Federer x Nadal perdeu a essência ?



Bem certo que Rafael Nadal sempre teve uma vantagem tática e sobretudo mental sobre Roger Federer no clássico e por esses dois aspectos passam o dobro de vitórias em derrotas dele (20 a 10). O que assusta, nos confrontos desse ano, é a facilidade com que Nadal superou o suíço.

Obviamente o nível de Nadal foi alto tanto em Indian Wells quanto hoje em Roma, mas nos dois encontros o espanhol não necessitou chegar ao 100% de sua capacidade. Federer esteve apático, cometendo demasiados erros e me pareceu entrar derrotado em quadra ou perder a fome, o instinto pela vitória após sofrer baques iniciais de quebra.

Parte dessas derrotas fáceis passam pelo serviço de Federer que, volto a dizer, não tem sido demolidor como antes tanto contra o espanhol como contra outros rivais. Nem podemos colocar o saibro como fator e desaceleração da bola, em Indian Wells, um piso duro, ocorreu o mesmo.

O sentimento é que Federer x Nadal vem perdendo sua essência pela queda do suíço. Masse colocarmos na balança, o ano 2013 em si não vem sendo o esperado e Federer vem se tornando mais vencível do que antes. E assim, diante dos Monstros atuais do tênis, ainda mais contra quem tem seu número, tende a ser presa mais fácil.

Federer alcançou esta semana sua primeira decisão na temporada onde vem sofrendo derrotas inesperadas. Já é um avanço, mas o deixa no segundo escalão de favoritos para ganhar Roland Garros. Sem dúvida, Nadal e Djokovic seguem na dianteira.

Curtinhas:

André Ghem tem uma casa na Alemanha que comprou há anos para facilitar na disputa de torneios pela Europa. Foi para o ATP de Dusseldorf e furou o quali batendo o 121 do mundo, João Sousa, ótima vitória e um bom primeiro rival na chave, o japonês Go Soeda, 114º e jogador de piso duro.

Rogério Silva joga nesta segunda a final do quali no ATP de Nice, na França.

E quem para Serena Williams ? 24 vitórias seguidas, venceu os dois principais torneios no saibro sobre suas principais concorrentes, Sharapova e Azarenka. Seu único título em Roland Garros, 2002, vem após seu primeiro caneco em Roma. Difícil apostar em outra campeã para Paris.



  • Mário Fagundes

    E as previsões se confirmaram. Hoje foi o segundo massacre de Nadal sobre Federer. Um treino de luxo do espanhol. Numa atuação decepcionante do suíço, o que vimos foram madeiradas, displicência, apatia e muitos erros não-forçados. Em um pouco mais de uma hora, o Rei-do-saibro somente fez o “feijão-com-arroz” para aplicar a 20ª vitória em 30 confrontos entre eles. O dito “clássico do tênis” acabou, é coisa do passado. A única quebra conseguida pelo Federer (quando Nadal sacava para o jogo) mais pareceu uma “cortesia” de Nadal para não registrar uma humilhante vitória sobre o suíço. Na verdade, torci para não acontecer um “pneu” no 2º set. Triste, irritante, vergonhoso. É hora de repensar a carreira, Federer. Perder para Nadal no saibro é normal, mas que a derrota viesse após muita luta, garra, disposição. Um dia pra ser esquecido, nessa que foi a pior atuação do suíço nos confrontos com Nadal. Lamentável!

    • Rodrigo CRF

      Concordo em gênero, número e grau com seu comentário. Tive exatamente a mesma impressão ontem vendo o jogo. Um abraço

      • Humberto

        Concordo, sou fã do suíço mas contra os tops ele esta irritAnte, vou mais amém o clássico hj e nasal vs nome e se eu fosse o suíço daria Adeus, pois daqui para frente será sempre assim

    • Raul

      também acho que o Federer deve repensar a carreira, afinal ele não conquistou nada em sua humilde carreira, poucos titulos, poucas vitorias, poucos contratos, com certeza tem algo de errado com sua estrategia. triste, vergonhoso, irritante é a imbecilidade de pessoas como você

      • Mário Fagundes

        Caro Raul, o espaço aqui é democrático, mas isso não lhe dá o direito de me ofender. Eu expressei meu sentimento, minha impressão sobre o atual momento da carreira do Federer. Em IW Federer estava lesionado e isso estava muito claro em sua má movimentação em quadra. Já em Roma, esperávamos pela derrota, mas que ela viesse de uma outra forma. Federer não lutou, baixou a cabeça muito cedo, aceitou a derrota na primeira quebra que sofreu. Então vieram as vaias. E detalhe: o jogo não foi no Ibirapuera!!!! Foi em Roma!!!!! E essas vaias aconteceram por nada? Seriam eles (também) imbecis? Respeito é bom, Raul, e todos gostam. Federer, a meu ver, desrespeitou o público com aquela atuação. E eles reagiram! O fato é que Federer está na fase final de sua carreira. O tempo passou! Infelizmente também para ele. E para um tenista que conquistou quase tudo, que carrega o status de “melhor de todos os tempos” e como vc (ironicamente) bem disse, “em sua humilde carreira, poucos titulos, poucas vitorias, poucos contratos…” conquistou, é sim, momento de REPENSAR um encerramento digno, grandioso, honroso por tudo o que ele representa para o esporte e para os milhões de fãs no mundo inteiro. Que no próximo confronto com espanhol, seja em que piso for, mesmo sem vencê-lo, que a ATITUDE seja diferente da que vimos em Roma. Sim, Raul, aquilo foi triste, irritante e vergonhoso!

  • Fabio

    Eu acho que não, o negocio é que o federer nao joga metade do que ele pode contra o nadal, cada dia mais o bloqueio mental aumenta. Em Indians acho que a lesão foi o fator principal, e em roma, o fato de que o Nadal é MUITO superior a ele no saibro, nem se compara. Federer perdeu varios jogos? sim, mas até ai djoko também, se for assim os favoritos seriam nadal e wawinkra, mas agente sabe que não é por ai. O mesmo se aplica a federer.. ele sempre cresce nos slams, é verdade que ele perdeu pro murray no AO? sim.. mas verdade seja dita, o murray jogou horrores naquele jogo.

  • Thiago Rodrigues

    Hoje foi dominado completamente. Entretanto, Indian Wells não é margem de comparação. O suiço claramente não tinha condições de jogo, pois vinha sofrendo a semana toda com dores nas costas.

    De qualquer forma. Realmente o confronto tem sido muito abaixo do que estamos acostumados. Pior pro tênis.

    Abs

  • lina

    Não acredito nem em perda da essência, nem apatia. A verdade Fabrizio, é que o Nadal está a cada dia melhor, foram 7 meses sem jogar profissionalmente, mas isso não quer dizer que ele estivesse parado. Nadal acompanhou vários jogos de adversários, aprimorou mais uma vez a sua raquete e aperfeiçoou suas técnicas e táticas, sinceramente, não me surpreendeu.

  • Renan Vinicius

    Não é mais um clássico, ficou evidente. Nadal ainda nao esta no seu apice fisico tecnico e mental ,mesmo assim ele humilhou o federer. A grande expectiativa esta no provavel duelo entre rafa e djoko em RG. Em monte-carlo, ficou nitido q o nadal estava sentindo a parte fisica: falta de ritmo e dores na costas, o que o impedia de sacar bem, tomando varias quebras. No entanto, ate la, possivelmente rafa alcancara o 100%, tornando-se favorito para o octa em paris

    • No que diz respeito a dores de Nadal em monte carlo eu discordo… acho apenas que Djokovic estava inspiradíssimo e é claro que atualmente só ele tem a capacidade de bater o espanhol no saibro; simples assim!!!

      • Renan Vinicius

        Não é querendo arrumar desculpas para a derrota do nadal em monte-carlo, mas a questão das dores nessa final veio a publico por Tony nadal. O tio do espanhol raramente coloca desculpas para as derrotas do sobrinho, mas obviamente o djoko jogou bem e ganhou. Tambem deve-se considerar q nadal venceu 8 anos consecutivos la, e a pressão em cima dele era absurda, mas ja foi, RG vem ai…

  • Que surra! Estou até constrangido sinceramente….Agora…. o Federer merecia levar uma surra de sua torcida, ôoooo cara sem raça, apanhou que parecia mulher de malandro e estava gostando. O suíço é tão fraquinho que Nadal nem parece ter motivação pra comemorar suas vitórias. Vai ser frouxo assim pros otários, faça me um favor. Não sei como tem torcedor que o defenda…. ele é um péssimo exemplo pras crianças em termo de competitividade.

    • jefferson

      cara coloca uma coisa na sua cabeça cabeça , depois q vc ganha tudo o que era possível e que ninguém nunca ganhou (e nem vai ganhar) , vc perde sua motivação , ainda se estiver com seus 31 anos e tr q jogar com um moleque q fica correndo feito um boi e trocando 50 bolas por ponto , mano coloca uma coisa na sua cabeça Federer é simplesmente o melhor tenista da história e pronto ,os números comprovam isso e não interessa quantas vezes o baloeiro do Nadal ganhou dele.

  • tres certezas neste momento:
    1) Rafael Nadal é o maior tenista sobre o saibro que o mundo já viu jogar
    2) O titulo de maior tenista de todos os tempos ainda está em aberto…
    3) 20 X 10 : esse placar mudará a história do tenis

  • diego

    Parabénas aos campeões. Esperava um pouco mais do suíço, no entanto não deu.
    Nadal é o maior favorito para ganhar RG e logo depois em minha opinião vem Federer.
    Pois é o segundo tenista com melhores resultados na terra batida dos últimos 8 anos.
    Acredito que é possível RF ganhar do RN em Paris.

  • gildo

    A moral é que o federer que já não tem ambição em masters 1000 + colocado no saibro quanto o adversário que ele menos gosta de jogar, da nisso… desmotivação total, não queria trocas 15 bolas por ponto, correr feito louco é direito dele.

  • pereira

    FG, estive vendo a final de R.Garros de 2009 e naquela época a bola do Federer andava muito, hj pra ele dar um winner é bem difícil, a estatística dele a 5 anos atrás era 30 erros não forçados e 50 winners, agora é bem ao contrário. O home tá perdendo a intensidade.

  • O fato claro prá mim é que Federer quando joga contra Nadal parece sem muita gana de vencer, aceitando de antemão uma possível derrota.Já Nadal é sempre o mesmo(com sangue nos olhos e fome insaciável de vitória) e eu digo:PARABÉNS NADAL, você é tudo que esperamos em um atleta de elite e completo dizendo….
    Se acaso acontecer outro confronto na GRAMA e rafa vencer, então vamos ter que começar a repensar muito bem em quem é o maior e mais completo tenista da era atual, pois no piso duro já estão empatados, na terra batida é um lavada do espanhol e tudo isto com um jogo belo e agressivo pois NADAL de fato, deixou de ser o baloeiro de outrora para fazer mais e mais winners precisos e arrasadores.

  • Maria de Mello

    Sou fã incondicional do Nadal, mais ontem Feder me fez pena, possivélmente ele ainda voltará jogar um bom tennís. Por outro lado, Nadal esta jogando um tennís fantastíco! quem sabe ainda veremos desputas gigantes entre Nadal e Feder, seria mto bom.

  • João Paiva

    Acho engraçado as análises Federer… “digno de pena”, “péssimo exemplo para as criancinhas” rararara

    O feito de Federer é incontestável mas é passado, é preciso parar de julgar e esperar do Federer o que ele apresentou a anos atrás. A realidade é que ele já ingressou o final de carreira e uma hora ele tem que começar a colecionar derrotas, normal de qualquer esportista. Ou você para no topo ou vai enfrentar algumas derrotas antes de aposentar-se. Nadal também vai cair o rendimento, Nole, o esporte se renova, que forma de enxergar torta das pessoas…

    Me desculpe mas um finalista de masters1000 é ser digno de pena ? Queria eu ser digno de pena assim. Se fosse o Belluci era um feito extraordinário, mesmo tomando um pneu duplo do Nadal por exemplo, mas o Federer chegar lá mesmo com 32 anos é digno de pena. 2 pesos 2 medidas ?? Parem de bostejar …

    A idade chegou para o RF e ele esta tentando se adaptar. É notável que ele não consegue acompanhar a intensidade do tenis atual que esses muleques estão imprimindo mas ele ainda vence com raciocínio, porém quando enfrenta um intenso pensante, como Nadal, fica improvável o vencer. Não espero hoje um RF vencendo vários confrontos diante Nole ou Nadal, chega a ser injusto cobrar isso do cara. É necessário aceitar que o reinado RF passou e ele é um grande jogador na ativa, não mais o vencedor indiscutível de tempos atrás.

    Ainda espero ver um Federer diferente. Ele usou de saque e voleio contra o Nadal e funcionou com um aproveitamento razoável, seria uma alternativa bacana para o RF na minha humilde forma de ver. Ele ainda insiste no jogo da linha de base mas contra esses caras pra ele hoje não dá mais, mas vejo ele resistindo a ceder dessa linha de estratégia, mas ele é inteligente e acho que vai mudar … vamos ver !! Um brinde ao bom tenis.

    Ps: fã fervoroso do leão da montanha. Lê-se fã, não imbecil que cobra de um ser humano que um dia chegou ao topo, se mantenha lá eternamente. Como disse com muita propriedade Stevie Jobs … “A morte é provavelmente a melhor invenção da vida. É o agente de mudança da vida. Tira o velho do caminho para dar lugar para o novo.”
    Aprendam a olhar a “morte” do reinado RF com bons olhos da chegada do novo e não com olhos de depreciação perante o Roger. Ele merece é uma salva de palmas.

    • Marcelo

      Até que enfim um comentário de alguém que pensa… Como alguém quer comparar um tenista que está no auge de sua forma física com outro que tem 6 anos a mais? Os números de Federer contra Nadal até os 27 ou 28 anos eram favoráveis ao Fedex e sinceramente, comparar o placar dos confrontos dos dois é patético!!! Olhos mal treinados!!! Sabe como eu vejo?? O Nadal no auge do Fedex era um tenista de um piso só, não chegava nem perto das finais de todos os outros torneios, então não chegava para perder do Federer nesses pisos, e quando chegava em alguns perdia como era óbvio. Agora não podemos comparar o Federer de final de carreira com o Nadal no seu auge. Em algum momento o Federer tem que começar a perder, senão ele vai jogar até os 60 anos!! Não venham falar em superioridade, felizmente o formato do ranking masculino é excelente para classificar os jogadores, e todo mundo acompanha e leva a sério porque retrata a realidade(ao contrario do da FIFA e quem sabe o WTA…), superioridade é voce ser o melhor tenista do mundo por 302 semanas, ter o estilo mais refinado e clássico de jogar tenis que o mundo já viu, etc etc etc. Paro por aqui por enquanto.

    • Roberto Rocha

      Muito bom o seu comentário, João Paiva!

    • Pedro Luiz Ramos

      João…sua analise é perfeita no que tange a carreira do RF….mas quanto ao texto do Fabrizio e a semi e final de Roma…ele mostrou uma atitude muito apática, como se estivesse ali cumprindo um contrato. Ele podia e pode muito mais… Final de carreira? Nao acho… da forma que ele joga, (nem sua) tem gas pra mais 3 anos ou mais (vê-se o Tommy Hass que tem intensidade muito maior e está mostrando muito jogo ainda). eu ainda acho que ele esta com problemas domesticos!!! rs

    • Fabiano Alves

      cara, vc disse tudo. eu sinceramente acho que após RG ele vai jogar muito melhor do que agora.. esperem bons resultados..

  • para mim federer entrou derrotado esse master não era pra ele o jogo dele e wimbledon e estbourne e us open rolland garros pra mim da djokovic pq nadal tem q perder e so quem conseguiria e djoko murruy no saibro parece uma criança ate o belluci ganha dele.em wibledon a gente vai ver se ele se enfrentaren se o federer não evolve essa surra

  • Yuri Bentes

    O João Paiva falou tudo !

  • Humberto

    Para mim É simples e objetivo Roger gênio e incomparável, mas tudo passa e a era dele passou, temos que bater Palma para o cara, e hoje é fato a era É de Nole e Nadal,mas mesmo assim veremos a generiosidade do Federer, vamos respeitar o cara. Abraço a todos e não cobre dele ter 22 25 anos

  • gildo

    Federer pra campeao de wimbledon!

  • Fabiano Alves

    Federer vs Nadal… tem muita gente que chama o Nadal de baloeiro mas esses balões do nadal incomodam e muito o suiço que não consegue encaixar seu backhand e nadal tem total controle do jogo.. todo jogo é a mesma história.. Federer tem que jogar com toda sua genialidade para equilibrar o jogo e isso incomoda e muito o suiço que parece não saber mais o que fazer..

  • altair maciel

    Posso queimar minha língua mas Federer hoje só conserva certo favoritismo na grama e aproveitando o ensejo FABRIZIO me esclareça por favor:
    Segundo a classificação ITF
    RG – LENTO
    W – MÉDIO
    AO – MÉDIO RÁPIDO
    US – RÁPIDO
    Bom pelo que eu sei a grama é o piso mais veloz do tenis…. tendo em vista a diferença irrisória de altitude (não mais de 12 metros entre as cidades destes grand slams,) tendo em vista também que a bolinha quica mais baixo na grama e que por isto o jogador tem que rebater mais dentro da quadra então na prática Wimbledom não seria mais veloz do que o US OPEN e o AO…. me explique esta “aparente contrdição” …. agradeço antecipadamente a atenção. Abração

    • Trocando em miúdos; diante de tudo isto, WIMBLEDON não deveria ser classificado como RÁPIDO ou estou viajando na minha análise??? alguém por favor me dá um luz aí…

      • Mais um indício de que em wimbledom o jogo é mais veloz do que o AO e US open é o fato de Federer superar em 2012 com certa facilidade o Djokovic em W e também em Cincinnati onde a altitude (mais de 400 metros acima do nível do mar) faz a bola se equiparar ou superar a velocidade do jogo na grama londrina, então… acho que minha teoria pode fazer sentido não?
        Será que fundamentei bem a minha opinião???

  • Pedro Luiz Ramos

    O tempo passa pra todos… mas a atitude de RF nesse torneio, principalmente na semi e na final foi muito estranha, APÁTICO é a palavra!
    Já o Nadal foi tudo aquilo que nós gostamos de ver numa partida de tenis, garra, vontade, virou um jogo muito dificil contra o Gulbis que deve estar chorando frustrado até hj. Posso estar muito enganado, mas Nadal ficou até envergonhado de vencer tão facil seu amigo/adversário que o deixou ganhar 3 games no 2o. set.
    Mas, Roger Federer apesar de todas as conquistas e ser considerado o melhor de todos os tempos é um ser humano e na minha opinião devia estar passando por algum problema extra-quadra.
    Que venha Roland Garros….tudo pode mudar!

  • Fabio

    Ninguém é absoluto, sempre aparecerá alguém pra desbancar, recorde só existe para ser batido. Federer é o melhor da história hoje, mas daki uns 10 anos, quem garante ?
    Nadal ??? Esse é só levantador de bolinha para o outro lado, chega a ser tosco o jogo dele, mas tem gente que gosta, eu respeito. Ele bate forte também, mas prefiro 1.000 vezes alguns que são top 10 e até top 20 porém que “batem” de fato na bolinha (Ernest Gulbis, por exemplo), ao invés de ver o Nadal jogando akele tenisinho “arroz com couve” dele, mas concordo que dá resultado…

  • Antonildo S Costa

    Após ouvir varios comentários esculaxando o Federer,sou obrigado refrescar a memoriade de alguns de vcs. A pouco mais de um ano e meio,Roger Federer,ou melhor dizendo,o melhor de de todos os tempos,aplicou um acaxapante pneu no atual n° 4 do ranking. Admiro a força e vontade de RN,mas o suíço é genial. Até Roland Garros

  • Janco

    A verdade é que qualquer outro tenista, no lugar de Federer teria se aposentado.

    O problema é que Roger Federer, jogando mais ou menos, jogando apático, chega com um pé nas costas em semifinal e final de Masters 1000…

    Fazer o que ?

    A tendência agora é que ele comece a perder mais de Djokovic e Murray tb.

    E Nadal ter o dobro de vitórias é bom, pois assim não fica aquele lance de que ele é “indiscutivelmente o melhor de todos os tempos”… acaba sobrando um argumento (bem válido) de que no saibro ele teve um cara acima dele. Apesar de que, HOJE, Nadal é superior a Federer mesmo em outros pisos.

    O que falam é verdade: Se na época de ouro de Federer, Nadal chegasse a mais finais na grama e no sintético na época de ouro de Federer, a diferença seria menor… Mas não foi assim.
    E mais… vai ser MUITO difícil Nadal chegar a 17 títulos de Grand Slam. Djokovic, Murray e o próprio Nadal tem consciência disso.

  • Pela primeira vez em muitos anos, Rafael Nadal não chega como mega favorito ao torneio, devido ao furacão Novak Djokovic, que não sabe o que é uma derrota desde o final de 2010, e vem atropelando todos os adversários neste ano, onde já conquistou sete títulos, incluindo o Grand Slam na Austrália e quatro dos cinco Masters disputados (ele não participou em Monte Carlo). Além disso, Roger Federer chega em baixa, com atuações fracas nos três Masters da temporada de saibro, onde com exceção de Madrid, jogou muito mal e foi derrotado por jogadores inferiores, como Jurgen Melzer e Richard Gasquet.

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo