Federer na raça. Mas físico preocupa



Roger Federer foi um monstro neste domingo. Vinha em situação delicada, tomando pressão do rival e soube ter calma para mudar o jogo, recuperar a confiança e virar uma partida que parecia ir pro beleléu diante do consistente e encardido Gilles Simon.

Uma vitória como essa sem dúvida o engrandece, mostra que Roger tem muita fome de título e dá muita esperança ao seu torcedor, mas é preciso cautela sobre as possibilidades de conquista. Sabe-se que em Roland Garros Roger vem jogando com uma camisa por baixo quando a temperatura está mais fria segundo revelou à um veículo francês. O motivo é a lesão nas costas que carrega por anos, que pouco comenta sobre o assunto, mas que o vem atrapalhando nesta temporada.

Um dos prováveis motivos para o jogo bem agressivo que vem aplicando não só nesta, mas como nas últimas semanas é este problema. Quanto menos tempo em quadra, mais economiza para as rodadas seguintes. Isso explica em partes a queda de produção por exemplo no Masters de Indian Wells e em Roma. Na Itália, tanto na semi como na final esteve abaixo em relação às rodadas iniciais.

Em tempo. Nos Grand Slams se tem um dia de descanso e as partidas de Roger haviam sido bem tranquilas e velozes até as três horas em quadra deste domingo. Baseado nestes fatores fica a preocupação para que Federer tenha uma eventual queda física e, com a sua constante falta de paciência para definir os pontos, a parte técnica pode comprometer dependendo da na próxima ou nas semifinais. Sendo assim fica difícil imaginar que possa segurar um Djokovic ou Nadal numa eventual final. Mas vamos aguardar os próximos capítulos para ver.

Tsonga é um rival diferente, que arrisca mais e erra mais. Apesar de ter vitórias sobre ele em Slams, vejo boas chances do suíço ir à semi.

E o torneio fica cada vez mais saboroso com as diversas viradas e partidas empolgantes. Quem diria que, após perder DOZE match-points e ficar 3/0 abaixo com o saque de Isner, Tommy Haas, aos 35 anos e com quatro horas de jogo, poderia virar aquela batalha de sábado ? E quem diria que o outro veterano Robredo, de 31, poderia virar três jogos seguidos melhor de cinco sets e igualar uma marca de 1927 de Henri Cochet em Wimbledon ?

Hoje, contra Nicolas Almagro, quando empatou em 4/4 no terceiro set, não duvidei tanto. Nico tremeu pela 999ª vez. E olha que não tinha um top 5 ou algum grande algoz pela frente. Quem lembra do Australian Open esse ano ? Situação similar contra David Ferrer sacando pro jogo duas vezes.

No feminino não vejo adversária para Serena Williams, somente algum problema físico, que ocorreu em Melbourne. Talvez Kuznetsova possa dar um trabalho a mais por sua experiência e talento. Veremos. Ana Ivanovic não consegue engrenar e tal qual Almagro falha contra as melhores. Pelo menos ela tem meu grande respeito, já ganhou um Slam e foi número 1.



  • Felipe

    Sua super fã do Federer, mas ele se mostra impaciente para definir logo as jogadas a muito tempo. Contra jogadores não tão bons tecnicamente, ele consegue impor o jogo e definir rapidamente. Contra jogadores como djoko e nadal ele isso pesa bastante contra ele. Tecnicamente é o melhor tenista de todos os tempos. Joga bolas e tem jogadas geniais que nenhum outro tem. Pena que o Roger de hoje torna-se limitado por conta do seu físico.

  • ANDREI

    impressionante que o federer pode perder um jogo,mais sempre são dele as melhores jogadas,e se ele perde não fica reclamando de dores,ao contrário de alguns robôs por aí que correm tipo louco,e vencem com os erros dos adversários e tem pouca técnica.

    • Cátia

      Bem isso mesmo….E acredito que ele está louco por um título e que pode chegar lá sim.

  • lucas

    Não concordo com parte do seu blogue. acho que o Federer fisicamente não tá tao mau assim. o jogo contra simon não foi muito longo, 3horas, e as três primeras rondas foram curtas. è o jogador com menos termpo em quadra. Por isso se federer chegar a final, e acredito que sim, acho que o resultado não irá depender do físico, mas do jogo de federer.

    • Felipe

      Lucas, o tenis é um jogo intenso que depende do físico. Você ve um nadal jogando contra o federer correndo pra um lado e pro outro e tentando manter um jogo mais lento. E o Federer louco pra definir o ponto. A muito tempo o federer tem lapsos do jogador que foi. E você acha que é pelo que? Por que ele não tem a mesma qualidade de antes? Claro que não a muito tempo o f´sico dele não é o desejavel.

      • ….. desculpas da idade. Então porque ele é fregues do Nadal desde 2004 em Miami quando Rafa tinha 17 anos e Roger tinha 22 anos é era o numero 1 do tenis? Eterno 20 x 10 ……

        • Luccas

          Sempre aparece uns nadalistas pra falar besteira…Todo bom jogador tem seu algoz…O do Federer é o Nadal, mas nunca o Nadal vai chegar a ser considerado o melhor de todos os tempos…

  • é engraçado as pessoas falarem do físico de Federer. até pouco tempo, todos falavam que a grande descoberta de Federer era não suar a camisa, pois tinha descoberto que fazer um jogo mais rápido lhe poupava o físico. já comentaram nessa linha Dacio Campos e a turma do sportv. de fato, quanto menos tempo ficar na quadra, menor a chance de se cansar muito. contudo, para ficar pouco tempo em quadra, é necessário jogar rápido, decidir rápido e correr riscos. Federer não consegue mais fazer o que fazia. não consegue ter a sintonia fina (como diz Dacio Campos) para definir as bolas com rapidez e, por outro lado, todos já conhecem o seu ponto fraco, ou seja, seu backhand (Nadal que o diga). Sem dúvida alguma é um dos melhores jogadores de tenis que vi jogar, contudo, é vulnerável como qualquer outro jogador. Até algum tempo atrás, Federer ganhava muitos jogos no vestiário, tamanho era o respeito por ele. Hoje, depois de verem como Nadal faz dele o que quer, aprenderam que Federer não é nenhum monstro do tenis, mas tão somente um jogador talentoso como outros tantos.

  • Rafael Nadal o maior tenista de todos os tempos. Roger Federer o maior fregues do maior tenista de todos os tempos. Eterno 20 x 10…

  • Gabriel Vinicios

    Está tudo bem Fabrizio? Sinto falta de suas colunas. Espero que seus problemas pessoais estejam se ajustando. Que Deus o abençoe. Estarei torcendo por você!

    Abraços!
    Gabriel.

    • Fabrizio Gallas

      Gabriel,

      Grato pelo apoio. Meu pai voltou a internar para fazer uma cirurgia programada para esta quinta por isso não pude escrever ontem, mas coloquei sobre o Federer em meu post de hoje. Provavelmente nesta quinta não poderei acompanhar muito os jogos.

      Grato

      • Gabriel Vinicios

        Entendo, Fabrizio.

        Bom, que tudo corra bem pra você e seu pai. Irei orar por vocês.

        Seus comentários fizeram falta! Mas família tem de ser em primeiro lugar.

        Um forte abraço!

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo