Só falta Roland Garros! Saibro promete



É necessário louvar a atitude e persistência de Djokovic. Chegou ao torneio nem sabendo que iria jogar pela torção no tornozelo. Decidiu na véspera, jogou mal os primeiros jogos pedindo atendimento e vencendo no sufoco. Foi evoluindo e se consagrou com o troféu. Quando todos esperavam, inclusive eu, que não jogaria ou não chegaria longe, foi lá e ganhou de Rafael Nadal na final. Um troféu que fica na memória do sérvio por tudo que passou e que dá uma baita confiança principalmente para Roland Garros.

E somente tênis de altíssimo nível, beirando a perfeição para destronar o espanhol de Monte Carlo após oito títulos seguidos e 46 triunfos consecutivos. Djokovic se torna o maior vencedor de finais no saibro diante de Nadal (três vencidas, as outras em Madri e Roma).

Se Roma o saibro é mais ralo proporcionando um jogo um pouco mais veloz e em Madri existe a altura também ampliando a velocidade da bola, para Roland Garros as condições são similares ao evento no Principado. Logo, com este triunfo e nível de atuação, o sérvio fica numa ótima posição para alcançar tal feito.

Na final deste domingo, Djokovic passeou num primeiro set onde foi um pouco ajudado pelo saque mais fraco e bola mais curta do espanhol. Nadal ajudou o sérvio a abrir aquela vantagem de 5/0 e por pouco não aplicar um pneu. Quando alongou as bolas e buscou agressividade, Nadal colocou o sérvio na parede, fez Nole errar e teve boas chances de vencer a parcial com 4/2 e 6/5 e saque. Nadal não soube jogar o seu melhor para fechar ao passo que o natural de Belgrado foi pra cima e mereceu a virada.

Apesar da derrota, não vejo como um baque nas pretenções de Nadal para o saibro. Djokovic é seu último desafio nesse retorno após a lesão no joelho e as dores nas costas o atrapalharam no final de Monte Carlo onde titubeou nas últimas rodadas. O segundo set feito pelo espanhol foi muito bom e deve animá-lo para seguir treinando firme e buscar mais eficiencia num jogo agressivo que viveu altos e baixos esta semana. Ano passado, Nadal venceu três vezes Nole no saibro jogando pra cima e com bom serviço e precisão. Hoje, quando conseguiu adotar esse estilo foi mais efetivo.

Por essas e outras, temos a possibilidade de uma temporada de saibro sensacional com muita disputa com Nadal e Djokovic no comando. Não podemos nos esquecer de Roger Federer que descansou bastante e teve tempo de preparação. De David Ferrer que sempre é forte no piso e quem sabe Andy Murray. Se melhorar a movimentação e paciência para trabalhar o ponto, o britânico pode dar muito trabalho.

Curtinhas:

Teliana Pereira na final do quali do WTA de Marrakech virando um primeiro set de 1/5. Ela furou os qualies em Bogotá e Charleston este ano e prova que vem jogando cada vez mais entrando nos principais torneios. Tem uma boa chance, contra uma eslovaca 295 do mundo, de entrar na chave nesta segunda-feira e seguir somando pontos rumo ao top 100.



  • Rafael

    Kkk. E a minha previsão se concretizou. O post novamente sugerindo que a dor nas costas foi fator decisivo na derrota de Nadal. É sempre assim. Eu nunca vi o Nadal perder 100%! Tem sempre uma atenuante. Na minha opinião isso é tirar o mérito do adversário. Nadal ganha do Federer pq seu fore hand angulado elimina o jogo do suíço. Djokovic consegue bater o Nadal pq pega o back hand na subida, nao deixando o Nadal ganhar a quadra. É simples assim. Não precisa ser expert em tênis. Agora, dores todos os jogadores têm. Uns choram mais, outros menos. Mas Djokovic foi impecável hj. Isso é incontroverso. Em Indian Wells ninguém falou das dores do Federer ou do desgaste físico do Del Potro na final. Foi tudo mérito do Nadal. Mas qnd Nadal perde nunca é mérito do adversário.

    • Sir Moaci Rocha

      Concordo com vc em gênero numero e grau este tal de Fabrizio Gallas é baba ovo invertebrado do Bombadão Baloeiro!!!

    • Marcia Bastos

      Fabrizio Gallas, PUXA SACOS INVERTEBRADO DO BOMBADÃO..É INACREDITÁVEL SUA “IMPARCIALIDADE”!!!

      • A comemoração de Novak Djokovic é mais que justa,pois a proeza que ele conseguiu no domingo entrará para a história do tênis por ter vencido o quase invencivel Rafael Nadal em um de seus domínios.E conseguiu a façanha pois ele fatalmente será um dos maiores tenistas de todos os tempos inclusive no saibro caso conseguir manter essa forma absurda de jogar tenis . Mas como o sérvio, diferentemente de nós simples mortais atrás do computador, sabe que o domínio do espanhol em terras batidas não se restringe sòmente a Monte Carlo, estará ele mais focado que nunca com muita cautela e cautela é muito bom. Rafael Nadal é o Rei do saibro independente de alguns tropeços. Lembro muito bem em 2007 que Federer o venceu na terra de Hamburgo vislumbrando finalmente o Slam que lhe faltava, para ser humilhado logo em seguida em Roland Garros 2007 por 3 x 1 .E quem nesse momento terá coragem de afirmar conscientemente que Nadal não tem condições de vencer o próximo Roland Garros. Nadal não é invencível mas para vence-lo no saibro o adversário tem que estar perfeito como Nole foi no domingo e o espanhol mesmo não jogando o seu melhor ainda vislumbrou uma luz real para mudar a história da partida.Mas nada como um torneio após outro…

  • marcio

    É…tô achando que Nadal tá virando freguês do Nole,hein!!!??!!

    • Deco

      Freguesia?,,,pode ser nas duas ultimas temporadas,o confronto esta 8 a 3 para Djokovic,todas em finais,,,Porem para caracterizar freguesia o Nole tem que ganhar mais 5 partidas do Rafa,ai ficaria 1 vitoria a mais no historico,,,Hj o confronto e de 19 a 15 para o Nadal..Enfim Djokovic jogou muito e anulou o Nadal,,mesmo que dores nas costas tivessem o incomodado nao njmustifica ele ter levado 5 a zero,,,e tbm se as dores fossem constantes e muito fortes,,,a tendencia seria ele piorar em nao melhorar e equilibrar o segundo set,,,,,,,como aconteceu,,,Sou fa do Nadal mas tem que reconhecer,,o Djoko hoje no momento esta com tenis mais efetivo e os numeros estao mostrando isto…Porem,,,fico contente com o desempenho do Rafa,,pq.tem mostrado bom tenis tambem,,,chegou a cinco finais em seu retorno,tres titulos isto mostra recuperacao,,,vamos aguardar,,Madrid,Roma e e claro Roland Garros,,,a tendencia e a rivalidade se consolidar ,e nao esquecemos do Federer,,ele vem com tudo e com certeza com o talento que tem nao podemos descarta-lo……abcos a todos….

  • Gabriel

    O mérito da vitória de hoje é INTEIRAMENTE do Djokovic. Simplesmente anulou o espanhol no primeiro set, apesar de eu achar que tinha que ter dado pneu, e no segundo set fez o que ele faz melhor do que todos: resgatar a confiança.
    Devo concordar com o Rafael. No jogo de hoje, não vi o Nadal reclamar sequer por um momento sobre qualquer dor ou incômodo, ele estava lá, tão na quadra quanto Djokovic e, pelo que jogou no segundo set, QUERIA ganhar o título.

    Parabéns ao sérvio, sempre gostei muito do jogo dele, desde quando comecei a acompanhar o tênis, no US Open 2007. Ele está em outro nível de quanto ao jogo sólido e o Federer está aí pra provar que é isso que faz um verdadeiro número 1.

  • Felipe Gonçalves

    Sempre há um problema atrapalhando o homem que vai ao banheiro antes de o adversário sacar para o jogo. Agora, a desculpa foram as costas, e jornalistas continuam caindo nessa balela. Nesta semana, ele correrá que nem louco em Barcelona, como se as dores nunca tivessem existido. A não ser que perca, é claro.

    Na verdade, está para nascer o homem que vencerá Rafael Nadal quando este está em perfeita forma. De joelhos, costas e cansaço a picadas de abelha (!?), quando se trata do espanhol, nenhuma desculpa é surpresa.

  • Edmarcio Santos

    Eu adoro quando o colunista ao invés de dar os parabéns ao campeão apenas fala do Nadal huahuahuhuahuahuahuhua

  • diego

    Parabens ao Nole. Vamos observar a volta de Federer e ver o que pode
    acontecer. Eu creio que o Nole nao leva em RG, a anciedade vai atrpalhar.
    Pode acontecer uma surpresa. Del potro, Murray ou Ferrer.
    E lembrando que Federer nao e surpresa e sim uma possibilidade real de titulo.
    Go Federer!

  • Kleber

    Eu não entendo o Nadal, o cara jogou 5 finas sendo 4 seguidas e a ultima com um intervalo… Dai diz que esta com dores e tal, sempre que joga não tão bem como costuma jogar ele da esse tipo de desculpa… Estou fazendo este comentario, pois ele vai jogar mais um torneio seguido e provavelmente estara na final, ao inves de descansar e recuperar melhor seu joelho para lhe dar mais longividade e competir melhor os torneios maiores, ele vai jogar Barcelona onde provavelmente irá vencer e que talvez se prejudique…

    • adriana

      é publico e notorio que o nadal não está 100% no fisico nem no mental e vai continuar lutando, é a caracteristica dele, parabéns ao nadal pela garra, parabéns ao novak por alcançar seu objetivo(mesmo com tornozelo torcido, é um mágico mesmo, quem ja sofreu uma torção sabe o quanto doi e demorar para curar)

  • jose

    Nadal surpreende so de ter chegado a mais uma final apos a contusao da uma demonstracao definitva de superacao.Ja Nole demonstra ser insuperavel em qualquer piso,definativamente um robo em forma de Servio.

  • Roberto Rocha

    Quanta gente feliz com a derrota do Nadal! kkkkkkkkkkkkk
    Mas aviso: Nole teve que invocar a entidade que tomou posse do seu corpo em 2011 para vencer o 1° set.
    No 2°, teve que suar um litro certinho para vencer.
    No saibro, Nadal sempre será o cara a ser batido, mas Nole já é um monstro na superfície.
    Vamos aguardar a continuidade da temporada de saibro, que promete muito esse ano!
    Ah, e parabéns ao Nole, que fez uma partidaça! Que grande campeão!

  • ANDREI Felipe Camargo

    Nadal sempre inventando desculpas pra sua derrota,disse que não estava 100% o físico,a pare,ele venceu um master 1000,venceu 3 torneios no ano,tava voando,perdeu pro Djokovic que foi melhor,qual será a próxima desculpa,picada de abelhas?

  • wellington

    A Final de ontem mostrou que o Djokovic mereceu a vitória,pois foi mais agressivo e apresentou um jogo mais sólido que o espanhol, e que era para ter tomado um pneu no 1 set. Se ele estivesse mesmo com dor não teria melhorado o seu jogo no 2 set. E detalhe nos ultimos 20 campeões de Monte Carlo 15 ganharam Roland Garros. Para mim a final de Roland Garros vai ser entre os dois, não acredito em Federer, Murray e Ferrer.

  • RUBENS LOPES SOUZA

    o novak, só mostra que está com algum problema quando está em dificuldade na partida, podem reparar toda vez que o adversário está melhor ele demonstra algum tipo de incomodo.

  • ANDREI Felipe Camargo

    nadal surpreendente porque chegou a uma final?a,fala sério,ele chegou na final do master 1000 de indian wells,onde nem é o piso preferido dele.não chegaria no saibro?essa desculpa de lesão,ele já superou,chegou em 5 finais,tava voando.só que o Djokovic jogou muito mais que ele!

  • concordo planamente com a maioria dos comentários postados e…. é simples:DJOKOVIC é nos últimos 2 anos a simbiose de Nadal no saibro mais Federer nas quadras rápidas jogando 100% fisicamente e com afinco, pode bater qualquer um, em qualquer torneio de saibro, ou sintético faltando talvez uma equalização melhor na grama.É COM CERTEZA hoje em dia o jogador mais equilibrado e eficiente do circuito(por isso é o número 1 do mundo com folga)
    Se existe alguém que com competência e um pouco de sorte pode chegar aos 30, 31 anos com 3 títulos de cada slam este cara chama-se NOVAK DJOKOVIC e ningém mais ok?
    PS:Que eficiência na pancadaria deste sérvio hein??? impressiona a consistência deste cidadão!

  • A grande repercussão da vitória de Novak Djokovic após a conquista em MC mostra que sua vitória sobre o rival teve uma dimensão muito maior que a própria grandeza do torneio. Trata-se da maior rivalidade do tênis mundial e também porque Rafael Nadal é o tenista de sua geração mais difícil de ser vencido até esse momento.Os números dos confrontos entre os tops estão ai para certificar o que estou afirmando. Rafael Nadal tem uma massacrante superioridade de vitórias sobre seus rivais com excessão de Nole em que a diferença é de 4 vitórias a favor do espanhol. No resto é goleada. Não estou discutindo beleza técnica,plasticidade,estou afirmando em termos de superioridade dentro de sua geração. Ficou provado pela euforia de Nole que entre os grandes tenistas, digo os tops, o mano a mano entre eles é que define quem é que manda no pedaço. Pete Sampra já declarou por diversas vezes,dando uma alfinetada em Federer, que não suportaria ter um retrospecto negativo em relação a Agassi mesmo tendo Pete uma quantidade de Slams maior que André. O maior numero de vitórias sobre os rivais da mesma geração é o que na história do tênis provará que um determinado tenista dominou o seu rival no auge em que os dois campeões se enfrentaram. Lògicamente o verdadeiro sabor do mano a mano não está na quantidade de vitórias com diferença de uma ou duas vitórias pois isso representaria um empate técnico em disputas, mas sim numa diferença vexatória, inatingivel de derrotas em relação ao vencedor de confrontos. Porisso se a história do tênis contemporâneo terminasse nesse momento, Rafael Nadal seria o maior tenista da sua geração e com sobras pois tem superioridade nos confrontos entre todos os tops além da marca surpreendente de suas conquistas. E isso o suíço e sua torcida terá que agüentar a freguesia pro resto de suas vidas. E é porisso que eles detestam Nadal e sua torcida rsrsrsrsrrs……simples não?

    • maciel

      mariliense concordo plenamente que nadal arrasa no confronto direto com todos( exceto davydenko 6 a 5 para o russo) porém daí dizer que nadal é o maior tenista da sua geração com os números atuais é brincadeira de mau gosto…. consulte o post GARRA BELUCCI deste blog mesmo e analise bem os DOZE CRITÉRIOS… para comparar dois tenistas e suas conquistas;todos os quesitos levantados por mim e pedindo sugestões e críticas bem fundamentadas!
      LÁ TEM CONFRONTO DIRETO, TÍTULOS CONQUISTADOS, SEMANAS COMO NÚMERO 1 , etc, etc…. me responda dando a sua opinião ok… abraço

MaisRecentes

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo

Federer, Nadal ou Zverev ? Quem é o favorito ao US Open ?



Continue Lendo