Nadal dá a resposta e pode ser Nº 1 após o US Open. Bruno Soares brilhante



“Este talvez seja o primeiro ano onde Nadal tem um melhor recorde no piso duro que no saibro”. Palavras de Milos Raonic na cerimônia após a final de Montreal.

Ele não deixa de estar errado. Nadal venceu TODOS os jogos no piso duro. Disputou apenas dois, Indian Wells e Montreal, onze partidas. Mas todo Masters é difícil e Nadal ganhou de Roger Federer, Tomas Berdych, Juan Del Potro, Raonic e do todo poderoso Novak Djokovic.

Rafa dá mais uma resposta para quem duvidava que ele não faria nada no segundo semestre após a queda preococe em Wimbledon. De cara, no primeiro torneio, conquista o título e derrota Djokovic na semifinal, adversário pelo qual havia perdido as últimas três no piso duro (com recorde contra de 11 a 6). E com todos os méritos, jogando um tênis agressivo, com bolas fundas, esquerda confiante e o saque bem acertado.

Cincinnati costumeiramente não é um torneio muito bom para Rafa. Além de chegar mais cansado, a competição tem um piso mais rápido que não favorece seu jogo. A chave por lá está bem dura para ele com Federer nas quartas e Murray na semi. Mesmo assim, Nadal ganha força e confiança para uma boa campanha e surge, ao lado de Djokovic e Murray, com ótimas possibilidades para levar o US Open.

E como disse no meio da semana. Nadal se mostra ainda melhor posicionado para ser o número 1 do mundo ao fim do ano. Não defende pontos, irá ao 3º lugar com 7800 e venceu um jogo capital tirando 640 pontos de Novak Djokovic.

Na prática ele reduzirá em 1640 a desvantagem pro sérvio e pode assumir a ponta até depois do US Open caso vença Cincinnati e o Grand Slam de Nova York e o sérvio faça no máximo quartas e semis nas competições (em qualquer ordem). Difícil imaginar estas hipóteses, mas o sérvio está bem pressionado e o espanhol numa ótima posição para roubar a liderança até o fim do ATP Finals.

Mais interessante é o retrospecto de Nadal contra seus maiores rivais. Contra Federer 20-10, contra Djokovic 21-15 e Murray 13-5.

Bruno Soares brilhante. 1º título de Masters 1000 para Bruno Soares. Muito merecido. Derrubou Andy Murray na grande final e ganhou de duplas de qualidade na semana. Um título que resume a temporada sensacional da dupla com Alexander Peya e conquista que só aumenta confiança para o que está faltando no currículo, um Grand Slam e a sonhada vitória contra os irmãos Bryan.

De quebra, Bruno será o número 4 do mundo no ranking individual (Peya o 3º) e garante vaga no ATP World Finals. A ATP ainda não me confirmou a vaga e talvez demore um pouco para tal, mas nos últimos anos, desde que se dobrou o número de pontos do ranking, NENHUMA dupla abaixo dos 4300 pontos ficou de fora do Finals. Bruninho e Peya terão 4805.

Parabéns Bruno. Você merece e muito!



  • Excelente texto fabrizio, vc não concorda que a grande evolução do nadal esse ano se deve principalmente ao backhand estar bem melhor? além de mais consistente que ano passado,mais agressivo tbm?

    • Fabrizio Gallas

      William,

      O backhand do Nadal é o termômetro de sua confiança. Se está longo e fundo é que está com bom ritmo de jogo e confiante. Caso contrário, é sinônimo de um Nadal titubeante.

  • Pires

    Vamos Rafaaaaaaaaaaaaaaa, rumo ao 21-10 contra federer na próx sexta-feira!!!!

  • Deco

    Fabrizio,,estou em duvida quanto aos numeros do Rafael Nadal,,voces disseram no site que e o quinto titulo dele de Master 1000 em piso duro,na verdade nao seria o setimo?Ele ganhou tres vezes no Canada,tres vezes em Indians Well e uma vez em Madrid quando era piso duro…Tambem voce disse que o confronto com o Federer e de 20 a 10,,se nao me engano antes de Indians Wells ja era de 19 a 10,,como ele venceu em Indians Wells e a final de Roma,nao seria 21 a 10?Favor confirmar estes dados,,,para esclarecimentos,,,,obrigado e abracos

    • Fabrizio Gallas

      Você está certo quanto aos títulos. Agora o retrospecto com Federer é 20 a 10 mesmo.

  • Miguel

    Sem dúvida nenhuma é de doer ver Rafael Nadal com o seu estilo metro ganhar de Djocko rsrs…Mas o cara está merecendo e se Nole não abrir os olhos poderá realmente perder a liderança, espero que Novack volte a jogar agressivamente e brinde aos seus torcedores nesse final de ano com o US Open.

  • Muito bom ver o Nadal jogando nesse nivél, acho que ele vai terminar o ano como nº 1 do mundo, mais com certeza veremos ainda este ano grande duelos com o Djokovic. a briga vai ser boa. isso é muito bom para o tênis, vamos ver como Federer vai voltar esta semana em cincinati, estou ancioso para ver federer X Nadal acredito que esta semana este duelo vai acontecer, ai vamos ver em que nivel esta o suiço.

  • JS

    Djokovic tem que comer muita grama para chegar perto dos números do Nadal. Os 2 tem apenas um ano de diferença de idade e o Djokovic ainda não tem os 4 GS e muito menos números de máster. Sem contar que é muito nervosinho e inconstante emocionalmente! Fala demais! Nadal sem dúvida é o melhor jogador de todos os tempos!! Vai terminar 2013 como o Nº 1. Qual outro que no mesmo ano em 11 torneios foi para final de 10 e ganhou 8? É incomparável!!!

    • rui costa

      QUE ENGRAÇADO OUVIR ESSA EXPRESSÂO:.”nadal SEM DUVIDA E O maior DE TODOS OS TEMPOS.” SOMOS OBRIGADOS A LER CADA ESTUPIDEZ QUE ATE DÓI. COM QUE BASE ESTE SENHOR QUE ESTA PROVADO SER UM FANATICO DAQUELES DE CARTEIRINHA AFIRMA UMA ASNEIRADA DESTAS..FABRIZIO,GENTE DESTA DEVIA SER PROIBIDA DE COMENTAR PORQUE RETIRA SERIEDADE A ESTE FORUM…O js ,COM TODO O RESPEITO,VAI POR ESTRUME NAS BATATAS QUE A AGRICULTURA CERTAMENTE DEVE SER O TEU FORTE,NAO O TENIS.

    • rui costa

      ” O nadal E O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS”….????!!!! RSRSRSRSRSRSRSSRRSR
      O FABRIZIO POR AMOR DE DEUS,FANATICOS DE CARTEIRINHA NAO DEVIAM SER PERMITIDOS COMENTAR NESTE FORUM,POIS RETIRA CREDEBILIDADE E SERIEDADE A ESTE FORUM…DESTA FORMA SOMOS OBRIGADOS A LER CADA ESTUPIDEZ DE GENTE QUE NAO ENTENDE NADA DE TENIS,(OS COMENTARIOS ASSIM O PROVAM) E QUE DEVIAM ERA ESTAR A POR ESTRUME NAS BATATAS E CEBOLAS,POIS CERTAMENTE ESTE SENHOR ENTENDE MUITO MAIS DISTO…

  • cao mirisola

    Com Bruno Soares chegando a posicao de número quatro do Ranking da ATP o Brasil pode comemorar,já que esta é a melhor posicao que um tenista brasileiro atinge no ranking de duplas,a melhor posicao até entao era a do Paulista Cassio Motta nos longinquos anos 80.Parabéns Bruno esse é um feito que merece registro.

  • lucas

    “Nadal, que tem chances de ser o líder após o US Open (não defende nada e precisa ganhar Cincinnati e Nova York e contar com quedas antes das semis de Nole em um dos dois torneios), tem chance da vice-liderança já após Cincinnati. Ele passaria Murray com a final já que Andy defende 600 do vice do ano passado e está na mesma chave do espanhol para enfrentá-lo numa eventual semi. ” vice do ano passado foi nole perdeu para federer. nadal so passaria murray com o titulo e murray teria de perder na 2ª ronda. ano passado perdeu pra chardy

    • Fabrizio Gallas

      Lucas,

      Você está correto. Desculpe o erro

      • rui costa

        O FABRIZIO ESTA TAO DOENTE PARA VER O NADAL A SUBIR AO NUMERO UM QUE ATE SE ESQUECE DOS OUTROS JOGADORES…ATE PARECE QUE O MURRAY NAO CONTA PARA AS ESTATISTICAS…VALHA-ME ALGUMA COISA SENHORES…

  • marcia bastos

    Baba ovo do bombadão baloeiro!

  • Vamos Rafa.

  • Cátia

    Torço muito pelo Nadal, ele merece e realmente tem números mais expressivos do que o Djoko…além de estar fazendo um ano impecável, desde que retornou….
    Mas já estou pensando no ano que vem….Djoko terá alguns torneios a defender e Nadal, muitos mais…. Já o Federer estará mais tranquilo e, acredito que ele voltará com tudo…
    Peço desculpas ao Murray e Ferrer mas, mesmo com o momento ruim, Federer merece o terceiro lugar e acho que estará lá no final do ano e, para os que pensam que ele está acabado, esperem ano que vem….quase nada a defender e somente pontos a somar…
    Vamos Federer….

MaisRecentes

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo

Federer, Nadal ou Zverev ? Quem é o favorito ao US Open ?



Continue Lendo