Nadal inicia negociações para jogar em São Paulo. Buenos Aires e Viña na briga



Já começaram as negociações para que Rafael Nadal dispute o Brasil Open, maior torneio do país jogado em São Paulo no Ginásio do Ibirapuera, sobre o piso de saibro coberto. Os contatos da parte de Rafa e da promotora do evento foram iniciados durante o US Open, em agosto do ano passado, e ganharam fôlego esta semana após a desistência do espanhol de Doha e do Australian Open e anúncio de que gostaria de participar de um ATP na América do Sul.

O próximo passo, e mais importante, é o da garantia financeira. Um tenista da estirpe de Nadal pede em torno de US$ 1 milhão ou até mais para disputar um evento ATP 250 ou ATP 500.

Entrei em contato com a  Koch Tavares, promotora do torneio, que não confirmou a negociação com o heptacampeão de Roland Garros.

O Brasil Open teve sua lista divulgada esta semana e terá Nicolas Almagro, Juan Monaco e Stanislas Wawrinka como três top 20 na competição e Thomaz Bellucci por enquanto como cabeça de chave 5. Nenhum dos convites foi anunciado e Nadal só entraria na competição por meio de um wild-card.

Além da questão financeira, outra(s) dificuldades prometem assolar a vinda de Nadal ao evento paulista, que seria seu primeiro evento após a lesão no joelho esquerdo em Wimbledon do ano passado. Buenos Aires e Viña del Mar entrarão de cabeça. O torneio chileno tem um convite reservado para Nadal e negocia com a mídia local e patrocinadores para pagar algo em torno de US$ 1,2 milhões para a vinda do Rei do Saibro. O evento argentino deu uma deixa de que São Paulo é favorito na busca pelo tenista, mas prometeu tentar trazê-lo.

A disputa promete ser acirrada, mas por enquanto a chance de Rafa aparecer no Brasil é grande. O médico do tenista e da Espanha na Copa Davis, Angel Cotorro, declarou à mídia local que São Paulo seria a opção mais provável de Rafa. Agora é torcer para que a promotora faça a melhor proposta chegue num denominador comum com o Rei do Saibro.



  • PC

    Seria uma boa para o torneio, porém, se a vinda do Nadal servir para elevar o preço dos ingressos lá nas nuvens, prefiro que não venha, fui ao Ibirapuera em 2012, assisti um ótimo jogo entre o Almagro e Volandri pagando um preço bem acessível.

  • Jamal

    Que venha El Toro Miura ! eu nem sou fã dele prefiro o Nole ou o Federer ,mas no saibro ele domina , seria bom ter ele no Aberto do Brasil.

  • mariliense

    Se Rafael Nadal vir ao Brasil será o maior evento tenistico dos ultimos tempos, pois virá para um torneio oficial da ATP e não para exibição arranjada como aconteceu com Federer e Nole. Vamos torcer…..vamos Rafa

  • De Mello

    Nadal, é para mim uns dos melhores tenista dos ultimos tempos,a vinda dele ao Brasil será fenomenal!! vou torcer para que de tudo certo….

  • Marcio

    Além de ser bom para o Brasil, é bom para o torneio que conseguiu crescer e atrair grandes nomes com essa mudança do Sauípe para São Paulo, reduzindo os custos de deslocamento tanto em relação ao Chile qto em relação à Argentina para os demais torneios.
    O Nadal poderia também jogar os dois primeiros torneios e ir ao México para a disputa do ATP 500 de Acapulco, dependendo da condição física dele!

  • Seria a gloria dos meus sonhos. todos os grandes tenistas são otimos mas NADAL é of concour

  • Caio Queiroga

    Como queria assistir a final desse campeonato. O ruim é que moro muito longe, mas vou tentar.

  • Micheli

    também quero muito que o Nadal venha, mas só me falta cobrarem 500 reais pra ver um jogo dele na arquibancada superior.

  • maravilhoso eu vou, vou e vou

MaisRecentes

Federer acirra disputa com Nadal



Continue Lendo

Nadal manda recado para Federer. Halep, enfim, realiza



Continue Lendo

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo