Novos ares para Bellucci



Thomaz Bellucci com um pé fora da Koch Tavares. Problemas no aspecto financeiro e uma proposta recebida por outra agência de marketing esportivo – não divulgada – seriam os motivos. A Koch segue analisando emails do advogado de Thomaz para a provável não renovação da parceria.

Não sou formado em marketing, somente em jornalismo, então não posso afirmar com toda a certeza se a parceria foi de todo positivo nas questões de marketing e imagem do jogador. Mas desde 2008 quando iniciou a exploração de imagem da carreira de Thomaz, a Koch Tavares rendeu contratos de patrocínio que deram a grana suficiente para ele viajar com uma equipe técnica.

Agora nos últimos anos a Koch deu algumas bolas fora com Thomaz como basicamente “induzí-lo” a jogar suas competições de fim de ano como o Challenger Finals, por exemplo, em épocas onde estaria no meio de uma pré-temporada e o pior, sofrendo com uma lesão crônica no ombro, como na transição do passado para este. Para quem não lembra, Thomaz jogou apenas a primeira rodada do Challenger Finals e desistiu a seguir e na semana seguinte disputou as exibições da turnê de Federer. Em trabalho de mudança postural para sanar os problemas no ombro, ele faz seu pior início de ano somando apenas três vitórias em onze partidas. Eu creditaria parte da má fase na conta da empresa.

Bellucci não tem uma imagem 100% confiante com a torcida, isso foi visto pelas vaias no Brasil Open. Na verdade a sua timidez e personalidade mais pra dentro quando está em quadra o distanciam daquilo que Guga e Meligeni possuíam ou do que o povo brasileiro gosta de ver.

Mesmo assim, Thomaz é um bom trunfo da Koch, dá lucro, e a empresa deve lutar para mantê-lo. Mas mesmo confirmando confirmando a saída, o potencial já mostrado por Bellucci, mesmo com uma série não tão boa, dá a entender que a nova empresa que vai gerir sua carreira não tenha dificuldades para seguir captando a grana que o paulista precisa.

Falando sobre suas atuações. Nenhum jogo foi mostrado na TV após o Brasil Open. O que se pode falar é o mesmo. Se Bellucci continua jogando é porque as dores no ombro estão controladas, mas como a preparação não foi a adequada, os resultados demoram a aparecer. É seguir torcendo para que o trabalho na correção postural dê certo e a confiança retorne o quanto antes. Ele deve deixar o top 40 na semana pós Indian Wells.

A pergunta que deixo no ar. Se a fase não é boa, não seria buscar um torneio menor para recuperar a confiança como fez ano passado ? Um challenger na segunda semana de Miami (se perder na primeira rodada do torneio) ou tentar convite ou quali de um ATP 250 em Casablanca ou Houston (EUA). Por enquanto Thomaz iniciaria a temporada de saibro por Monte Carlo que deve ter a lista divulgada na semana que vem.



  • thiago

    acho q sim gallas ta na hora de bellucci jogar uns torneios menores, ele deveria disputar o atp de casablanca q é um torneio fraco,pois se começar em monte carlo pode pegar logo um top 10 na 1 rodada ai é derrota na certa, mais para frente poderia jogar os atp de estoril e munique todos atps 250, onde ele pode recuperar a confiança, sinceramente acho q o bellucci escolhe muito mal o seu calendário ele quase nao joga atp 250, q no momento é o seu nivel. depois pensar em coisas maiores potencial ele tem para melhorar o seu ranking, mais precisa recuperar a confiança.

  • Marcelo P Souza

    Os caras que conseguem arrumar patrocínios para o Thomaz são gênios!!

  • Marcio

    Evidentemente que o Bellucci por ser o número 1 do Brasil há mais de 4 anos faz com que seja fácil captar recursos, entretanto a impressão que temos é que a Koch Tavares pensa primeiro nela e depois no atleta, infelizmente! Colocar o Bellucci pra jogar a exibição contra o Federer foi um erro que custou a principal gira pro cara.

  • luques

    FG, sempre achei q o Thomas é top 70, ele não tem jogo pra top 40, ele está no 40 por particularidades do ranking, e caindo, agora q está vendo que o $$ está mais difícil é obrigado a tomar atitudes drásticas.

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo