Dimitrov, surgiu uma nova estrela ? Vaga no top 10 aberta…



Grigor Dimitrov não apareceu do nada. Aos 17, 18 anos estava dando sufoco em Rafael Nadal em Roterdã e especialmente nesta temporada vem numa evolução constante. Havia tido chances de tirar um set de Novak Djokovic em Indian Wells e por pouco não derrotou Nadal em Monte Carlo.

Água mole, pedra dura, tanto bate até que fura. O velho ditado se fez presente nesta terça-feira. Jogando um tênis incrível, com muita intensidade, Dimitrov derrotou Novak Djokovic numa verdadeira batalha física e mental, aspectos onde vinha pecando para dar um passo a mais que foi concretizado agora em Madri.

Não é à toa que Dimitrov é chamado de ‘Baby Federer’ – ele não gosta desse apelido. Seus golpes são similares ao do suíço. O búlgaro tem toda a pinta de vingar como a nova estrela do circuito. Basta ajeitar a parte física (ficar mais resistente) e sustentar o foco desde a preparação para que os frutos sejam colhidos. Não que isso seja fácil, pelo contrário, mas exemplos para tal não faltam, como o trabalho dos top 4.

O próximo desafio do menino de 21 anos será lidar com as cobranças que aumentarão cada vez mais. Ao passo que o sucesso não deve subir à cabeça, os adversários estudarão cada vez mais seu jogo e terão mais motivação para vencê-lo.

Dimi tem jogo para número 1. Se ele vai chegar lá ou não, são outros quinhentos, só o tempo irá dizer. O que é certo é que é muito bonito vê-lo jogar, sai um pouco da mesmice da maioria dos principais tenistas de hoje em dia. Isso acrescenta muito ao circuito.

Hostilidade pouco justificável – O torcedor madrilenho já vai muito com a cara de Novak Djokovic  por suas vitórias contra Rafael Nadal. O sérvio pede atendimento médico perdendo 4/2 no segundo set, retorna deslizando em todas as bolas, correndo feito um louco, devolvendo a quebra e ainda vibrando em ponto onde o rival levou um escorregão. Foi prato cheio para os fãs passarem a hostilizar o número 1.

Não que eles estejam certos, pelo contrário, exageraram, até porque Nole vinha de uma lesão no tornozelo e foi notório que deu uma leve torção. Mas acabaram entendendo que o sérvio deu o famoso “migué”, ou deu aquela Azarenkada. Se o torneio espanhol fosse o descartável pelos Masters 1000, como é Monte Carlo, certamente o sérvio pensaria duas vezes em jogá-lo no ano que vem.

Para que seja explicado. Dimitrov não pediu atendimento médico quando sentia cãibras pois o regulmento não permite.

E está pintando uma vaguinha aberto no top 10. Tipsarevic cada vez mais acumula resultados ruins, perderá pontos da semi de Madri de 2012 e tende a deixar o grupo nesta ou nas próximas semanas. Se encontra numa posição que até mesmo ele não acreditava que estivesse. Pela consistência, resistência física, poder mental e uma certa fraqueza na qualidade de outros tenistas fora do top 4, acabou conseguindo tal colocação.

Na minha visão outros jogadores tem mais qualidade para ocupar um posto no top 10. Meu primeiro da lista é Tommy Haas que aos 35 anos e zilhões de cirurgias depois vem jogando seu melhor tênis. Puro talento que aliado à confiança o caminham para tal feito que seria extraordinário.

Em seguida pontuaria outros bons nomes que podem estar lá, mas simplesmente pela falta de consistência não alcançam. Marin Cilic é um deles, Stanislas Wawrinka outro e é claro, Milos Raonic.

Para você, qual do circuito merecia essa vaguinha do Tipsarevic ? Aceito sugestões.



  • Rafael

    Nao concordo com todos os nomes. Cilic e Raonic não são talentosos. Wawrinka sim merece um lugar no top 10. Raonic só tem saque e o Cilic não tem variação o nenhuma. Gosto do jogo do Kolshreiber também.

    • Philippe

      Concordo com cada palavra. E até que enfim um colunista deu o merecido crédito a alguém fora dos tops, porque na maioria das vezes que um top 10 perde o pessoal fala que o tenista não tava nos seus melhores dias. Eu sou fã do Federer, agora também do Dimitrov, como pode um garoto de 21 anos jogar tão bem. Já tinha me empolgado quando descobri o talento dele contra Nadal, agora que ele acabou com Djokovic… No meio de tantos tenistas que prezam pela parte física, é empolgante o surgimento desse garoto. Rumo ao top 10 !!!!!

  • Ramon

    E o Soderling Fabrizio? Alguma novidade na situação dele?

    • Fabrizio Gallas

      Ramon,

      Ainda nada. Só que ele está treinando, sem previsões.

  • Pires

    Acho que wawrinka merece, especialmente se jogar como jogou na Austrália. Também jogou bem em indian wells, e vem bem no saibro, mas deu mole contra o tsonga em monte carlo, não jogou seu melhor. Será um duelo interessante dele com dimitrov. Espero que Nadal aproveite a saída de djokovic e vença o torneio, pra ganhar uma moral pra roma e tentar recuperar o físico e jogo q estava apresentando em indian wells (e acapulco tb). Se nadal vencer o torneio passa a ser o jogador com mais pontos na temporada, ou estou errado?

  • O Djokovic começou a ser viado quando no primeiro set ele foi quebrado e reclamou da torcida com um sinal de jóia irônico… A questão da torção foi só depois.

    • Alan

      Neste episódio específico alguns torcedores se manifestaram durante a disputa do ponto que culminou com o breack do búlgaro, por isso o sinal de positivo irônico do sérvio. Mas creio que as vaias se deveram ao conjunto da obra: derrotas impostas ao Nadal, a natural aquiescência aos teoricamente mais fracos

    • Alan

      Complementando… o antendimento pós torção (que verdadeiramente ocorrera) durante o game liderado pelo búlgaro, a volta alucinada pós parada médica, etc. Mas, certamente, a acirrada rivalidade com o touro seja a primordial. Todavia, concordo com o blogueiro quando este fala que não se justificam. Não vejo as vaias aceitáveis num esporte como tênis, ao menos que se perceba atitude antidesportiva de um dos atletas, o que claramente não foi o caso.

  • ALEXANDRE LEANDRO

    Discordo um pouco do texto. Tipsarevic, faz muito tempo, vem demonstrando um jogo não digno de um top ten. Não dá para concordar quando são elencados atributos dele como resistência física, poder mental e consistência, tanto que é extremamente comum ultimamente ele se complicar com jogadores com ranking bem pior que o dele, ora ganhando no sufoco, ora perdendo mesmo – como para nosso Belucci – demonstrando que seu tempo de top 10 está com os dias contados

  • juliana

    todo vez que o djokovic esta perdendo ou quase todas as vezes, ele se alonga, pede assistencia medica… interessante que quando ganha, isso não acontece! parabens ao dimitrov, espero que não tenha sido apenas esse jogo!

    • Kleber

      Acho que tais falando do Nadal, o rei do saibro e da catimba… Os espanhois ensinaram muito bem os argentinos… Eu nunca vi uma cara fazer tanto isso como o Nadal e no fim vencer as partidas e na maiorias das vezes virando o jogo depois de esfriar o adversário, sempre antes dos campeonatos diz que tem dores e que não sabe se esta 100% jogando a responsabilidade para o adversário… poh ele ganha quase tudo, pra que isso… tens uma certa razao sobre o djoko, mas quem sempre apelou em relação a isso é o Nadal

  • Acho q realmente pintou uma nova estrela, se ele consegui lidar com a pressão apartir de agora , ele vai longe lembro de quando deu sufoco no nadal a uns 3, 4 anos atrás em Roterdã, mais parece que só agora amadureceu a ponto de derrotar o poderoso Djokovic o ” Nadal agradece”. acredito que ainda esse ano vai virar um top 10. quanto ao top 10 nunca achei o tipsarevic esse jogador para tal lugar, acho q Haas, Raonic, Wawrinka, Cilic , Dogolpolov muito melhores do que ele, mais como vc disse falta regularidade para eles, mais ainda acredito que Tomic e Gulbis vão chegar são talentosos mais falta cabeça para alcançar o top 10. se melhorarem nisso com certeza vão chegar. mais no momento acho que o Hass merece esta no top 10.

  • Wenner

    para mim esse Dimitrov tem muito talento, vamos ver se ele te a cabeça no lugar. Eu torço para o Nadal mas parece q cada vez mais ele esta nao querendo ser mai o numero 1. ta dificil

  • Marcio

    Acho muito legal estar surgindo novas promessas que podem entrar e permanecer no top 10, quem sabe até no top 5, desbancando Murray, Nole e Nadal… Federer é um caso a parte o foco dele passa a ser outro! Eu me lembro da era Guga onde no ano anterior uns 5 ou 6 tenistas ocuparam o posto de número 1 do mundo, os Masters eram muito mais disputados e nunca se saberia quem venceria cada um! Para refrescar, além do Guga, lembro dos seus contemporâneos Kafelnikov, Ferrero, Philippousis, Rafter, Coria e Gáudio, dos veteranos ainda em ótima forma Sampras e Agassi, e dos garotos que estavam começando, Hewitt e Safin, além do próprio Roger Federer… A pergunta é, os 4 melhores de hoje são tão bons assim, ou a concorrência que é fraca demais?? Fica atento para dois nomes de meninos da América do Sul, o chileno Gonzalo Lama e o boliviano Hugo Dellien, esses vão pintar no top 100 em até 2 anos!

  • rui costa

    Eu ja tinha escrito em outro blog que Dimitrov era um grande talento…da gosto ve-lo jogar…
    espero que ganhe consistençia e afine mais um pouco os seus golpes como a esquerda cortada…
    Federer se vai aos poucos mas ainda bem que vai ficar alguem com talento e que por acaso tem um estilo muito identico ao de Federer,as vezes parece que estou a ver-lo..finalmente aparece alguem com talento puro para ter por quem torcer…

  • Claudia

    É muito engraçado….se fosse o Nadal que perdesse na estréia de um Master 1000, seria um “AUÊ”, mas Joker está nº 1, então pode tudo?
    Grande Dimitrov, quando Rafa cantou a bola que ele tinha tudo para ser um futuro nº 1, não deram muita bola…
    As vaias mais que merecidas, não porque ele ganhou para Rafa em algumas oportunidades – até porque com todas as vitórias o H2H ainda é 19-15 – foram pelo “teatro” habitual do sérvio que além de fazer imitações rasteiras, agora também optou pelo “drama”.

  • diego

    Bele vitória do búlgaro. O #2 suíço e Haas vão disputar
    essa vaga. Acredito tbm q o Berdich perderá o seu posto.

  • Naiara neves

    Adorei o texto!!!! E Espero que o Tommy Haas entre de vez no top 10, pois jogo d+. abs

  • Gustavo M.

    Por ser o tenista com menor oscilação nos últimos 2 anos, creio que o Almagro mereça retornar ao top10. Falta parar de amarelar ou voltar aos resultados sólidos de 2012. Eu disse “ou” exatamente pq qualquer um dos dois o levará ao top10.

  • Rafael

    Tommic

  • lucas

    Fabrizio concordo contigo dimitrov tem talento para ser n1.
    O lugar do top 10 será possivelmente para hass mas talvez este ou no próximo ano o dimitrov tb lá estará

  • Lukaas Bueno

    E o Mardy Fish? O que aconteceu e quando ele volta Fabrizio?
    Acho que a curto prazo, Haas, o próprio Dimitrov e Wavrinka podem entrar no top 10. Agora a longo prazo, acho que o Rogérinho e o japa q joga contra o Federer

    • Fabrizio Gallas

      Problema no coração ainda, está muito cauteloso e não é bom no saibro. Deve jogar em Queen´s

  • Marcos

    É bom saber que Dimitrov jogou muito, mas vale apenadestacar que o numero 1 do mundo errou demais.
    sao inumeros erros de devoluçao de segundos saques.

  • Paulo Marcos dos santos

    Calma gente esse rapaz só ganhou apenas um jogo será que djokovic estava bem fisicamente vamos esperar daqui pra frente pra ver a peformace desse rapaz primeiro agente vive no mundo se ganhou é o melhor se perder é o pior.

  • pereira

    Menos FG, o que o Dimitrov fez de importante até agora foi pegar a Maria, qdo ele ganhar um Masters ou GS, aí sim, qualquer um top 50 num dia bom (menos o Bellucci) e um top 10 num dia ruim dá nisso.

  • Carlos

    Fabrizio, gosto muito de assistir ao jogo do italiano Fognini. Acredito que mais cedo ou mais tarde, vai entrar para este seleto top 10. Quem achei que fosse evoluir: Gulbis. Talvez precise de mias experiência. Também gosto de vê-lo jogar.

    • Fabrizio Gallas

      Carlos,

      Pra mim falta gana pro Fognini e ele não é tão jovem, top 20 é o limite

  • alexandre Cunha

    top ten pra mim é Haas como joga!
    e 35 anos? quem chegou a esta idade jogando assim…?

