De tirar o chapéu



Saiu o ranking desta segunda-feira já na noite deste domingo. Bruno Soares é o número 11 do mundo e 40 pontos do top 10 e forma a segunda melhor parceria do ano com o austríaco Alexander Peya somando mais de 2200 pontos. Campeão em Barcelona, São Paulo, vice em Madri, semi em Indian Wells. Um ano excelente pra uma figura excelente e trabalhadora. O orgulho do Brasil.Nas últimas semanas em Madri e Barcelona bateu várias das principais duplas do mundo e só parou nos irmãos Bryan que este ano estão um passo acima do outro, mas não são imbatíveis (Soares e Melo os derrotaram na Copa Davis).Bruninho merece ser aplaudido de pé e com certeza vai conquistar muito mais do que vem conquistando. O top 10 é questão de tempo, talvez de uma ou duas semanas e a grande conquista também. Quem sabe um Grand Slam este ano ?

De tirar o chapéu a postura de Nadal. Mesmo com 8 a 0 sem perder sets no retrospecto ele não menosprezou Wawrinka. Pelo contrário, para agir ainda mais no mental do rival, entrou com tudo, forte, agressivo, acuando Wawrinka e intenso. A vantagem no placar só lhe deu conforto para segir jogando bem e conquistando o título.

O melhor para Nadal foi não se cansar tanto esta semana podendo chegar bem fisicamente para outro desafio em Roma que promete o grupo do top 4 mais incisivo. Djokovic e Federer, por exemplo, não querem decepcionar novamente.



MaisRecentes

Nadal com caminho mais aberto. Bellucci regrediu



Continue Lendo

Nadal chega em Paris com sobras. Djokovic pode brigar



Continue Lendo

Nadal não será afetado por derrota em Madri. Zverev cresce, mas precisa confirmar em um Slam



Continue Lendo