Jogou sujo ?



Semifinal de um Grand Slam, jogando com o favoritismo, 5/3 e saque, cinco match-points perdidos, saque quebrado e uma jovem tenista confiante vindo pra cima. Atendimento médico pedido, dez minutos de demora, rival fria e perdendo o saque e o jogo. Entrevista pós-jogo ainda em quadra, nenhuma lesão mencionada, mas sim a qual “amarelada do ano”.

Momentos depois, diante de vários repórteres, as contradições, revelação de um problema na costela que gerava um problema respiratório. Lamentação por não ter perdido atendimento médico anteriormente e declaração de que “não jogou sujo”, que ofi muito honesta ao pedir o atendimento por tanto tempo justo no momento crucial da partida.

Você, meu caro leitor, pode pensar o que quiser. Mas dado o histórico de Azarenka no circuito, a situação do jogo de hoje e a contradição que caiu nas entrevistas, ficou evidente que ela deu aquele migué, parando o jogo em um momento crucial, para esfriar a adversária e acalmar seus nervos. Afinal, se ela disse que começou a sentir o problema no 4/2, porque não chamou o médico antes ? E porque não declarou o mesmo problema quando perguntada na entrevista em quadra ?

Agora eu pergunto. A tendência é que Azarenka tenha trapaceado, mas a regra do tênis permite tal situação. Ela jogou com o regulamento debaixo do braço e se deu bem. E isso não ocorre apenas com ela. Muitos tenistas utilizam de tal artifício principalmente quando vão receber o saque.

Para quem não conhece o histórico de Azarenka, ela é a Rainha das Desistências. A WTA obriga as tenistas a disputarem seus principais tenistas dando punições caso as mesmas não a façam. Azarenka, quando está com alguma lesão, vai ao torneio e desiste no primeiro ou segundo jogo alegando um problema. Às vezes joga apenas alguns games. Tudo para não ser punida. Jogando sempre com o regulamento. E também costuma fugir de algumas situações. Esse ano, na semi de Brisbane, alegou uma infecção na unha do pé para não enfrentar Serena Williams.

A briga pelo Número 1 – Maria Sharapova foi varrida de quadra por uma inspirada Na Li que entra sem favoritismo na final com Azarenka e se tornabem perigosa em busca de seu segundo Grand Slam (foi campeã em Roland Garros 2011).Azarenka manterá o número 1 com o troféu e Serena irá ao topo caso Li fature o caneco.

Djokovic x Ferrer – Uma atuação de gala de Djokovic, mas um Ferrer passivo, com bolas curtas, sem incomodar o sérvio. É como diriam comentaristas de futebol quando os atacantes chutam mal ao gol e consagram os goleiros. Ferrer, com a atuação em baixo nível, ajudou a consagrar Djokovic. De qualquer forma o sérvio atuou muito bem e economizou físico para a final. E esta semi de hoje foi uma das mais sem graça dos últimos anos. Uma pena que Ferrer não consiga adequar seu esitlo para incomodar/vencer os melhores.



  • Rafael

    Fabrizio,

    Concordo com tudo o que você disse. Ocorre que nunca vejo esse tipo de comentário quando outros jogadores se utilizam dessa mesma manobra. Nadal já fez isso inúmeras vezes. Lembro perfeitamente de uma final contra o Federer em Hamburgo, que antes de o Federer sacar pro set ele pediu atendimento e esfriou o jogo. Numa semi contra o Roddick fez a mesma coisa. O Nadal só pede atendimento quando está perdendo e antes do serviço do adversário. Na minha opinião, deveria ser proibido pedir o tempo médico antes do serviço do adversário. Não sei porque esse protecionismo com o Nadal. Nadal é um excelente jogador, mas não sabe perder. Pede atendimento médico, tenta intimidar o adversários nas trocas de lado, além de sempre justificar suas derrotas com o físico.

  • Bruno

    Deveriam mudar a regra e permitir tempos tecnicos para os tenistas assim acabaria com essa polêmica,é muito difícil saber se o jogador está ou não machucado!

  • Carlão Ferruth

    azarenka, Ela é a número 1 do mundo, se chegou ai pedindo ajuda médica, existe algo errado na regra.
    Ela ganhou o 1º Set de 6X1, a menina nova será exelente mas ainda não é, se fosse tanto assim teria confirmado o serviço independente de parada ou não, se há uma brecha tamanha no regulamento então é preciso mudar. Serena tambem pediu tempo médico e nem por isso a menina perdeu. Azarenka é TOP e a regra é falha. mas o que fica para a história são os títulos, que são fatos o resto é XÔRÔRÔ!!!

    • Victor

      Concordo plenamente! Ela é a nº 1 através dos próprios méritos e teria ganho a partida de qualquer forma, além do que não violou nenhuma regra. Enfim, venceu a melhor, e em duas semanas ninguém vai nem lembrar mais de todo esse mimimi.

    • Cláudia

      Muito bem, concordo inteiramente.

  • caro Carlão se é xôrôrô ou não o fato é que ela se utiliza desses artifícios e isso me parece muito desagradável principalmente para quem é a vítima.falar de fora é facil difícil é viver a situação.Azarenka é top sim mas precisa aprender a respeitar as adversárias assim como faz o grande FEDERER e também DJOKO que ficou até o fim em uma final de masters 1000 se não me engano em cincinati contra MURRAY com dores terríveis no ombro e não fez essse tipo de feiura.

  • Cátia

    Tem muitas questões erradas mesmo….. falam do Federer que amoooo, que ele não vai participar deste ou daquele torneio….. enfim… às vezes acho melhor do que fazer como muitos, por exemplo, Djokovic que participou de um campeonato no final do último ano, e perdeu logo no primeiro jogo….incrível não é…. pois é, mas com esta curta e tenebrosa participação, não deixou de perder o seu “premiozinho”da ATP por ter participado de todos os campeonatos……
    Cada um que tire as suas conclusões…….
    Alguém comentou aí em cima, que a Serena também pediu atendimento e mesmo assim perdeu, ou seja a concorrente ganhou…. Pois é, será que não existe mesmo uma diferença grande, tipo a Serena estar mesmo com problemas e a Azarenka não?!!!
    Com a esfriada, do outro lado uma tenista bem mais nova, inexperiente, ainda com a adrenalina de estar lá…..sei que tudo isso é passível de ocorrer, mas vamos lá, mesmo que fiquem os títulos, isso deixa tudo menos “bonito”……
    O mesmo penso em relação ao Nadal, por exemplo…..intimida seus adversários, pede tempo, demora horroreesesesesesesese no saque, enfim…. gosto muito do tênis dele, mas não é a toa que prefiro o Federer, bem mais correto, tecnicamente melhor e, com um físico, em todos os sentidos, bem melhor do que muitos deles…..
    Voilà…
    Abraço a todos e mais tarde, torcer para o Federer…….sem dúvida alguma….

  • OTAVIO NEVES

    Concordo que foi ¨estranho¨. Mas a americana deveria ter ficado não sentada aguardando a volta da outra – e sim deveria ter ficado em quadra se mexendo, sacando (principalmente), o que é permitido. E olha que eu já vi a própria V.A. fazendo isso, na situação inversa, em que ela estava esperando o fim do atendimento médico de outra oponente. Faltou cabeça – ou experiência – para a americana, o que não isenta a V. A..

  • ANDREI Felipe Camargo

    Fabrizio como o Ferrer pode dizer que é o melhor dos seremos humanos se nem consegue dar trabalho pro djokovic?nunca ganhou grand slam,o Del Potro pelo menos sempre quando joga contra o Djokovic dá trabalho,quando joga contra o Federer ganha muitas vezes,se o Del Potro não se machucasse muito estaria no top 4,ou top 5,o Tsonga com 28 anos também não ganhou nenhum grand slam!

    • Cátia

      Pois é Andrei, mas está aí outra coisa que admiro muito no Federer, por exemplo…… Seu físico, claro, é humano, tem problemas nas costas, enfim, eles exigem muito do físico, mas em relação a maioria, aos 31 anos, está muito bem….. o mesmo não acontece com os demais.. Nadal, ótimo, falta técnica, mas demais perfeito, mas olha quantos problemas, não sabe como tirar máximo de proveito do corpo sem acabar com ele…. Del Potro a mesma coisa, e só para comentar…. parece que ele separa só para jogar bem contra o Federer, porque de resto, na minha opinião não tá jogando nada não….Taí a grande diferença dos grandes campeões….. há quanto tempo o Federer tá lá no topo…. quantos títulos? A verdade é que hoje existe um distanciamento muito grande dos top 3-4, para os demais…..enfim…….
      Só que tem uma grande diferença, ganhar em grand slam, tem uma enorme diferença, lá, normalmente estão os melhores, você não conta com a ausência de um ou de outro do top nos campeonatos menores….. grand slam, ganhar grand slam, chegar na final, é para os “fortes”…..

MaisRecentes

Novo título em Wimbledon significaria muito para mim, afirma Federer



Continue Lendo

O melhor Rafael Nadal entra para a história do esporte



Continue Lendo

Djokovic ou Thiem podem parar Nadal ?



Continue Lendo