  • eduardo

    Dimitrov tem todo pra ser o representante do tênis bonito depois das aposentadorias do monstro Federer e do magico Haas.

  • Paulo Roberto Fernandes de Oliveira

    Em primeiro lugar quero denunciar o senhor “André” (se é que esse é o nome real dele) por se referir ao Nole de uma maneira homofóbica, usando a expressão “viado”. Se ele não sabe ainda, avise a ele, senhor Fabrizio, que isso pode terminar em processo e detenção.
    Quanto ao que aconteceu ao Nole no jogo contra o excelente Dimitrov, não vejo nenhuma razão para tanto blá-blá-blá. Ele teve uma nova entorse, pediu atendimento e venceu o set. Depois o búlgaro mostrou a sua categoria de quem logo chegará ao Top ten, e venceu o jogo com méritos. Ponto final. O resto é conversinha de nadalista desesperado e com dor de cotovelo pela superioridade do sérvio.

    • ALEXANDRE LEANDRO

      Calma Paulo, acho que ele só errou a digitação: esqueceu de colocar um “a” antes do “iado”… É o que dá pra concluir até pelo restante da frase, que ficaria sem nexo se ele não quisesse falar “vaiado”

  • Maurício

    O Tipsarevic é jogador comum. Porém, é relativamente inteligente. Joga diversos torneios que ninguém mais entra, sendo sempre o cabeça de chave 1. Ganha título e soma muitos pontos com essa estratégia. Mas é difícil vê-lo bater de frente com qualquer jogador de ranking acima dele, diferente de Haas, Del Potro, Tsonga, Nalbandian, e agora o dimitrov, ou até mesmo, raras vezes, o belucci.
    Pra mim, temos 8 vagas preenchidas no top 10. Os top 5 + Delpo, Tsonga e berdych (nessa ordem mesmo).
    acho que as outras, por competência, 2 vagas ficariam na luta entre Haas, Gasquet, Almagro, Wawrinka e, correndo por fora, Simon e Isner. Pena que às vezes aquele cara de jogo fraco e chato (Tipsarevic) adota um tipo de estratégia que o coloca acima do ranking que realmente merece estar…

    • ALEXANDRE LEANDRO

      É isso aí Maurício. Tá explicado o por quê de um jogador tão “comum”, como vc bem destacou, estar no top ten. Seu post é irrepreensível. Parabéns.

  • pereira

    CADÊ O DIMI????

  • Fabio

    Hold On Pessoal !!!

    Dimitrov é talentoso, mas já tomou na rodada seguinte do Wawrinka, nova estrela acho que é forçado demais, muito bom jogador, mas não vai passar de um top 10 aí que sempre perde para o 3 primeiros do ranking.

  • Thiago

    Meu tenista predileto a uns 2 anos já, quando postei em um tópico que ele tinha muito mais talento e jogo que o tal gulbis paraa beliscar o top 5 em breve, riram de mim….agora estão admirando o grande talento do búlgaro.

    E rolanga ta ai hen, quem sabe…

    Camon grigor

  • Como torcedor do Nadal sinceramente nunca imaginei que um dia ficaria até sem graça de ver o espanhol surrando seguidamente tenistas do nível Federer, Murray,Berdich,Wrawrinka,Tsonga, Del Potro,Ferrer, Almagro e outros tops. Há uma sensação nítida de que Rafael Nadal impõe uma superioridade sobre os citados que chega a ser até constrangedor. E olha que Rafa nem está no seu melhor momento tenistico, muito longe disso. Errou muito contra Berlock,Gulbis,Delpo,Dimitrov e hoje contra David Ferrer.Mas Rafa não é um campeão comum. Ele é um supercampeão que tem o segredo dos grandes vencedores, caso contrário como explicaria esse sucesso ano após ano mesmo com os problemas físicos já conhecido de todos? Não é à toa que a concorrência tenta de todas as maneiras tirar seu méritos ….o cara incomoda demais, é um monstro. Ainda bem que existe Novak Djokovic para dar um pouco de emoção nos torneios. Os outros se tornaram meros coadjuvantes.

  • Por duas décadas, o torneio raramente teve sua soberania ameaçada. Foi eleito quatro vezes pelos jogadores como o melhor Masters da temporada, a última delas em 2008. Começou então o seu declínio. Sem dar a mesma atenção de antes aos tenistas, acabou superado principalmente por Indian Wells.

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo