Federer favorito e protagonista para Wimbledon



Finalmente se foi o carma de dez meses sem títulos. Um bom fim de 2012 com decisões no Finals e Basileia, mas um 2013 ruim para os padrões Roger Federer e apenas uma final, no saibro de Roma. Nada como a grama para ajustar seu melhor jogo com muita agressividade, pontos curtos e menor demanda física.

O suíço tinha a boa chance de resgatar uma confiança então perdida na temporada e aproveitou. Encaixou ótimas vitórias sobre Tommy Haas e Mikhail Youzhny, levantou o caneco em Halle e chega com moral para o Grand Slam o qual tem mais possibilidades de uma final e título, em Wimbledon, ao jogar em seu habitat natural.

O ressurgimento de Federer só dá mais emoções para o Grand Slam na grama que começa em oito dias. Andy Murray também chega com sede de vitória após a boa participação em Queen´s e tanto Nadal como Djokovic com dúvidas pela falta de preparação na superfície. Os dois precisam superar a falta de ritmo nas primeiras rodadas para evitar surpresas. Sendo assim, se tornam fortes candidatos.

Uma pena a derrota na final de Bruno Soares. Sempre esbarrando nos irresistíveis irmãos Bob e Mike Bryan que alcançaram o 90º título, oitavo do ano. A campanha de Bruninho no ano é sensacional com cinco finais, três títulos, dois com Alexander Peya, somando ainda uma final em Madri e semi de Roland Garros. Disparados a segunda melhor dupla do ano e na contagem regressiva para a vaga no ATP Finals. Faltam menos de 1 mil pontos.



  • LEO

    FABRICIO, GOSTO MUITO DO JOGO DO FEDERER, MAIS SE ELE DER UMAS VACILADAS DESSAS AI CONTRA O NADAL, O DJOKOVIC OU AINDA O MURRAY, FICA COMPLICADO LEVAR WINBLEDON.

  • Wimbledon é de longe o grand slam mais imprevisível,RG sempre Federer e Murray deixam a desejar, nas quadras rápidas o Nadal entra sempre um pouco mais fraco do que os outros,porém em wimbledon tudo muda, Nadal com 2 títulos e 5 finais,Djokovic com um caneco, Federer nem se fala e Murray jogando sempre mto bem lá,a coisa fica mto mais equilibrada,talvez por isso sempre tenhamos jogos antológicos lá!

  • mariliense

    Até que enfim Federer ganhou um torneiozinho em cima de um “panga”. Mas com esse tenis que está jogando, vai ser surrado na praça publica de Wimbledon por Rafa e Nole, rsrsrsrs….

    • Marcia Bastos

      17 SLANS JOGANDO PURO TÊNIS,,,SEM ADITIVOS OU CORRERIA…VC DEVE TER 15 ANINHOS…DÓ!

      • mariliense

        Desculpe marcinha, mas o seu idolo virou mulher de malandro…. Ele gosta de levar do Nadal, quando vê o espanhol na frente ele já fica na posição de 20×10, sorry…

    • Rodrigo

      Rapaz vc deve ter complexo de inferioridade… todo site que fala de tênis tem alguma idiotice sua escrita… qual o seu problema?

  • Paulo Roberto Fernandes de Oliveira.

    Nenhuma chance de o Federer apresentar o mesmo tênis clássico e eficiente na grama de anos atrás. A idade e os seus problemas físicos limitam a sua agilidade e pioram a sua dificuldade de lidar com um backhand que hoje se tornou o parque de recreação de seus adversários, uma vez que chega sempre atrasado para executar esse golpe. Para mim são favoritos ao título, pela ordem de mais possibilidades, o Nole com mais chance, e correndo por fora o Murray e o Nadal. Não vejo mais ninguém pra fazer graça em Wimbledon este ano.

  • O Kara Voltou!! O Russo jogou muito.. mas não foi suficiente p/ ganhar do Mestre.

  • Wimbledon será muito disputado, mas ainda acho que RF tem grandes chances!! O seu estilo de jogo casa-se muito bem com a Grama. Olha o (18) Slan chegando..

  • Wallace

    Federer favorito para Wimbledon? Ahhhnn… não. Cara, ele perdeu um set para o Youzhny! Não que o Youzhny seja ruim, só que em outros tempos ele teria perdido esse jogo para o Federer por 6×0 6×1.

    Acho que ele não vai ser surrado pelo Nole ou pelo Nadal, porque acho que vai cair nas quartas, ou mesmo nas oitavas, para um jogador menos ranqueado.

    Aposto minhas fichas no Djokovic dessa vez.

  • Diego Silva

    Será um dos melhores Slans, sem favoritos claros, Nadal se passar na primeira semana chega forte na segunda, Murray tem o trauma e além disso respeita demais o Fedal, Nole tem que ter mais itensidade vamos ver como ele reage pela perda de Roland Garros e Federer é sempre excelente em seu quintal.

  • diego

    Será q o leão montanha está de volta? Vamos esperar para começar o Grand Slam mais improvável do ano. Bons sacadores podem protagonizar zebras. Aposto primeiro no Roger e depois no Murray para serem campeões.

  • acredito que vamos ter surpresas principalmente com os mais jovens. o frances paire e imprevisivel . os favoritos que se cuidem. vai ser emocionante.o gulbis se colocar a cabeca no lugar vai fazer estragos. e outros mais. mas o tenis precisa disto. senao vira um arroz com feijao eterno e nos desmotiva.

  • Mateus

    Pois é, todo mundo desdenhando do Federer, mas se esquecem que ele é o atual campeão do torneio e há poucos meses atrás era n° 1 do ranking…

    • Mateus

      Ops, me desculpem pelo pleonasmo do “há poucos meses atrás”.

  • Jaime F Silva

    Para mim, Roger Federer será sempre um ícone, mas temos que lembrar que ele já está com quase 32 anos certo!
    Nadal com 27, Djoko com 26 e Murray com 25 estão no auge de suas carreiras, portanto se mesmo assim, Federer conseguir ser octa esse ano, aí temos que reverenciá-lo e muito.

  • Leonidas

    Caro comentarista.

    Respeito e reconhecimento a Roger Federer é razoável. Porém, sem embargo, imaginar favoritismo ao suíço, sem dúvidas, é muita torcida e pouca racionalidade. O título fica com Djokovic ou Nadal, sem discrepâncias. Salvo em caso de ambos perderam em um péssimo dia e/ou outras eventualidades.
    O Roger, de fato, não possui físico e paciência no confronto direto para enfrentar os mais novos jogadores da Nova Ordem do Tênis Mundial que se concentram neles, quais sejam, Nadal e Djokovic.
    O restante, me desculpem os visitantes, é pura torcida e pouca razão.

  • Maurício

    Isto aqui está virando “Bolsa de apostas”. No fim de Wimbledon, quem vai se lembrar de tantos palpites?
    Tenho um certo fascínio pelas quadras de grama. Lembram das origens do esporte, lembram classe e glamour. Qual tenista não sonhou em erguer aquele troféu reluzente?
    Não vou fazer previsões, mas vou torcer para o Bruno Soares e seu parceiro Peya. O Bellucci não vai, mas, com todo respeito ao trabalho dele – sei que ele é esforçado – não acho que iria muito longe, não… Ele tem golpes, mas não tem cabeça.
    Quanto às mulheres, Serena é mais que favorita. É a virtual campeã. Só perde se for por contusão ou se perder a cabeça- o que não é muito difícil, com aquele temperamento dela. Fora isso, vai distribuir “aces” e porradas generosamente. Isto não é previsão. É constatação.

MaisRecentes

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo

Federer, Nadal ou Zverev ? Quem é o favorito ao US Open ?



Continue Lendo