Roland Garros – 2º dia animado!



Não é de hoje que Rafael Nadal começa um Grand Slam e Roland Garros com dificuldades. Quem se lembra de Roland Garros em 2011 contra John Isner e um quinto set ? Pois é. Portanto nada incomum e inicialmente nada assustador.

Nadal pegou um rival que saca muito forte e joga agressivo em um dia sem nenhuma pressão e acertando todas. E aparentemente não mostrou nenhuma deficiência, apenas um pouco de nervosismo, afinal quase um ano sem jogar a chave de um Major após a lesão no joelho. Acrescente aí a pressão por ganhar pela oitava vez em Paris e se tornar o primeiro a conseguir esse feito em um Grand Slam.

De qualquer forma ele venceu e teve um teste interessante para esquentar rapidamente no torneio. Mesmo assim seu caminho não é fácil, pode reviver o duelo contra Lukas rosol numa eventual terceira rodada (quem não lembra de Wimbledon ano passado ?)

Rogério Dutra Silva fez uma ótima partida contra o sereno Ernests Gulbis. Apesar de alguns deslizes mentais e reclamações que comete, o letão tem se mostrado mais sereno em quadra e assim começa a obter certa regularidade no circuito. Oscilou pouco e por isso venceu o brasileiro em sets diretos. Rogerinho foi muito bem, teve chances de quebra para liderar o 2º set, abriu quebra no terceiro, mas parou em três sets. Jogou de igual pra igual por duas parciais com um talentoso tenista atual 40 do mundo e com nível para estar entre 15, 20 do ranking.

A chave de Roger Federer está boa para uma final em Paris e o início novamente foi forte. Seguimos observando, a tendência é que a terceira rodada,contra Benneteau, passe a dificultar. Para o suíço, que ainda sofre com problemas nas costas, mas pouco comenta do assunto, quanto mais velozes seus jogos, melhor.

A falta de regularidade de Berdych não o faz passar do número 6 do mundo. Muito talentoso, mas não pode, se quiser virar top 4, top 5, perder na estreia de um Major, seja para quem for. E o showman Monfils promete mais um jogo bem legal, agora contra Gulbis.

Curtinhas:

Teliana Pereira é a primeira lucky-loser para entrar na chave feminina de Roland Garros, mas por enquanto sem informações de possíveis desistências. Resta apenas esta terça-feira para alguém desista e a batalhadora pernambucana jogue seu 1º Slam e seguimos na torcida.

Desde 2002 que sempre há pelo menos uma lucky-loser na chave. Só que nos últimos anos e principalmente neste, a premiação da primeira rodada aumento sistematicamente. Para tenistas comuns, jogar a chave de um Slam, mesmo que com dores ou sem boas condições, é muito importante. Quem vai deixar de colocar 21 mil euros no bolso ? Garante uma sobrevida para a sequência da temporada.



  • Na verdade o Brands fez o mesmo jogo do gulbis, meteu a mão sem dó,dai só tem dois resultados possíveis, ou uma partida mto acima da média,ou mto ruim, mas como é quase impossível manter o nível do gulbis no primeiro set de roma ou do brands nesse primeiro set de hj,acaba dando nadal! deve ser terrível jogar contra o nadal, ser agressivo demais raramente da certo,e ficar trocando bolas mto menos,deve dar um nó na cabeça do adversário.

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo