E aí Federer contra quem jogar ?



Tudo dentro dos conformes no ATP World Finals até aqui. No Grupo A Novak Djokovic e Andy Murray confirmaram favoritismo nesta sexta-feira e passaram em primeiro e segundo lugares respectivamente. Uma pena para Berdych que teve o segundo set nas mãos para ter alguma esperança de vaga, mas desperdiçou. Nota triste para as várias chances perdidas pelo francês em seus três jogos na competição. Termina o ano com mais de dez derrotas para o top 8 e NENHUMA vitória. Incrível.

E uma situação interessante vive Roger Federer. Já classificado ele pode escolher seu rival de semifinal. E aí meu caro leitor, qual seria a melhor opção para Roger ?

Explicando. Se vencer Juan Del Potro, Roger termina invicto em primeiro lugar e pega Murray. Se perder por 2 sets a 1, termina em primeiro e repete o adversário com o primeiro lugar. Se cair por 2 a 0 para o argentino, fica atrás do mesmo e aí encararia Novak Djokovic.

Difícil dizer. Tanto Djokovic quanto Murray são ganhadores e já derrotaram Roger várias vezes. Se for pelo retrospecto ao pé da letra, para Federer, encarar Djokovic seria um pouco melhor. Mas o sérvio está voando em quadra, muito leve na movimentação e confiante. Murray parece um pouco abaixo, mas nem tanto. O que Federer precisa considerar. Perdendo, ele coloca Del Potro na semi. É mais um adversário com vitórias sobre ele no circuito. Uma vitória neste sábado dá a ótima chance de David Ferrer confirmar sua vaga a seguir – contra Tipsarevic – o que colocaria a possibilidade de um rival na final freguês de carteirinha (Federer tem 14 a 0 contra o espanhol).

Outro fator que Federer precisa considerar. A vitória vale 200 pontos que se no momento não mudam em nada seu ranking pro futuro pode ser importante na briga pelo topo. No Australian Open o sérvio defende o título e Roger a semifinal.

De qualquer forma temos tudo para ter um duelo super equilibrado no primeiro jogo deste sábado. Um Federer solto e um Del Potro com gana de classificação.

Curtinhas:

Série de challengers no fim de ano no Brasil e nenhum brazuca capaz de fazer semi. Uma pena.

No feminino Teliana joga hoje à noite por vaga em sua 3ª final seguida. Está muito bem a número 1 do Brasil.



MaisRecentes

Nadal de outro planeta. O Adeus da Rainha Maria Esther Bueno



Continue Lendo

Pode Zverev segurar Thiem ? Djokovic comendo pelas beiradas



Continue Lendo

Nadal com caminho mais aberto. Bellucci regrediu



Continue Lendo