Rafa is back! Segura o homem!



Quatro torneios, quatro finais e três títulos. Quatro vitórias sobre top 10, três delas no piso duro. A coroação do retorno incrível de Rafael Nadal veio neste domingo com o título de Indian Wells. A alegria, nítida nos olhos do espanhol e nas atitudes dentro de quadra. Como poucas vezes faz, apenas nas mais emocionantes, foi ao staff na arquibancada e até abraçou o diretor do torneio Larry Ellison – pelo gesto dá para se imaginar que Ellison convenceu ou ajudou Nadal a mudar de opinião para jogar o torneio.

Nadal não enfrentou ainda Djokovic e Murray, mas isso não quer dizer muita coisa, ele acabou de bater o cara que eliminou estes dois em Indian Wells, o que diz que está preparado para alcançar títulos de igual importância e voltar a sonhar com Grand Slams em outros pisos fora do saibro.

Nadal está de volta e com todo o gás e bom tênis que já vimos outrora, talvez até melhor do que antes.

Como se esperava tivemos um jogo disputado, nervoso e com reviravoltas e um ótimo nível. Juan Martin Del Potro tinha vencido Novak Djokovic e Andy Murray e confiante tem o número para derrubar Rafael Nadal. Mas o espanhol mostrou a garra de sempre, a força mental para sair de situação delicada e virar um jogo que se mostrava muito difícil com um set e quebra abaixo no segundo.

A confiança trazida das vitórias anteriores, a parte física mais conversada do que o rival e o ajuste de postura para um jogo mais agressivo para o piso rápido foram fundamentais para a retomada. Não obstante os números do jogo mostram a adaptação no jogo, Rafa fez mais winners que o super agressivo argentino, 33 a 28. E ainda há quem diga que Nadal joga de forma defensiva e o chame de baloeiro. Pobre dos que se remontam a um passado, há cinco, seis anos atrás.

E para Del Potro o físico acabou pesando um pouco, mas fora isso, mostrou que está encorpado para brigar por finais e títulos dos torneios mais importantes. Perdeu para um Nadal impossível. Só isso.

Sharapova dominou – A musa não deu chances para a dinamarquesa Wozniacki e conquistou sem contestação o título de Indian Wells e tomará o segundo lugar de Victoria Azarenka. Wozniacki já não consegue fazer frente as top 3 com seu jogo na regularidade, só passando bola. Resultado disso foram seus apenas 2 winners na partida. Não dá ne ?

Na semifinal seu jogo contra Angelique Kerber foi horrível, esse sim com vários balões. Funciona com parte das tenistas. Para ela, ter sido número 1 foi uma obra do acaso, de problemas com Sharapova/Serena e uma Azarenka ainda sem aquela firmeza nos resultados.

Curtinhas:

E Nadal não joga Miami, vai preservar os joelhos para a temporada de saibro. Faz bem ele. Defende os títulos de Monte Carlo, Roma, Barcelona e Roland Garros. São 4500 pontos.



  • Pires

    Perfeito o post, vamos rafa!!!

  • mauricio weiss

    Fiquei muito feliz com o retorno triunfante do Nadal. Está com bolas muito poderosas, na hora que estiver com o físico 100% vai dar muito trabalho ao Djock pra se manter na ponta. O atual estágio físico já é suficiente para ser o favorito nos jogos de saibro.

  • Felipe

    O que dizer deste cara. Estava torcendo pro Del Potro, que também merecia ganhar. Mas o espanhol achou um jeito de levantar o segundo set, foi corajoso e agrediu o argentino botando ele pra correr e o tirando da zona de conforto. Nadal é um monstro do tênis Fabrizio. Agora, a única coisa que não entendo é o tal do joelho dele que estava “tão ruim”, segundo o staff dele e a imprensa e o cara chega em todas as bolas. Difícil de acreditar. Acho que rola um jogo de palavras meio hipócrita aí.

  • pingo

    E ainda dizem que o cara joga só saibro. Saibro é a preferência, mas ele joga em todos os pisos muito bem, basta ver o currículo. Bravo Rafa!!!!!!!!!!!!!

  • pereira

    Como sempre o baloeiro venceu mais uma, pra quem acha que o joelho esta ruim, se estivesse com problemas não jogaria, o home está 110 %.

  • Claudia

    THE KING IS BACK! Fantástico, incrível, valente, maravilhoso, competente, poderoso, magnífico, RECORDISTA!!!VAMOS RAFA!!!

  • Mário Fagundes

    Nadal voltou! E ainda tenho dúvidas sobre seu afastamento do circuito por mais de sete meses. Se houve realmente uma lesão naquele joelho, uma coisa é certa: Esta é a mais fantástica recuperação de um atleta em todos os tempos!

  • o nadal teve muita sorte nesse torneio…
    1- ganhou uma partida por W.O
    2- jogou com um federer contudido, depois de uma partida desgastante com o wawrinka
    3- pegou um del potro esgotado fisicamente

    ai neh fala serio.. fica facil… muita calma nessa hora
    abraçosss

  • Belo retorno, bem mais agressivo e com uma força mental a ser estudada… Mil vezes BRAVO e Federer que trate de se animar e ganhar mais 1 ou 2 slams porque se NADAL jogar assim até 31 anos, chega a 18 grand slams com “certa tranquilidade”.
    P.S.:E com certeza este NADAL que vimos não é mais o baloeiro de outrora!É o jogador estratégico e consciente de si mesmo e de seus adversários… quem diria eu (federista) estou dando a mão a palmatória, mas muito feliz por isto.AVANTE a cada vez mais emociante era de ouro do tênis mundial…abraço a todos

  • Deco

    Pode ter tido sorte caro Victor,porem inegavel que ele jogou um tenis de altissima qualidade,,agressivo,,e com melhora em seu servico,,,Quanto ao Federer ele admitiu que sentia um incomodo,,pois se estivesse contundido com certeza nao jogaria,,,e este incomodo,,ele disse que funciona com outros jogadores e ele venceu mas com o Nadal nao teria jeito,,,incomodo por incomodo,,o Nadal em algumas partidas ainda sente em seu joelho,,claro que nao o suficiente para ele nao ser competitivo,,,porem especialistas dizem que em tenis,,vai em torno de 30 partidas para se chegar a plenitude da forma,,e se colocar 100% de ritmo de jogo,e ele com com 19 aou menos (desde acapulco),,ja parece estar bem proximo dos 100% fisicamente,,,e clinicamente (joelho)deve estar quase no ponto,mas com certeza nao 100%,,enfim,tbm sacho que a sorte conspirou a favor,mas ninguem ganha um master 1000 com todos atletas disponiveis,,digo os Tp 10,,so com sorte,,ele tem muito merito,alias merito grande pois ja ganhou 22 masters,,,,,a briga vai ficar melhor ainda,Djoko,Murray,Del Potro e e claro o grande Federer,,,,a temnporada promete,,,,abcs

  • athos

    concordo com o Vitor ele deu um pouco de sorte ,mas sua postura mudou seu backhand está muito melhor ,e ele está sabendo como nunca contra atacar ,e quando ele foge para o forehand
    quando é atacado no revés ,ele fica “insuportável” ,sou muito fã do Federer mas acho que ele não ganha mais do Nadal em jogos importantes ,SE ele Nadal ,mantiver esse bom nível

MaisRecentes

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo

Federer, Nadal ou Zverev ? Quem é o favorito ao US Open ?



Continue Lendo