos pontos a defender até o fim do ano, já Nadal não defende nada. ele ta jogando muito, talvez esse seja o melhor momento de sua carreira ele é o Homem a ser batido no Us Open, acredito que só Djokovic pode tirar o Titulo do Nadal.

  • Giacomo Perovano

    eu tinha lido no começo da semana passada que a teliana estava por uma desistência p/ entrar na chave principal. com a aposentadoria da bartoli, ela conseguiu entrar ou não?

    • Fabrizio Gallas

      Giacomo,

      Segue a uma desistência, precisa dela até amanhã

  • Vejo um Nadal bastante superior a qualquer outro. Duma coisa tenho certezas, se competir no US Open, não será autor de uma surpresa negativa, a perder ou é com o Djoko ou ganha o torneio!

  • Leonardo Rodrigues

    Rafael Nadal passará dificuldades na primeira rodada, mas vai avançar(sempre acontece isso nos grandslams). Acredito que o espanhol possa chegar na final. Vai depender muito da chave. Se tiver Federer ou DelPotro e Murray do mesmo lado e enfrentar um apos o outro vai ser difícil Nadal ser campeão, pois vai chegar na final bem cansado.
    O mesmo pode acontecer com Djokovic se pegar uma chave difícil.

  • marcelo

    Sou torcedor do Nadal e ja imaginava sua aposentadoria…mas contrariando a tudo e todos, eis q ele ressurge e volta a jogar o tenis q o tornou um dos maiores de todos os tempos. Nole continua um monstro e, para mim, é o único q consegue jogar no mesmo nivel. Federer perde a cada dia a oportunidade de’pendurar a raquete…triste ver o maior vencedor de todos os tempos despencar ranking abaixo. Se continuar insistindo em jogar, vai acabar manchando sua bela carreira, terminando seus dias de tenista profissional como café c leite…dizem já ser seu apelido entre os colegas de profissão. Q venha us open…

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo